• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Simone Rinaldi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Fernandez, Isabel Gretel Maria Eres (Presidente)
Durão, Adja Balbino de Amorim Barbieri
Ferro, Glaucia Dolim Marote
Título em português
Um retrato da formação de professores de espanhol como língua estrangeira para crianças: um olhar sobre o passado, uma análise do presente e caminhos para o futuro
Palavras-chave em português
Crianças (estudo e ensino)
Ensino de língua estrangeira
Ensino Fundamental
Formação de professores
Língua espanhola
Resumo em português
Este trabalho trata da formação de professores de espanhol para crianças. A pergunta inicial que nos motivou foi: o ensino de espanhol para crianças é necessário e desejável? Textos legais, teóricos, pesquisadores e pais nos mostraram que sim, tanto desejável quanto necessário. A partir disso, buscamos saber como se dá a formação dos docentes que trabalham com a faixa etária dos 7 aos 10 anos. Explicitamos alguns pontos da história do ensino de línguas estrangeiras no Brasil, das abordagens e métodos de ensino de idiomas, da criação da Universidade de São Paulo e, com ela, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e a Faculdade de Educação - ambas responsáveis pela formação de professores de espanhol - e da inserção da língua espanhola nas escolas brasileiras de Ensino Fundamental e Médio. A partir da análise de questionários respondidos por treze informantes de São Paulo - SP, Suzano - SP, Foz do Iguaçu - PR e Porto Alegre - RS, todos professores de espanhol que já atuam com crianças no nível escolar que nos diz respeito, traçamos o perfil da formação desses docentes, da sua atuação, bem como das dificuldades vividas por eles em sala de aula. Averiguamos que tanto os professores que cursaram Magistério quando os que não optaram por essa formação secundária se valem de práticas semelhantes: usam as mesmas estratégias e as mesmas atividades. Constatamos, também, que, embora as práticas utilizadas se assemelhem, as dificuldades que esses profissionais encontram em sua atuação diferem em quantidade, mas não em tipologia, ou seja, falta de atenção, problemas de concentração e de (in)disciplina dos estudantes. As dificuldades apontadas pelos docentes, associadas às lacunas em sua formação acadêmica, nos induzem a concluir que realmente falta um programa específico para professores de espanhol para crianças e, assim, sugerimos algumas opções de inserção desse tema nos vários níveis de formação: no Magistério (secundário e/ou superior), no curso de Graduação e na Pós-graduação. Está claro que não seria suficiente oferecer somente uma formação inicial. É importante a possibilidade de formação continuada, na qual os profissionais possam compartilhar experiências, além de aprofundarem seus estudos. Imprescindível seria, também, que se ampliasse a lei que habilita professores a trabalharem com as primeiras séries do Ensino Fundamental, para que profissionais com Licenciatura e Pós-graduação pudessem exercer plenamente essa função.
Título em inglês
A picture of spanish teachers' graduation as a foreign language for children: a vision about the past, an analyze on the present and ways to the future
Palavras-chave em inglês
Children (teaching and learning)
Foreign language teaching
Primary education
Spanish language
Teacher training
Resumo em inglês
This paper discusses the training of teachers of Spanish as a foreign language to young learners. The initial question for the investigation was: is the teaching of Spanish as a foreign language to young learners necessary and desirable? Legal and theoretical texts, researchers and parents have shown us that yes, it is both necessary and desirable. Starting from this premise, the work consisted of finding out information about the training of teachers who work with students in the 7 to 10 age bracket. Points covered in the study include the history of foreign language teaching in Brazil, approaches and methods for the teaching of foreign languages, the inauguration of the University of São Paulo, and its college of Philosophy, Languages and Human Science and the college of Education - both responsible for the training of teachers of Spanish - and the introduction of Spanish as a discipline in the curriculum of primary and secondary education (Ensino Fundamental e Médio). Based on the analysis of questionnaires completed by thirteen informants from the state of São Paulo (the capital and Suzano), and from the state of Paraná (Foz do Iguaçu) and Rio Grande do Sul (Porto Alegre), all teachers of Spanish for children in the target age bracket, we built a profile of the training of these teachers, of their teaching and of the difficulties experienced by them in their classroom practice. It was noticed that both the teachers who had attended teacher training college (Magistério) and those who had not, had similar performance: they used the same strategies and activities. It was also noticed that although the activities used were similar, the difficulties encountered by these professionals in their teaching differed in quantity, but not in the type of problem like lack of attention, concentration and discipline problems. The difficulties encountered, associated to gaps in their academic background, lead us to think that there is a real need for a program for the training of teachers of Spanish as a foreign language to young learners. We suggest, therefore, some options for the insertion of this aspect in the curriculum at the various levels of teacher training programs from high school to post-graduation. It is clear that it would not be enough to offer initial training but also continuous development, through which professionals can share experiences, besides getting further training. It is also essential to broaden the scope of the law regulating the qualification requirements for teachers of the first grades primary education, so that professionals with graduation and post-graduation in languages can fulfill these positions satisfactorily
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.