• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Rinaldo Molina
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Garrido, Elsa (Presidente)
Andre, Marli Eliza Dalmazo Afonso de
Leite, Yoshie Ussami Ferrari
Lima, Soraiha Miranda de
Mizukami, Maria da Graca Nicoletti
Título em português
A pesquisa-ação / investigação-ação no Brasil: mapeamento da produção (1966-2002) e os indicadores internos da pesquisa-ação colaborativa
Palavras-chave em português
Estado da arte
Formação de professores
Investigação-ação
Parceria universidade-escola
Pesquisa colaborativa
Pesquisa-ação
Pesquisa-ação colaborativa
Resumo em português
O objetivo principal desta pesquisa orientou-se pela intenção de dar visibilidade à produção brasileira em Educação de pesquisas tipo pesquisa-ação / investigação-ação, focalizando, sobretudo, a pesquisa-ação colaborativa. Essas concepções de pesquisa estimulam a aproximação entre professores e pesquisadores, por meio da colaboração em processos investigativos desenvolvidos com, para e pelos professores sobre as práticas escolares. Na maioria dos casos, tais pesquisas foram desenvolvidas nas escolas. Este estudo foi desenvolvido em quatro estágios: O primeiro é constituído por um estudo bibliográfico que objetivou indicar os teóricos que influíram nessa modalidade de pesquisa em seu enraizamento no Brasil. Para isso, tomamos alguns autores: Saul, Freire, Thiollent, Barbier, Costa, André, Nóvoa, Geraldi, Fiorentini, Pereira, Stenhouse, Elliott, Carr, Kemmis e Zeichner. Num segundo momento, fizemos um mapeamento das dissertações e teses tipo pesquisa-ação / investigação-ação produzidas nos Programas de Pós-Graduação em Educação do Brasil no período entre 1966-2002, apresentando-os em categorias e subcategorias investigadas. O terceiro é constituído por um estudo documental qualitativo sobre uma amostra de pesquisas-ação, designadas por pesquisas-ação colaborativas. Procuramos dar visibilidade aos processos empreendidos em tais pesquisas: Como se organizaram? Como os processos foram conduzidos? Que estratégias foram utilizadas pelos pesquisadores para estimular o professor a refletir e a investigar suas práticas? Como aconteceu o processo de mudança? No que os professores mudaram? Que problemas enfrentaram? Que procedimentos de análise e coleta de dados utilizaram? Na quarta sessão, traçamos nossas considerações finais. Nela procuramos relacionar as práticas empreendidas nas teses e dissertações estudadas (categorias empíricas: focos das pesquisas; espaço de concretização das pesquisas; organização processual das pesquisas; repercussão do processo; problemas enfrentados; e recursos metodológicos utilizados) e as teorias sobre pesquisa-ação.
Título em inglês
The action-research in Brazil: mapping of the production (1966-2002) and the internal indicators of the collaborative action-research
Palavras-chave em inglês
Action-inquiry
Action-research
Collaborative action-research
Collaborative research
Partnership university-school
State of art
Teacher education
Resumo em inglês
The main object of this research aimed for giving visibility to the Brazilian production in action-research / action-inquiry, focusing overall on collaborative action-research. These research's conceptions stimulates the approach among teachers and researchers, by collaborating on investigative proceedings developed with, for e by teachers on school practices. In most cases, those researches were developed in schools. This study was developed in four sections: The first one is formed by a bibliographic study that aimed to indicate the theoreticians that have influenced this modality of research in Brazil. In order to achieve that some authors were taken: Saul, Freire, Thiollent, Barbier, Costa, André, Nóvoa, Geraldi, Fiorentini, Pereira, Stenhouse, Elliott, Carr, Kemmis and Zeichner. On the second part we have mapped dissertations and thesis on this kind of action-research, produced in Post Graduation Programs of Education in Brazil, between 1966-2002, presenting them in categories and subcategories investigated. The third one is formed by a qualitative documental study about a sample of actionresearches, designed by collaborative action-researches. It aimed to give visibility to process undertaken in those researches. How did they get organized? How the process were lead? Which strategies were used by the researches to stimulate teachers to reflect and investigate their practices? How happened the changing process? How have the teachers changed? What kind of problems they faced? Which proceedings of analysis and collecting of data did they use? On the fourth section, supported by the first and third parts, we related the practices undertaken in thesis and dissertations studied (empirical categories: researches's focus; space of materialization of the researches; procedural organization of the researches; repercussion of the process; problems faced and; methodological resources used) and the theories about action-research.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Anexo01.pdf (122.97 Kbytes)
Anexo02.pdf (876.97 Kbytes)
Anexo03.pdf (52.03 Kbytes)
TeseRinaldo.pdf (1.86 Mbytes)
Data de Publicação
2007-08-03
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.