• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2010.tde-16092010-133656
Documento
Autor
Nome completo
Silvio Sipliano da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Neira, Marcos Garcia (Presidente)
Castellani Filho, Lino
Ghanem Junior, Elie George Guimaraes
Título em português
Educação física escolar versus projeto social esportivo: "quando os donos da casa perdem o jogo
Palavras-chave em português
currículo
educação física
escola
identidade
projetos sociais
Resumo em português
Na contemporaneidade, tem sido cada vez mais frequente e potente o discurso salvacionista das Organizações não Governamentais (ONGs) no âmbito da esfera pública. Noção que se alimenta da máxima do protagonismo vivenciado pela sociedade civil que, nas últimas duas décadas por intermédio dessas instituições, acumula experiências diversas no campo assistencial e de formação, inclusive na educação, com o apoio do Estado que, por sua vez, age de forma focalizada e dirigida, segundo interesses de ordem política e econômica. Essas ações se atrelam aos pressupostos neoliberais, sobretudo à lógica mercadológica, tencionando a formação do mercado consumidor futuro e do alívio das tensões sociais, mediante a divulgação dos valores hegemônicos dos grupos dominantes. Estabelece-se nesse cenário um embate entre o público e o privado, fenômeno que gera a diminuição da participação estatal nas políticas públicas sociais, deixando o caminho livre para o Terceiro Setor, invariavelmente nutrido com recursos públicos. Nos últimos anos, a escola assumiu um lugar de destaque no desenvolvimento dessas ações, por intermédio de diversos projetos que, desenvolvidos no interior da instituição, transformam os alunos em público-alvo preferencial das suas ações. Devido ao grande poder de sedução e representatividade entre crianças e jovens, as atividades que abarcam as práticas corporais emergem como ferramentas principais para o alcance dos objetivos desses programas. Neste estudo de caso nos moldes propostos por Stake (1998), buscou-se compreender como as atividades de um projeto social esportivo são desenvolvidas no interior de uma escola pública municipal de São Paulo e quais efeitos produzem para a Educação Física. Para tanto, além da pesquisa bibliográfica que mapeou e analisou a produção científica sobre o assunto, recorreu-se a observação participante, análise documental e entrevistas com os atores do processo. O material coletado foi confrontado com o campo teórico dos Estudos Culturais. A interpretação dos resultados constatou que a presença de um projeto esportivo social na escola contribui para formação de uma identidade de Educação Física contraposta àquela promovida pelas aulas do componente. A ausência de registros sobre as ações desse projeto na escola; a contradição entre a proposta teórica defendida e a prática constatada; a falta de articulação com os referenciais teóricos que sustentam o trabalho pedagógico da instituição; e o enfoque funcionalista e informal atribuído ao trabalho com as manifestações corporais decorrem na socialização de valores personalistas e antidemocráticos. Embora os professores rejeitem a intrusão de uma agência externa, apoiam o desenvolvimento de projetos esportivos, o que indica alienação pedagógica e política, pois denota certa simpatia à mesma pedagogia neoliberal que inspira as atividades analisadas.
Título em inglês
Physical education school versus social sports project: when the owners of the house lose the game
Palavras-chave em inglês
curriculum
identity
physical education
school
social projects
Resumo em inglês
In contemporary times, there has been increasingly frequent and powerful salvationinst speech from the NonGovernmental Organizations (NGOs) in the public sphere. Perception lived through by the civil society, that experienced in the past two decades through these institutions, accumulating various experiences in the formative and assistance field, including education, with the support of the state, which, in turn, acts a directive and limited way, according to the interests of political and economical order. These actions are related with the neo-liberal assumptions, specially the market logic and planned with the training of future consumer market and the relieving of social tensions. Through the dissemination of hegemonic values of the dominant groups. It is established in this picture a clash between the public and the private, a phenomenon that reduces the state involvement in the public social policies, leaving the way open for the Third Sector, invariably nourished with public funds. In the recent years, the school has assumed a prominent place in the development of such activities, through various projects, developed within of the educational institution, transforming the students into public-target of their actions. Considering the seductive power and representation among children and youth, activities that cover corporal practices emerge as primary tools for achieving the objectives of these programs. In this case study proposed by Stake (1998), we sought to understand how the activities of a social sports project are developed within a local public school in São Paulo and which produce effect for Physical Education. Therefore, besides the bibliographic research that mapped and analyzed the scientific production on the subject, it was used the participant observation, document analysis and interviews with the actors of the process. The collected material was compared with the theoretical field of Cultural Studies. The interpretation of the results found that the presence of a sports social project contributes to the school social identity formation of a physical education lessons in opposition to that promoted by subject. The absence of records of records of the actions of this project at school, the contradiction between the theory proposition and the actual practice, the lack of articulation with the theoretical references that support the pedagogical work in the institution and the functionalist and informal work assigned to the corporal manifestation demonstrates the socialization of an antidemocratic and personal values. Although teachers reject the intrusion of an external agency, support the development of sports project, indicating the political and pedagogical alienation, demonstrating some sympathy to the same neo-liberal pedagogy that inspires the activities analyzed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.