• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2014.tde-16032015-141119
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Alexandre Louzada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Jacobi, Pedro Roberto (Presidente)
Giatti, Leandro Luiz
Santos, Marcos Ferreira dos
Título em português
A ciência na educação formal: investigando possibilidades de problematização das questões socioambientais
Palavras-chave em português
Ciência
Educação
Educação ambiental
Ensino e aprendizagem
Escola pública
Interdisciplinaridade
Resumo em português
A presente pesquisa foi elaborada com a colaboração de uma equipe de professores do Ensino Fundamental II e Ensino Médio numa escola pública vinculada à Diretoria Regional de Ensino de Itapecerica da Serra, com o objetivo de analisar qual o papel da Ciência na educação formal e como a escola pode se firmar como propositora de conhecimentos a partir da problematização das questões socioambientais de seu entorno. Durante toda a trajetória da pesquisa procurou-se estabelecer um diálogo com autores que defendem a educação numa perspectiva crítico-transformadora e reconhecem a complexidade, a incerteza, a contradição e a pluralidade da natureza humana, entre eles Paulo Freire, Edgar Morin, Maria Cândida Moraes, enfatizando-se também as contribuições de Attico Chassot sobre a valorização dos saberes populares pela escola no intuito de proporcionar uma Alfabetização Científica e os aportes teóricos da Ciência pós-normal de Silvio Funtowicz e Jerry Ravetz. Como estratégia metodológica optou-se pela adoção do Grupo Focal por ser caracterizado como um recurso para compreender o processo de construção das percepções, atitudes e representações sociais de grupos humanos. Esta dissertação utilizou-se ainda de uma abordagem qualitativa, de natureza exploratória, favorecendo reflexões em um diálogo permanente entre os dados coletados e a base teórica. Com esse trabalho, constatou-se que a falta de percepção sobre a relação existente entre Ciência e as questões socioambientais ainda faz parte do imaginário dos docentes como um fator determinante, principalmente quanto às implicações sociais do desenvolvimento científico na modernidade. A pesquisa evidenciou a necessidade de melhor articulação entre os docentes, para tanto, sugere-se um melhor aproveitamento dos espaços de discussão presentes na escola, a fim de otimizar esses ambientes de aprendizagem e o trabalho interdisciplinar, por meio de constante diálogo, cooperação, negociação e participação, facilitando assim a interação dos sujeitos e o desenvolvimento de suas capacidades para reconhecer na realidade local potenciais de uma educação problematizadora.
Título em inglês
The science in formal education: investigating possibilities of problems cause by environmental issues
Palavras-chave em inglês
Education
Environmental education
Interdisciplinarity
Public school
Science
Teaching and learning
Resumo em inglês
This research has been elaborated in cooperation with a team of teachers of a Public Elementary and High School linked to the Itapecerica da Serra Teaching Regional Directorship and its goal is to analyze the role of Science in formal education and how the school can consolidate itself as proponent of knowledge from the problems cause by environmental issues. During all the way through this research there was the concern to establish a dialog between authors who support education as a transformative and critical instrument and understand the complexity, the uncertainty, the contradiction and the plurality of human nature, among them Paulo Freire, Edgar Morin, Maria Cândido Moraes. It also emphasizes the contribution of Attico Chassot on the appreciation of popular knowledge by schools as to provide a Scientific Alphabetization. As well as the theoretical contributions of post-normal Science of Silvio Funtowicz and Jerry Ravetz. Moreover, as a methodological strategy the option was the focus group being characterized as an methodological instrument to understand the construction of perceptions, attitudes and social representations of human groups. Besides, this thesis was developed using a qualitative approach of exploratory nature, it characterizing a conceptual elaboration in a permanent dialog between the collected data and the theoretical basis. Results of this research indicate the lack of perception between Science and the environmental issues, and within the imaginary of teachers they still remain as a determining factor mainly as social implications of scientific development in modernity. This research showed the need of a better link between teachers, and to promote this, it is suggested a better use of debates in schools, as to optimize these learning environments and interdisciplinary work, by means of constant dialogue, cooperation, negotiation and participation. This may be very helpful to stimulate the necessary interaction between teachers and it also can potentialize their abilities to recognize in their own local reality the possibility of a questioning process of teaching.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.