• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2007.tde-25022008-085441
Documento
Autor
Nome completo
Lélia Silveira Melo Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Marote, Joao Teodoro D Olim (Presidente)
Jovanovic, Vojislav Aleksandar
Picollo, Claudio
Rodrigues, Livia de Araújo Donnini
Schmitz, John Robert
Título em português
O humor em aulas de língua inglesa: motivação, atitude e questões culturais.
Palavras-chave em português
Estratégia
Humor
Incongruência e questões culturais
Piada
Resumo em português
Este trabalho tem por objetivo mostrar o uso de piadas em sala de aula de Língua Inglesa em um Centro de Línguas, procurando verificar se houve um aprendizado maior e se a motivação aumentou com a introdução dessa nova estratégia. Nossa pesquisa foi norteada por três teóricos do humor do século vinte, que explicam a função social do humor, o prazer causado pela liberação de energia, essencial em nossa pesquisa, que lida com o riso ou mesmo, o sorriso na sala de aula. Esses teóricos também trataram do fator que causa o humor - a incongruência. Estudamos a piada sob três aspectos: sua interpretação, sua estrutura e a aprendizagem por meio delas. Tais prismas oferecem uma forma mais completa para a análise das piadas, uma vez que elas não podem ser vistas por um único olhar. Questões culturais estiveram também presentes, pois os chistes podem ser considerados como manifestação cultural de um povo e, em se tratando de duas culturas, é natural que apareçam as barreiras culturais: o aluno não consegue entender o implícito no texto. A compreensão de piadas também exige que se preste atenção às diferenças individuais, pois serão elas que informarão ao professor das possíveis mudanças de estratégias que são necessárias para obter o resultado esperado - aprender a língua estrangeira de maneira divertida. A metodologia que foi aplicada é a análise de interação, e os instrumentos de pesquisa, utilizados foram: observação, testes, entrevistas e questionários. Observamos sete grupos, durante três semestres. Primeiramente, aplicamos um questionário para todos os alunos do Centro de Línguas e suas respectivas professoras. Tabulamos todos os questionários. As observações foram feitas em turmas de controle, sem o uso da piada, e nas turmas experimentais, com as piadas. Em ambas as turmas, a professora foi a mesma. Também observamos outra professora para exemplificar com maior precisão os métodos empregados nas aulas do Centro de Línguas.
Título em inglês
Humor in classes of English Language: motivation, attitude and cultural matters.
Palavras-chave em inglês
Humor
Incongruence and cultural matters
Joke
Strategy
Resumo em inglês
The objective of this thesis is to show the use of jokes in classes of English as a foreign language in a Language Center and verify whether students learn more and are more motivated when this new strategy is introduced in their classes. Our research was guided by three twenty-century theoreticians that wrote about humor, explaining its social role - the pleasure caused by the released of energy, essential to our research which deals with laughter (or even smiles) in class. These philosophers also deal with the factor that causes humor - incongruence. We study jokes from three different aspects: their interpretation, their structure and as learning tool, which offer a methodology rather complete to analyze jokes, since these humor texts cannot be observed from only one point of view. Cultural issues were also present, because jokes can be considered a cultural manifestation of a people and, as we deal with two cultures, it is more than natural that to understand humoristic texts, cultural barriers will have to be faced. In order to tell/understand jokes it is also necessary to individual differences, because they will inform the teacher of the need of possible changes in strategies so that his/her goal will be reached, i.e., to make students learn a foreign language having fun. The methodology applied is interaction analysis, and we used, as research instruments, observation, tests, interviews, and questionnaires. We observed seven groups, during three semesters. First we applied a questionnaire to all the students and their respective teachers. We computed the results. The observations were carried out in control classes, where no jokes were used, and in experimental classes, with jokes. The teacher was the same in both classes. We also observed a different teacher to exemplify more precisely the methodologies employed in the classes at the Language Center.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ApendiceLelia.pdf (1.78 Mbytes)
TeseLelia.pdf (1.16 Mbytes)
Data de Publicação
2008-03-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.