• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2015.tde-17072015-140319
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Fantoni de Lima Alexandrino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Mrech, Leny Magalhaes (Presidente)
Bernardes, Maria Eliza Mattosinho
Ferreira, Maria Elisa Caputo
Pereira, Lucia Helena Pena
Sofiato, Cassia Geciauskas
Título em português
O PIBID e a deficiência: entre ações e tensões
Palavras-chave em português
Deficiência
Diversidade
Inclusão
PIBID
Resumo em português
Esta tese tem como objeto de estudo as ações oriundas do subprojeto em Pedagogia/Educação Inclusiva do PIBID/UEMG/Barbacena, bem como as tensões nele produzidas. Dessa forma, temos como objetivo investigar tais ações e tensões no intuito de apresentar uma possibilidade de leitura para as relações produzidas pelas pessoas que estão atuando no contexto educacional, mais especificamente com a educação inclusiva da rede pública municipal de Barbacena-MG e fazer eclodir tais ações e tensões a partir das vozes que nelas se fazem ouvir. Para discutir tal problemática, traçamos um percurso histórico sobre a educação de pessoas com deficiência, onde compreendemos que estas pessoas passaram por um período de total segregação da sociedade, sendo, inclusive exterminadas, para posteriormente serem integradas e, mais recentemente, passamos a discutir sobre o conceito de inclusão. Inclusão esta que ainda muito precisa ser debatida e refletida nas escolas, uma vez que observamos que a responsabilidade é coletiva, envolvendo sistema governamental, instituição escolar, família e a comunidade. Deste modo, é importante pensarmos em mudanças na educação brasileira, e é preciso salientar que tais transformações dependem de um conjunto de ações em nível de sistema de ensino que tem de se movimentar a fim de garantir que todas as unidades que o compõem ultrapassem o patamar em que se encontram. Como exemplo de uma possível mudança, abordamos sobre o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) que possibilita uma ampliação da vivência do exercício da docência pelos seus licenciandos, especialmente na Educação Inclusiva, além de privilegiar a construção do conhecimento mais apurado, buscando a (co)relação entre teoria e prática, afinal o programa aproxima os alunos de licenciatura da realidade escolar, objetivando vivências para o enriquecimento em sua formação profissional. Além das reflexões feitas neste trabalho e para trazer à baila as discussões sobre a deficiência na escola, recorremos à entrevista estruturada e a observação aplicadas às bolsistas do PIBID regularmente matriculadas no curso de Pedagogia do Instituto Superior de Educação Dona Itália Franco UEMG/Barbacena (Minas Gerais) e às supervisoras do referido subprojeto e utilizamos como análise e tratamento dos dados a Análise de Conteúdo segundo Bardin (2008). De acordo com a autora, a Análise de Conteúdo é um método de investigação que permite ir além das análises de métodos tradicionais. São meios e formas de avaliar um objeto de pesquisa, levando em consideração sua totalidade e subjetividade. Em relação aos resultados obtidos, percebemos, destarte, que a inclusão escolar de pessoas com deficiência, muitas vezes, não ocorre por não entendermos que a responsabilidade sobre a inclusão é de todos (escola, professor, Estado, família) e não somente de um. Ainda não compreendemos que colocar a culpa e/ou a responsabilidade em um único elo dessa corrente determina o fracasso, não de aprendizagem, mas de todo um sistema que não conhece e que não busca conhecer as diferenças dos outros, e deste modo abarcar a função de cada um na escolarização desses sujeitos. Para acabarmos com as tensões apresentadas e envolvermos de vez as responsabilidades dessa inclusão é necessário que, acima de tudo, busquemos a compreensão de que a realidade é objetiva, mas que as condições subjetivas como aceitação, superação, afetividade e respeito são determinantes. Por fim, concluímos que a inclusão é algo realizável e que essa realização depende do deslocamento do olhar. Que passemos a priorizar nossos alunos e suas potencialidades, que enfatizemos a troca de experiências e vivências, que busquemos metodologias interativas e estimulantes e que façamos do (re)conhecimento da diversidade uma estratégia para a aprendizagem, concebendo, assim, a criança por inteiro, respeitando a dignidade de todo e qualquer indivíduo.
Título em inglês
The PIBID and disability: between actions and tensions
Palavras-chave em inglês
Disabilities
Diversity
Inclusion
PIBID
Resumo em inglês
This thesis has as object of study the actions derived from the subproject in Education/Inclusive Education PIBID/UEMG/Barbacena and the tensions produced in it. Thus, we aim to investigate such actions and tensions in order to provide a readability for relations produced by people who are working in the educational context, specifically to inclusive education of the city in Barbacena-MG and to bring out such actions and tensions from the voices that are heard them. To discuss this issue, we draw a historical route on the education of persons with disabilities, where we understand that these people have gone through a period of complete segregation of society, including being exterminated, later to be integrated and, more recently, we began to discuss the concept of inclusion. Inclusion that this is still much to be discussed and reflected in schools, since we observed that the responsibility is collective, involving governmental system, a school, family and the community. Thus, it is important to think about changes in Brazilian education, and it must be noted that such changes depend on a set of actions in the education system level that has to move in order to ensure that all component units exceed the threshold they are in. As an example of a possible change we approach on the Institutional Program Initiation Grant to Teaching (PIBID) that enables an extension of the living from teaching for their undergraduates, especially in Inclusive Education, and favor the construction of more accurate knowledge, seeking the (co)relationship between theory and practice, after the program approaches the undergraduate students of the school reality, aiming to enrich experiences in their professional training. In our reflections in this work and to bring up discussions on disability in school, we used the structured interview and observation applied to fellows PIBID regularly enrolled in the course of the Pedagogy of the Institute of Education Dona Italia Franco - UEMG/Barbacena (Minas Gerais) and supervisors of this subproject and use as analysis and processing of data content analysis according to Bardin (2008). According to the author, content analysis is a research method that allows to go beyond the traditional methods of analysis. Are means and ways to evaluate an object of research, taking into account its entirety and subjectivity. Regarding the results obtained, we realize, Thus, the school inclusion of people with disabilities often does not occur by not understand that the responsibility for the inclusion of all is (school, teacher, state, family) and not only a . Do not understand that placing blame and / or liability in a single link in this chain also determines the failure, not learning, but of an entire system that does not know and does not seek to know the differences of others, and thus encompass the function each school in these subjects. To end up with the submitted tensions and engage once the responsibilities of this inclusion is necessary, above all, seek to understand that reality is objective, but subjective conditions as acceptance, overcoming, affection and respect are crucial. Finally, we conclude that inclusion is something feasible and that this realization depends on the look displacement. We pass to prioritize our students and their potential, we emphasize that the exchange of experiences and experiences, to seek interactive and stimulating methods and we do the (re)knowledge of the diversity strategy for learning, designing thus the child as a whole, respecting the dignity of every individual.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.