• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2019.tde-12122018-101251
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Rogério Borges
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Ehrenberg, Mônica Caldas (Presidente)
Almeida, Rogério de
Chaves, Iduina Edite Mont'Alverne Braun
Porto, Maria do Rosario Silveira
Teixeira, Maria Cecilia Sanchez
Título em português
Trem-fantasma e realidade virtual
Palavras-chave em português
Aprendizagem
Entretenimento
Imaginário
Pós-modernidade
Resumo em português
Esta pesquisa teve como objetivo analisar os novos paradigmas da sociedade tecnocêntrica, por meio da evolução dos meios de diversão, tomando-se como metáfora o trem-fantasma dos parques de diversões mambembes, contextualizando-o em seu momento histórico e social e comparando-o com as novas experiências de simulações, por meio da chamada Realidade Virtual, produzida a partir de equipamentos eletrônicos de última geração tecnológica. Verificar também se, por meio dessa evolução, vem ocorrendo alterações na visão de mundo das pessoas e possíveis consequências nas relações sociais, principalmente na escola. Como metodologia foram utilizadas entrevistas estruturadas com funcionários, usuários de parques de diversões, jogadores de videogame, alunos e professores e também coleta de imagens visuais como fotografias e vídeos de parques, de histórias em quadrinhos, de capas de discos e trechos de filmes capturados na Internet, além da pesquisa bibliográfica que foram analisadas à luz da Teoria Geral do Imaginário, buscando identificar os traços míticos dessa amostra na contemporaneidade. Foi possível perceber que, embora os avanços tecnológicos estejam modificando as formas de relacionamento social e provocando uma mudança na bacia semântica, os universos míticos ainda são os mesmos, assim como o imaginário coletivo, as fantasmagorias e os medos.
Título em inglês
Ghost train and virtual reality
Palavras-chave em inglês
Entertainment
Imaginary
Learning
Postmodernity
Resumo em inglês
This research aimed to analyze the new paradigms of technocentric society, through the evolution of the means of entertainment, taking as a metaphor the "ghost train" of mambembes amusement parks, contextualizing it in its historical and social moment and comparing it with the new experiences of simulations, through the so-called Virtual Reality, produced from state-of-the-art electronic equipment. This paper also aims to check whether, through this "evolution", there have been changes in the world view of people and possible consequences in social relations, especially in school. In order to identify the mythical features of this sample in the contemporaneity, the methodology used was the structured interviews with employees, users of amusement parks, video game players, students and teachers, as well excerpts from films obtained from the Internet, besides the bibliographical research that was analyzed in the light of the General Theory of Imaginary. Although technological advances are changing the forms of social relationships and causing a change in the semantic basin, it was possible to perceive that the mythical universes, the collective imagination, the phantasmagoria and the fear are still the same.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.