• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2008.tde-16062008-161253
Documento
Autor
Nome completo
Kiusam Regina de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Rubio, Katia (Presidente)
Botelho, Denise Maria
Catani, Denice Barbara
Santos, Marcos Ferreira dos
Trindade, Azoilda Loretto da
Título em português
Candomblé de Ketu e educação: estratégias para o empoderamento da mulher negra.
Palavras-chave em português
Candomblé de ketu
Corpo negro
Educação
Empoderamento
Identidade
Mulher negra
Orixás
Subjetividade
Resumo em português
Trata-se de pesquisa teórica, de cunho histórico-cultural, tendo como objetivo discutir as estratégias utilizadas no Candomblé de Ketu capazes de empoderar a mulher negra e a possibilidade de serem aplicadas na educação formal. O conceito de corpo e seus significados na sociedade tornam-se fundamentais, uma vez que é do corpo que partem as possíveis identificações que ocorrem entre os indivíduos e despertam nas pessoas reações diversas a depender de suas características. A subjetividade ganha destaque, pois as identificações ocorrem a partir das histórias dos sujeitos reais e concretos, com experiências diversas. Discuti-la é preciso, por ser um importante instrumento a ser utilizado pelos profissionais da educação, que lidam constantemente com a diversidade racial entre alunas e alunos, numa sociedade preconceituosa como a brasileira e que os impõem, constantemente, à vulnerabilidade, seja por serem negros, pobres ou mulheres, ou uma junção das três categorias. A pesquisa revelou que as subjetividades das entrevistadas passaram por transformações significativas e positivas ao se iniciarem no Candomblé de Ketu, por terem, em seus corpos, a morada dos heróis-orixás. O presente estudo enfatiza o caráter construtivo - interpretativo e dialógico do conhecimento, a partir da interpretação de González Rey. A pesquisa de campo constituiu-se de entrevistas com duas ebomis (pessoas com mais de sete anos de iniciação no Candomblé de Ketu) pertencentes à orixá feminina Oxum, em São Paulo. Para a realização deste estudo, os instrumentos utilizados foram: dinâmica conversacional, pessoalmente, por telefone ou por e-mail, enfatizando o caráter processual nas relações com as participantes e diário de campo. Tais instrumentos forneceram indicadores de sentido subjetivo que, em nossa análise, nos levou à construção dos seguintes núcleos de sentidos subjetivos: o impacto da subjetividade de Eliana e Vera em relação: a) ao Candomblé de Ketu; b) à identidade; c) à mulher negra contemporânea; d) à educação formal e a criança negra. O impacto de cada um desses núcleos de sentido subjetivo sobre as ebomis entrevistadas foram os principais resultados dessa pesquisa, gerando novos conhecimentos, como os de que o Candomblé de Ketu tem estratégias voltadas para o empoderamento de mulheres negras que vivem em sociedades racistas e precisam reconstruir suas identidades. Assim sendo, este espaço religioso é capaz de oferecer, aos profissionais da educação, estratégias capazes de ganharem espaços de destaque no campo da educação, com o propósito de empoderar as crianças negras presentes nas salas de aulas brasileiras, ao promover a educação antiracista.
Título em inglês
Ketu candomblé and education: strategies for empowerment of black women.
Palavras-chave em inglês
Black body
Black women
Education
Empowerment
Identity
Ketu candomblé
Mythic dance of the orixás
Orixás
Subjectivity
Resumo em inglês
This is a piece of theoretical research, specifically historical-cultural, with the objective of discussing strategies used in Ketu Candomblé which can empower black women and their possibility of being applied in formal education. The concept of the body and its meaning in society have become fundamental, as it is from the body that possible identifications arise between individuals and gives rise to diverse reactions in people depending on their characteristics. In this research, the body is resignified, including through the mythic dance of the Orixás. Subjectivity is primary, as identifications occur from the stories of real and concrete people with diverse experiences. Discussing this is necessary as it is an important instrument to be used by education professionals who work constantly with racial diversity between male and female students in a society with prejudices such as in Brazil which are imposed on them constantly, exposing them to vulnerability, whether for being negroes, poor or women, or any combination of these. The research revealed that the subjectiveness of those interviewed underwent significant and positive transformations when they began attending Ketu Candomblé, as the orixá heroes resided within their bodies. This study emphasizes the constructive character - interpretative and dialogical of knowledge - through the interpretation of González Rey. The field research consisted of interviews with two ebomis (people with more than seven years of initiation in Ketu Candomblé) belonging to the female orixá Oxum, in São Paulo. In carrying out this study, the instruments used were: conversational dynamic, personally by telephone or by e-mail, emphasizing process of character in the relationships with the participants and the field diary. Such instruments supplied indicators of subjective meaning which, in our analysis, led us to the construction of the following nuclei of subjective meaning: the impact of subjectivity of Eliana and Vera in relation to: a) Ketu Candomblé; b) identity; c) contemporary black women; d) formal education and the black child. The impact of each of these nuclei of subjective meaning on the ebomis interviewed were the principal results of this research, giving rise to further knowledge, such as that Ketu Candomblé has strategies to empower black women living in racist societies and who need to rebuild their identities. Thus this religious space can offer education professionals strategies which can occupy leading spaces within education with the purpose of empowering Negro children in Brazilian classrooms and promote antiracist education.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.