• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2015.tde-15062015-142924
Documento
Autor
Nome completo
Tatiana Schneider Vieira de Moraes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Anna Maria Pessoa de (Presidente)
Kishimoto, Tizuko Morchida
Munford, Danusa
Nascimento, Viviane Briccia do
Silva, Rosana Louro Ferreira
Título em português
O desenvolvimento de processos de investigação científica para o 1º ano do ensino fundamental
Palavras-chave em português
Alfabetização científica
Anos iniciais
Ensino fundamental
Investigação científica
Sequência de ensino investigativa
Resumo em português
O presente trabalho foi realizado com a premissa de que, desde os primeiros anos de escolarização, os alunos precisam ser envolvidos em processos de investigação científica. Com a inserção de crianças de 6 anos no Ensino Fundamental (EF), surgiu uma série de indagações relacionadas ao Ensino de Ciências (EC), dentre as quais emerge a questão central desta pesquisa: É possível verificar o engajamento das crianças de 6 anos em processos de investigação científica?. Com enfoque essencialmente qualitativo e perspectiva de estudo de caso, estruturou-se uma Sequência de Ensino Investigativa (SEI) para os alunos dessa faixa etária, pertencentes a uma escola de Ribeirão Preto, São Paulo. As atividades que compõem a SEI foram divididas em três momentos: pré-investigação, investigação e pós-investigação. Com foco no processo de aprendizagem e significação de conceitos, a sequência teve o intuito de verificar algumas habilidades associadas ao fazer científico. Para tanto, foram analisadas as discussões orais, a partir da gravação de aulas e transcrição das falas, bem como as representações gráficas dos alunos, compondo, portanto, três fontes de dados: vídeos, falas e desenhos. Esses dados foram examinados com base em categorias relacionadas ao processo de investigação científica e ao conhecimento do ser vivo estudado. Por meio da observação de um ciclo de vida completo, os alunos vivenciaram oportunidades reais para levantar hipóteses, testar suas ideias, manusear materiais, coletar dados, manipular tabelas e gráficos, registrar informações, assim como articular, avaliar e revisar seus modelos de crescimento e desenvolvimento dos seres vivos. Os desenhos produzidos pelos alunos foram capazes de comunicar as atividades realizadas, tanto no que diz respeito ao ser vivo estudado como em relação aos materiais utilizados no processo de investigação. As habilidades empregadas pelos alunos, em suas comunicações orais ou representações gráficas, são ferramentas necessárias para o envolvimento com a cultura científica. Assim, acredita-se que as discussões científicas, no contexto da sala de aula, possuem implicação direta com o EC e devem ser fomentadas desde os primeiros anos do EF, visando à construção de novos conceitos e ferramentas científicas e ao envolvimento crescente dos alunos em processos de Alfabetização Científica (AC).
Título em inglês
The development of scientific inquiry-based processes to the first year of elementary school
Palavras-chave em inglês
Early years
Elementary school
Inquiry-based teaching sequence
Scientific inquiry
Scientific literacy
Resumo em inglês
The present paper was developed with the premise that, since the early years in school, the students need to be involved in scientific inquiry-based processes. With the insertion of 6-year-old children in the Elementary School, a series of inquiries related to Science teaching came up, among which emerges the central question in this research: "Is it possible to check the engagement of 6-year-old children in scientific inquiry-based processes?". With essentially qualitative focus and case study perspective, an Inquiry-Based Teaching Sequence (IBTS) was structured to the students this age who belong to a school in Ribeirão Preto, in São Paulo state. The activities that make up the IBTS were divided in three moments: preinquiry, inquiry and postinquiry. Focusing in the learning process and in the meaning of concepts, the sequence had the intention to check some skills associated with the scientific doing. For this, oral discussions were analysed, starting with the recordings of the classes and the speech's transcription, as well as the students' graphic representations which then made up three data sources: videos, speech and drawings. These data were examined based on categories related to the scientific inquiry-based process and the knowledge of the studied living being. Through the watching of a complete life cycle, the students experienced real opportunities to make hypothesis, test their ideas, handle materials, collect data, handle charts and graphics, and register information, as well as articulate, evaluate and review their growth models and living beings development. The drawings made by the students could communicate the performed activities, concerning both to the studied living being and to the materials used in the inquiry-based process. The skills used by the students in their oral communications or graphic representations are necessary tools to the engagement with the scientific culture. Therefore, it is believed that the scientific discussions, in the classroom context, have direct implication with the ST and must be encouraged since the early years in Science teaching, leading to the building of new concepts and scientific tools and also the growing engagement of the students in Scientific Literacy processes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.