• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2004.tde-22102014-133309
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Henn Siqueira de Castro Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Aquino, Julio Roberto Groppa (Presidente)
Guirado, Marlene
Miranda, Hercilia Tavares de
Título em português
A construção do lugar leitor no universo escolar
Palavras-chave em português
Análise do discurso
Ensino fundamental
Ensino médio
História do livro
Leitura
Leitura (história)
Psicologia institucional
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é perscrutar a construção do lugar leitor no universo escolar por meio da análise dos discursos de professores e alunos a respeito da leitura. A reflexão levada a cabo norteou-se pelas seguintes questões: de qual maneira o discurso sobre essa prática institui-se nas coordenadas escolares? Quais significados de leitura e de leitor constituem-se nos/pelos discursos dos professores e alunos? A fim de aprofundarmos o tema, focalizamos inicialmente a emergência do leitor na Literatura. Esse aspecto norteou, sob um determinado viés, a concepção sobre leitor e leitura que se produziu teoricamente, principalmente no século XX, a partir da Teoria Literária, da Lingüística e da própria História da Leitura. Como procedimento metodológico, foram eleitos dois pilares mestres: a Análise de Discurso e a Psicologia Institucional. Foi então analisado o material discursivo oriundo de 12 entrevistas (seis em escola pública, seis em escola privada) realizadas com um professor e um aluno de cada série inicial dos ciclos de Ensino Fundamental I primeira série; Ensino Fundamental II quinta série; e da última série do Ensino Médio terceiro ano. Considerando a esfera institucional das práticas escolares de leitura, organizaram-se categorias temáticas que possibilitaram a análise dos depoimentos. Essa categorização tomou como base três temas associados à arquitetura que, por analogia, descrevem algumas dimensões daquelas práticas: o arquiteto, o morador e a casa. Dessa visada sobre os dados, pode-se notar que a construção do lugar leitor no universo escolar edifica-se a partir de tensões, as quais constituem uma espécie de paradoxo instituinte desse lugar. O lugar leitor encontra-se fortemente edificado, mas sempre incompleto. Ele nunca parece resultar pleno; antes se apresenta como ocasião de descontinuidade, instabilidade e, portanto, (re)construção permanente.
Título em inglês
The reader place construction in school universe
Palavras-chave em inglês
Discourse analysis
Elementary education
High school
History of the book
Institutional psychology
Reading
Reading (history)
Resumo em inglês
The aim of this paper was to scan the construction of reader place at scholarly universe. It was possible by the analysis of teachers and pupils discourses about Reading. This theme was proposed based on the following questions: how is the discourse about reading practice inserted into school coordinates? How does the reading practice work at school? Which meanings of Reading and of Reader can be found at teachers and pupils discourses? In order to deepen our knowledge about the theme, we focused on the reader as they were treated in Literature. This aspect has driven the studies about Reading, mainly in the 20th Century, in Literature Theory, Linguistics and History of Reading itself. Methodologically, this study was based on two theories: Discourse Analysis and Institutional Psychology. They were the basis for the analysis of the discursive material from 12 interviews. These interviews were made with one teacher and one pupil from each class of first, fifth and eleventh grades from six public schools and six private ones. From these interviews, and considering the institutional sphere as well as the value of Reading for school, analytical categories were organised. Using these categories, it was possible to analyse the interviews and the discourses emergent from them. The categorical classes were based on three themes, analogically related to Architecture, which can describe the Reading practice at school: the architect, the inhabitant, and the house. From the point of view of the data collected, it was possible to realise that the construction of reading place at scholarly universe is structured on the same tensions which build up a kind of institutionalised paradox of reader place. It never seems to be plain, although strongly built, it is always incomplete. It shows instability, a reason for its permanent (re)construction.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LUCIANA_HENN.pdf (1,019.00 Kbytes)
Data de Publicação
2015-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.