• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2013.tde-18122014-103004
Documento
Autor
Nome completo
Maria Nizete de Azevedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Abib, Maria Lucia Vital dos Santos (Presidente)
Mattos, Cristiano Rodrigues de
Moretti, Vanessa Dias
Moura, Manoel Oriosvaldo de
Roberto, Lúcia Helena Sasseron
Título em português
Mediação discursiva em aulas de ciências, motivos e sentidos no desenvolvimento profissional docente
Palavras-chave em português
Aprendizagem e desenvolvimento profissional docente
Ensino de ciências nos anos iniciais
Formação de professores
Mediação discursiva
Motivos e sentidos docentes
Resumo em português
A presente pesquisa aborda como temática central o desenvolvimento profissional de professores dos anos iniciais de escolarização, relativo ao ensino de ciências. Desenvolveu-se em uma escola da rede municipal de ensino da cidade de São Paulo, tendo como base uma formação contínua em serviço orientada pela realização de atividades investigativas de ensino. A partir de referenciais teóricos da perspectiva histórico-cultural, o desenvolvimento profissional é abordado como um processo desencadeado pela docência, concebida como atividade, e como tal, mediada por ações coletivas e colaborativas. Esta investigação problematiza a relação entre ensinar ciências e aprender a ensinar ciências, a partir da seguinte questão: o que a mediação discursiva docente pode mostrar sobre o trabalho docente e desenvolvimento profissional de professores dos anos iniciais que ensinam ciências sob orientação investigativa? Trata-se de um estudo de caso, com aproximações à análise microgenética. A análise privilegia a atividade docente em sala de aula de uma das professoras do coletivo da escola, realizada mediante a configuração de suas mediações discursivas. Os resultados mostram o desenvolvimento profissional como um contínuo processo de realização de motivos e objetivos pelo professor, e de subsequentes atribuições de sentidos, potencializados por situações de aprendizagem oriundas de necessidades formativas que emergem do movimento dialógico discursivo em sala de aula. Conclui-se que o desenvolvimento profissional do professor está relacionado ao conteúdo de seus motivos e sentidos, à capacidade de reversibilidade dos modos de mediação por ele adotados para realizar os seus objetivos e à dimensão coletiva e colaborativa de sua docência. Desse modo, a pesquisa pode contribuir com reflexões no campo teórico/prático da formação de professores no ensino de ciências, não apenas por evidenciar realizações e necessidades docentes em sala de aula, mas por destacar a construção da docência na amplitude da práxis, como condição essencial para o desenvolvimento profissional.
Título em inglês
Discursive mediation in science classes: reason and senses in teacher professional development
Palavras-chave em inglês
Discourse mediation
First years science teaching
Learning and professional development of teachers
Teachers education
Teachers motives and meaning
Resumo em inglês
The theme of this research is the professional development of first school years science teachers. It has been developed in a school of the São Paulo municipal teaching network based on continued education on site and supported by investigative teaching activities. Based on theoretical references that have a historic-cultural perspective, professional development is approached as a process triggered by the teaching activity and, as such, affected by collective and collaborative actions. This investigation discusses the relation between teaching science and learning how to teach science, and asks: what can the teaching discourse mediation show about the teaching activity and the professional development of first years science teachers that teach using an investigative approach? This is a case study that approximates microgenetic analysis. This analysis focuses on one of the school teachers teaching activity in the classroom and was conducted through the configuration of her discourses. Results present professional development as a continuous process through which the teacher accomplishes motives and objectives and, subsequently, assigns meanings that are strengthened by learning situations deriving from educational requirements that arise from the discourse/ dialogue movement inside the classroom. It is possible to conclude that the teachers professional development relates to the content of her motives and meanings, to her capacity of reversing adopted mediation modes to achieve her objectives, and to the collective and collaborative dimension of her teaching. Accordingly, this research may contribute to reflections on the theoretical/practical field of science teachers education, not only because it evidences teaching accomplishments and requirements in the classroom, but because it emphasizes the construction of teaching, considering the praxis as the key condition for professional development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.