• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2012.tde-25102012-134242
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Ribolli de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Vicentini, Paula Perin (Presidente)
Gallego, Rita de Cassia
Sampaio, Maria das Mercês Ferreira
Título em português
Várias dimensões do trabalho de alfabetização para professoras participantes dos programas Letra e Vida e Ler e Escrever
Palavras-chave em português
alfabetização
formação continuada
práticas pedagógicas
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo analisar como professoras alfabetizadoras da rede pública estadual paulista lidam com o modo de alfabetizar proposto pelos programas de formação continuada Letra e Vida e Ler e Escrever implantados pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE-SP) desde 2003 tendo em vista a forma pela qual veem as diversas dimensões do trabalho que realizam para a alfabetização dos seus alunos. Os referidos programas são elaborados para serem desenvolvidos na sala de aula a partir de material impresso de apoio específico para a série/ano e a constante formação dos professores envolvidos. Para a realização da pesquisa, entre setembro e dezembro de 2010 foram aplicados questionários e feitas entrevistas acerca da origem social, trajetória de formação escolar e profissional, hábitos de lazer e cultura, experiências vivenciadas nos referidos programas e a sua influência sobre a própria atuação profissional com dez professoras alfabetizadoras de seis escolas de uma diretoria de ensino da região leste da capital que tiveram aproveitamento diverso nas provas do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar de São Paulo (SARESP) de língua portuguesa dos 3º e 5º anos do ensino fundamental, no período de 2008 a 2010, considerando o fato de a prova ser organizada dentro dos princípios norteadores dos programas. A análise dos resultados obtidos permitiu notar diferenças em relação à idade, escolha da profissão, formação, tempo de docência na rede estadual, acesso aos bens culturais, mas aproximações no que diz respeito à origem social e as condições de vida. Além disso, foi possível constatar que todas as professoras alfabetizadoras entrevistadas são docentes estabilizadas na carreira profissional e detentoras de bastante experiência no magistério. Elas referem-se à docência como exercício profissional, que requer formação específica e continuada, mas suas declarações sobre o ensino e a profissão também remetem ao prazer e a vontade de ensinar. Tendo como principais referências as obras de Chartier, Nóvoa e Tardif, a análise do conteúdo das entrevistas procurou mostrar a forma como cada uma delas apropriou-se do que foi proposto pelos cursos numa tentativa de reelaborar as próprias práticas. Nesse sentido, foi possível notar diferenças significativas nas prioridades estabelecidas por elas para o desenvolvimento de seu trabalho. Algumas priorizaram o uso das sondagens para identificar a hipótese de escrita de seus alunos; outras os momentos diários de leitura em voz alta para os alunos; outras ainda passaram a alfabetizar tendo como preocupação a intenção de oferecer aos alunos, desde o início do processo de alfabetização, textos que não fossem escolarizados, mas que conservassem as suas características de uso social; por fim, algumas professoras optaram por adotar o trabalho interativo, com uso de jogos, organizando os alunos em agrupamentos para a realização das tarefas de leitura e escrita. Dessa forma, ainda que essas professoras tenham tido a mesma formação continuada, recebido as mesmas orientações e os mesmos materiais didáticos, cada qual apropriou-se de forma particular e única dos conceitos e concepções ali veiculados, ressignificando um saber já existente.
Título em inglês
Several dimensions of the literacy work for teachers participants of the Letra e Vida and Ler e Escrever programs
Palavras-chave em inglês
continuing education
literacy
teaching practices
Resumo em inglês
This research aims to analyze how literacy teachers from the São Paulo state public education networking, work with the literacy manner proposed by the continuing training programs called Letra e Vida and Ler e Escrever - implemented by the São Paulo state Education Department (SP-ESS) since 2003 - given the way they see the several dimensions of their work for the literacy of their students. These programs are prepared to be developed in the classroom with printed support material specific for the grade/year and the frequent training of the involved teachers. For conduct the survey between September and December 2010 were administered questionnaires and interviews made about the social origin, history of the school and professional training, leisure and culture habits, experiences in these programs and their influence on the professional work with ten literacy teachers from six schools of an education department from the east region of the capital that had different evaluations in the tests of the São Paulo Education Achievement Assessment System (SARESP) in portuguese language in the 3rd and 5th years of the elementary education in the period 2008 to 2010, considering the fact that the examinations was organized within the guiding principles of the programs. The analysis of the results obtained allowed find the differences related to age, career choice, training, teaching experience in state, access to cultural goods, but similarities regarding to social origin and living conditions. Furthermore, it was found that all literacy teachers interviewed are stabilized teachers in the professional career and holding a lot of experience in teaching. They refer to teaching as professional practice that requires specific and continuing training, but their statements about the teaching and the profession also refer to the pleasure and the desire to teach. Taking as main references, Chartier, Nóvoa and Tardif works the content analysis of the interviews tried to show how each of them appropriated of the courses proposal in an attempt to rebuild their own practices. Thus, it was possible to verify significant differences in the priorities set for them to develop their work. Some of them prioritize the use of surveys to identify the hypothesis of writing of their students, some others prioritize the daily moments of reading aloud to their students, others still come to literacy having as a concern the intention to offer to students, since from the beginning of the literacy process, texts that were not adapted for school, but that retained the characteristics of social use; and finally, some teachers chosen to adopt the interactive work, using games, organizing students into groups to execute the tasks of reading and writing. So, even that these teachers have had the same continuing education, received the same guidelines and the same didactic material, each one appropriated in a particular and unique manner of the concepts and conceptions presented there, remeaning an existing knowledge.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.