• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2015.tde-25052015-110000
Documento
Autor
Nome completo
Elaine Cristina Mourão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Voltolini, Rinaldo (Presidente)
Batista, Douglas Emiliano
Bernardino, Leda Mariza Fischer
Título em português
Mal-estar docente: estudo psicanalítico sobre os impasses docentes na era do chamado declínio da função paterna
Palavras-chave em português
Função materna e função paterna
Mal-estar docente
Pós-modernidade
Resumo em português
Às voltas com os meandros do mal-estar docente, buscamos compreender as vicissitudes da pós-modernidade como produtoras de empecilhos, entraves para o processo de escolarização de alunos do Ensino Fundamental I a partir da seguinte hipótese de pesquisa: o mal-estar docente é fruto de uma exacerbação da função materna no campo educativo - que consiste na tentativa de rechaçar a negatividade inerente à condição humana através da exacerbação de um funcionamento perverso, de excluir o erro, o insucesso do aprendizado disseminado pela proliferação de discursos pedagógicos que reiteram que todos podem aprender, nas prerrogativas da eficácia e da tecnicização do ensino, etc. como tentativa de apagar sua impossibilidade o que impede os professores e os alunos de livrarem-se da excessividade do imaginário? Assim, realizamos entrevistas semidirigidas que se debruçaram sobre as dificuldades com as quais os docentes lidam em sua atuação profissional e o modo como as encaram. O número de sujeitos entrevistados foi definido a partir do conceito de saturação teórica o qual estabelece que as entrevistas cessem quando ficar constatado que as entrevistas não fornecem mais elementos para aprofundar a teorização. O material coletado alimentou nossas análises, nossa discussão teórica, ou seja, o material foi utilizado ao longo de toda nossa conceituação com o intuito de ampliarmos ou introduzirmos elementos acerca do mal-estar docente na pós-modernidade. Para isso, debruçamo-nos sobre a modernidade a fim de entender os alicerces da sociedade pós-moderna e suas implicações para o laço social, para a concepção de educação em voga, para o processo de escolarização, ou seja, voltamo-nos para a discussão de temáticas que estão relacionadas ao chamado declínio da função paterna na pós-modernidade. A partir disso, constatamos que o mal-estar docente é um fenômeno complexo o qual está atrelado aos imperativos da lógica capitalista no âmbito educacional que dissemina a exacerbação da função materna, busca apagar a impossibilidade inerente ao educar, nesse sentido, desvela-se como uma forma de fazer frente aos subterfúgios do funcionamento perverso que se dissemina em nossa sociedade e prima pelo gozo em detrimento da reorganização das pulsões ante as demandas civilizatórias e a tentativa de tornar o processo de humanização das gerações subsequentes uma empreitada eficaz o que impede o próprio professor e o aluno de livrar-se da excessividade do imaginário.
Título em inglês
Teacher burnout: a psychoanalytic study of the problems faced by teachers in the era of the so-called decline of the paternal function
Palavras-chave em inglês
Maternal function and paternal function
Postmodernity
Teacher burnout
Resumo em inglês
Considering the complexity of teacher burnout, we seek to understand the vicissitudes of postmodernity as generators of obstacles and barriers to the process of education of Elementary School students based on the following research hypothesis: teacher burnout results from an exacerbation of the maternal function in the education field which consists in the attempt to reject the negativity inherent to the human condition through exacerbation of a perverse functioning, the exclusion of the error, failure to learn widespread by the proliferation of pedagogic discourses reiterating that everyone can learn, the prerogatives of efficacy and the technicalization of the education, etc. as an attempt to remove its impossibility, which prevents teachers and students from getting rid of the excessiveness of the imaginary. Thus, we conducted semi-directed interviews about the difficulties teachers deal with in their professional life and how they face them. The number of individuals interviewed was defined based on the concept of theoretical saturation, which establishes that the interviews should end when they no longer provide elements to deepen the theorization. The material collected supported our analyses and our theoretical discussion, i.e., the material was used throughout our conceptualization in order to extend or introduce elements related to teacher burnout in this postmodern period. For this, we looked into modernity in order to understand the foundations of the postmodern society and their implications for social bonding, the current concept of education, the education process, i.e., we focus on the discussion of topics related to the so-called decline of the paternal function in postmodernity. From this starting point, we verified that teacher burnout is a complex phenomenon linked to the imperatives of the capitalist rationale within the educational scope that spreads the exacerbation of the maternal function, seeks to remove the impossibility inherent to education and, in this regard, reveals itself as a way of dealing with the subterfuges of the perverse functioning which is disseminated in our society and prioritizes enjoyment over the reorganization of drives when facing the civilizing demands and as an attempt to make the process of humanization of the subsequent generations an effective work, which prevents the teacher him/herself and the student from getting rid of the excessiveness of the imaginary.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.