• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2008.tde-16062008-131645
Documento
Autor
Nome completo
Manuel Marquez Viscaino Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Minto, Cesar Augusto (Presidente)
Camargo, Rubens Barbosa de
Maués, Olgaíses Cabral
Título em português
Repensando o desenvolvimento diante da globalização capitalista e das novas demandas para a educação.
Palavras-chave em português
Capital humano
Conhecimento
Desenvolvimento
Educação
Globalização
Resumo em português
Nos últimos anos tem-se aguçado a discussão sobre as perspectivas de desenvolvimento econômico e social para o Brasil no atual contexto econômico mundial. Desde a década de 1950 com o surgimento das teorias do desenvolvimento, as questões envolvendo crescimento econômico, industrialização, geração e distribuição de riquezas e bens têm ocupado um lugar central em diversas áreas de estudo. A possibilidade de que o processo de globalização econômica, que se acentuou desde os anos 90, esteja recolocando a discussão sobre o desenvolvimento em novas perspectivas, impactando diretamente a estrutura e funcionamento da educação escolar e forçando uma revisão dos seus objetivos em decorrência das necessidades de qualificação da força de trabalho associada aos processos de inovações tecnológicas, conduzem a uma série de indagações que envolvem tanto a percepção da existência concreta dessa nova dimensão, quanto o entendimento dos seus fundamentos teóricos. Procuramos realizar uma revisão da teoria do desenvolvimento inserindo a análise da globalização econômica e das novas demandas pretendidas para a educação escolar. Partimos de uma análise sistêmica do processo histórico do capitalismo, apoiada nas contribuições de Giovanni Arrighi, para refletir sobre a origem das teorias do desenvolvimento, o desenvolvimentismo, e as perspectivas de ascensão ao capitalismo desenvolvido com base numa adaptação às novas demandas da globalização econômica. Optamos por localizar referências teóricas centrais e analisá-las estabelecendo relações que nos permitissem realizar generalizações conceituais e aferir a validade dos pressupostos contidos nas abordagens. O trabalho apresenta uma circularidade intencional das reflexões e problematizações, pois entendemos que as relações teóricas contidas permitem a retomada seqüencial das indagações e análises em condições diferenciadas de aprofundamento. Utilizando essencialmente fontes escritas, transitamos pelos contextos históricos localizando contribuições na época de suas formulações, o que nos permitiu perceber com mais clareza a abrangência e o teor hegemônico das diversas análises sobre a temática investigada. A reflexão sobre o desenvolvimento nos mostrou que suas fundamentações teóricas permanecem atuais, com poucas variações em relação a análises apoiadas em pressupostos schumpeterianos, keynesianos e marginalistas. A investigação sobre a globalização econômica mostrou que não existe uma era da globalização, um novo período histórico para a humanidade, posição que encontra respaldo em Roberto Leher, mas difere daquilo que demonstrou Giovanni Arrighi. As análises com base nas sociedades do conhecimento e da informação, seus imperativos tecnológicos e vínculos com a teoria do capital humano, induzem à idéia de que, por meio da educação escolar, é necessário realizar uma qualificação pautada por competitividade e produtividade, mas essa relação não se sustenta quando tomamos a contribuição da sociologia do trabalho e da educação, e inserimos a contribuição da pedagogia crítica no questionamento de tais premissas.
Título em inglês
Reflecting about the development in front of the capitalist globalization and the new demands for education.
Palavras-chave em inglês
Development
Education
Globalization
Human stock
Knowledge
Resumo em inglês
In the latest years, the discussion about the perspectives of economical and social development for Brazil in the present economical world-wide context has increased. Since the 50's, with the appearing of the development theories, the questions involving economical increasing, industrialization, the origination and distribution of richness and goods have occupied a central place in many areas of study. The possibility of the economical globalization process, that was accentuated since the 90's, be directly influencing the structure and the functioning of scholar education, impelling a revision of its objectives because of the necessities of qualification of the labor force associated to the technological innovations processes, leads to a series of questions that involve not only the perception of the concrete existence of this new dimension but the comprehension of their theoretical basis. We tried to do a revision of the development theory including an analysis of the economical globalization and the new demands that we intend to the scholar education. We started with a systematic analysis of the history process of the capitalism, based on the contributions of Giovanni Arrighi, in order to reflect about the origin of the development theories, the developmentism, and the perspectives of ascension of the capitalism developed thanks to an adaptation to the new demands of the globalization. We opted by locating central theoretical citations and to analyze them, establishing conceptual generalizations and checking the validity of what is presupposed by them on the approaches. The work has an intentional circle of the reflections and problems, because we understand that the theoretical relations allow a sequential retaken of the questions and analysis in different conditions of deepening. We used essentially written originals and passed through the historical contexts, locating contributions at the time of these formulations, what allowed us to perceive with more clearness the range and the hegemonic tenor of the many analysis about the investigated theme. The reflection about the development showed us that their theoretical foundations continue present at this moment, with a few variations in relation of analysis based on Schumpeter, Keynes and marginals. The investigation about the economical globalization showed that there is not an age of globalization, a new historical period for the humanity, according to Roberto Leher, but different from what Giovanni Arrighi has demonstrated. The analysis of the knowledge and information societies, their technological imperatives and links with the human capital theory, lead us to the idea that through the scholar education it's necessary to put into practice a qualification based on competitiveness and productivity, but this relation is not supported when we take a contribution from the work sociology and from the education, and insert the contribution of the critical pedagogy in the questioning of these premises.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.