• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2013.tde-17122013-152605
Documento
Autor
Nome completo
Ana Luzia Alvares de Laporte
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ghanem Junior, Elie George Guimaraes (Presidente)
Jardim, Fabiana Augusta Alves
Mello, Sylvia Leser de
Título em português
Políticas federais e movimento de economia solidária: ações de formação no estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Economia solidária
Educação popular
Movimentos sociais
Participação popular
Políticas públicas
Resumo em português
Como as políticas brasileiras federais voltadas para a formação fortalecem o movimento de economia solidária? Este é o problema de pesquisa deste projeto, que se concentra no processo de implantação do Centro de Formação em Economia Solidária (CFES) no estado de São Paulo, iniciado em 2009. A pesquisa se dedicou ao exame da hipótese de que a gestão participativa da implantação do CFES em São Paulo fortaleceu o movimento, contribuindo com a articulação dos formadores e a sistematização das experiências. A metodologia utilizada foi o estudo de caso da implantação da política da Secretaria Nacional de Economia Solidária para formação no estado de São Paulo, por meio de entrevistas com os representantes que desenvolveram a experiência e pela consulta a documentos escritos que registram o processo. Conclui que o CFES contribui ao fortalecimento da economia solidária, sobretudo, a partir do fomento à articulação dos atores. Este fortalecimento se traduziu em uma concepção mais qualificada dos atores em relação à identidade do movimento e em sua atuação enquanto um sujeito coletivo.
Título em inglês
Federal policies and the solidarity economy movement: educational activities in the state of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Popular education
Popular participation
Public policies
Social movements
Solidarity economy
Resumo em inglês
How the brazilian federal policies oriented to training strengthen the solidarity economy movement? This is the research problem of this project, which focuses on the implantation process of Training Centers of Solidarity Economy (CFES) in the estate of São Paulo, started in 2009. The research has dedicated to the examination of the hypothesis that the participatory management of the CFES implantation in São Paulo strengthened the movement, contributing to the articulation of trainers and systematization of experiences. The methodology used was the case study of implementation of the National Secretariat of Solidarity Economys policy for training in the state of São Paulo, through interviews with representatives who developed the experience and by consulting written documents that record the process. Concludes that the CFES contributes to strengthening of the solidarity economy, especially from fostering articulation of actors. This strengthening has resulted in a more qualified conception of the actors in relation to the identity of the movement and its activities as a collective subject.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.