• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2012.tde-22112012-131317
Documento
Autor
Nome completo
Flávia Zanni Siqueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Voltolini, Rinaldo (Presidente)
Rickes, Simone Moschen
Souza, Maria Cecilia Cortez Christiano de
Título em português
O discurso pedagógico na modernidade: uma escuta psicanalítica do emprego de slogans e jargões no contexto escolar
Palavras-chave em português
Discurso pedagógico
Proposta curricular do estado de São Paulo
Teoria da libido
Teoria dos discursos
Resumo em português
Nesta pesquisa, propomos um exame do discurso pedagógico e de seus recursos linguísticos constituintes (sloganse jargões), desde sua formulaçãopela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, até a atribuição de sentido prático numa unidade da rede estadual, feita por seus agentes educativos (professores, coordenadores, diretores). Nosso intuito é compreender os modos de adesão desses agentes ao discurso oficial, em seus aspectos de conformidade e de resistência. No que diz respeito à autoridade pública,interessam-nos os documentos referentes àproposta curricular de São Paulo(vigentesdesde 2008), entendidos como representantes concretos da política públicaeducacional do Estado. Em sua configuração particular, importa-nos a construção de propostas de ação, apreendidas a partir do discurso dos agentes de uma escola, em reuniões de equipe (Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo HTPC).Para tanto, propomos analisar o material divulgado pelo órgão do Estado e os dados da pesquisa de campo à luz dos escritos freudianos acerca dos mecanismos psíquicos de funcionamento de grupos e das contribuições lacanianassobre ateoria dos discursos, procurando evidenciar as características da circulação e da reprodução dos discursos pedagógicos e de seus recursos linguísticos.A partir de sua teoria da libido, Freud (1921)propôsque um grupo é constituído por dois tipos de laços libidinais: os estabelecidos com um líder e osestabelecidos entre os membros. Nessa perspectiva, profissionais da educação, em seus contextos locais, podem ser estudados como grupos cujos membros fundam laços libidinais entre si e em relação a ideais educacionais comuns. A hipótese deste trabalho é ade que a possibilidade desses ideais serem comuns a todo o grupo é facilitada pelo uso dos recursos linguísticos, de maneira que eles cumprem tanto um papel unificador na dinâmica das relações cotidianas quanto uma função ideológica.
Título em inglês
The pedagogical discourse of modernity: a psychoanalytic listening of the use of slogans and jargon in the school context
Palavras-chave em inglês
Curriculum of the state of São Paulo
Pedagogical discourse
Theory of discourse
Theory of libido
Resumo em inglês
With this research, we propose an examination of the pedagogical discourse and linguistic features of their constituents (slogans and jargon), since its formulation by the Department of Education of São Paulo, to the attribution of practical sense in a public school, as made by their educational staff(teachers, coordinators, directors). Our aim is to understand the ways of the adherence of these agents to the discourse in terms of compliance and resistance. Regarding the public authority, we are interested in documents relating to the curriculum of São Paulo(operativefrom2008), defined as concrete representatives of public education policies of State. The construction of its proposed action is important here, as identified in the discourse of a school staff in team meetings (HTPC). We analyze the material released by the State agency and the data from field research in the light of Freuds writings on the mechanisms of psychic functioning of groups, and of the contributions of the Lacanian theory of discourse, seeking to high light the characteristics of movement and reproduction of pedagogical discourses and their language resources. Freuds theory of libido proposes that a group consists of two kinds of libidinal ties: established by a leader, and established among the members. From this perspective, education professionals in their local contexts can be studied as groups whose members found libidinal ties among them selves and in relation to common educational ideals. Our working hypothesis is that the possibility of the ideals are common to the whole group is facilitated by the use of linguistic resources, so that they meet a unifying role in the dynamics of everyday relationships as an ideological function.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.