• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2012.tde-23042012-152833
Documento
Autor
Nome completo
Andréa Gonçalves Poligicchio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Bonomi, Maria Cristina (Presidente)
Machado, Nilson Jose
Saiani, Claudio
Título em português
Teatro: materialização da narrativa matemática
Palavras-chave em português
abstração
ensino de Matemática
imaginação
narrativa
Teatro
Resumo em português
Constantemente questionado, o ensino de Matemática tem sido objeto de estudo e não faltam propostas para sugerir modificações no currículo, na metodologia, nos recursos e abordagens vigentes. É comum constatarmos dificuldades de aprendizagem relacionadas ao grau de abstração inerente à linguagem matemática. Partindo do referencial teórico estabelecido, fizemos um estudo acerca das principais competências que a Educação Básica pretende desenvolver em seus alunos, uma vez que a função principal da educação é a formação pessoal. O ENEM (Exame Nacional para o Ensino Médio) pretende avaliar o desenvolvimento de cinco competências básicas, sendo elas: expressão em diferentes linguagens, compreensão de textos e fenômenos, capacidade de argumentação ou análise, capacidade de decisão ou de síntese e capacidade de contextuação. Machado (2009) propõe o desenvolvimento da capacidade de imaginação, ou seja, da extrapolação de contextos, complementar à capacidade de contextuação, pois, segundo o autor, precisamos lidar com problemas de nossa realidade e igualmente saber resolvê-los. As abstrações matemáticas residem especialmente no polo das extrapolações, ou da imaginação. E, nesse aspecto, verificamos que há uma relação natural entre a Matemática e os contos de fadas, como também entre a Matemática e o Teatro, este último diretamente relacionado à imaginação vivida pelos atores na representação de personagens em histórias fictícias. Se, tanto o Teatro como a Matemática auxiliam no desenvolvimento da competência de abstração, nosso trabalho de pesquisa foi o de investigar a natureza e a estrutura de ambos, para estabelecer entre eles uma produtiva articulação. Neste estudo percebemos que o Teatro, originário da Grécia Antiga, surge ao lado da consciência de que todos nós representamos papéis no decorrer de nossas vidas: somos filhos, pais, funcionários, empregadores, clientes, vizinhos, religiosos, partidários etc. É própria da condição humana a necessidade da fuga (ultrapassagem) da realidade por meio das abstrações e o Teatro foi uma solução encontrada para superar o mundo das circunstâncias determinadas. O trabalho com peças teatrais nas escolas favorece o desenvolvimento da competência de abstração tão necessária à apropriação da linguagem matemática. Há também afinidade estrutural entre o Teatro e a Matemática, já que ambos possuem coerência lógica na narrativa e no desenvolvimento do algoritmo, respectivamente, que conduzem à moral da história e às resoluções de problemas, concomitantemente. Concordamos com Ortega y Gasset (2007) quando considera que o Teatro é metáfora corporificada, pois materializa as abstrações inerentes à representação teatral. Em consequência disso, acreditamos que o Teatro é uma possibilidade de materialização dos conceitos e narrativas nas aulas de Matemática.
Título em inglês
Theater: Mathematics narrative materialization.
Palavras-chave em inglês
abstraction
imagination
narrative
teaching of Mathematics
Theater
Resumo em inglês
Often questioned, the teaching of Mathematics has been studied and lots of proposals are given to suggest changes in curriculum, methodology, resources and current approaches. It is common to find learning difficulties related to the level of abstraction inherent in the mathematical language. Based on the theoretical framework established, we studied of the main competence that basic education intends to develop on students. ENEM (Exame Nacional para o Ensino Médio) intends to evaluate the development of five basic competences, which are: expression in different languages, understanding texts and phenomena, the capacity for reasoning and analysis, decision making ability or capacity of synthesis and contextualization. Machado (2009) proposes the development the capacity for imagination, that is to look beyond contexts, ability which in an additional because, according to the author, we must deal with problems of our reality and also know how to solve them. The mathematical abstractions reside especially in the center of extrapolation or imagination. In this respect we find that there is a natural connection between Mathematics and fairytales, but also between Mathematics and Theater, and Theater is related to the imagination experienced by actors in the representation of characters in fictional stories. If both the Theater and Mathematics help in the development of the mathematical abstraction competence, our research was to investigate the nature and structure of both to establish a productive articulation between them. In this research we realized that the Theater, originating in ancient Greece appears next to the consciousness that, as individuals we represent different roles throughout our lives, either as children, parents, employees, employers, customers, neighbors, religious, partisans etc. It is proper to the human condition the need of escaping (overrunning) of reality by means of abstractions and the Theater was a solution found to overcome the world of certain circumstances. The project of Theater in schools encourages the development of competence required for abstraction as the appropriation of the mathematics language. There is also structural affinity between the Theater and mathematics, as both have logical coherence in the narrative and the development of the algorithm, respectively, leading the moral and problems resolution simultaneously. We agree with Ortega y Gasset (2007) when he considers that the Theater is an embodied metaphor, materialized as the abstractions inherent in Theater. As a result we believe that Theater is a possibility of realization of the concepts and narratives in math classes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CAPA.pdf (7.31 Kbytes)
corpo.pdf (2.44 Mbytes)
Data de Publicação
2012-05-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.