• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Soraia Chung Saura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Rubio, Katia (Presidente)
Loureiro, João de Jesus Paes
Moraes, Sumaya Mattar
Pitta, Danielle Perin de Rocha
Santos, Marcos Ferreira dos
Título em português
Planeta de boieiros: culturas populares e educação de sensibilidade no imaginário do bumba-meu-boi.
Palavras-chave em português
Antropologia do imaginário
Antropologia educacional
Bumba-meu-boi
Cultura popular
Culturas populares
Educação
Educação de sensibilidade
Mitohermenêutica
Resumo em português
Esta pesquisa privilegia o estudo da manifestação popular, o fenômeno do Ciclo do Bumba-meu-Boi em todas as suas fases, valendo-se da fenomenologia da imaginação material em Gaston Bachelard e da filosofia da imagem em Gilbert Durand, dentro de um quadro de educação de sensibilidade. Por meio de uma etnografia descritiva, calcada em novos paradigmas antropológicos - de elementos imagéticos e subjetivos - com dados coletados nos Estados do Maranhão (pesquisa de campo) e de São Paulo (Grupo Cupuaçu, Morro do Querosene) em dez anos de observação participante, tendo a mitohermenêutica como percurso. O trabalho de análise procura evidenciar a trama mítica no caminho do imaginário, revelando o fenômeno popular em seu caráter dinâmico e atemporal. Os depoimentos dos colaboradores e agentes das culturas populares destacam os discursos simbólicos e em conjunção com a descrição poético-imagética, conduzem para a percepção da vivência dos rituais e suas práticas, localizando os elementos do rito e suas relações com os mitos no contexto da antropologia do imaginário. A educação de sensibilidade, prática medial, antropológica e simbólica, incide nas relações interpessoais e generacionais, no encaminhamento, atualização e dinamização dos mitos de maneira autônoma e ancestral, atuando sobre elementos já dados de uma tradição centenária. Efetivamente dentro do ciclo desdobram-se dois caminhos educacionais: por linha hereditária e por iniciação, ressaltando a organização que estas práticas simbólicas possuem, em uma espiral contínua que surge no Maranhão e estende-se para a cidade através da atualização autônoma realizada pelo ciclo, com fortes ressonâncias simbólicas e manutenção de características ancestrais em sua re-interpretação pelos brincantes.
Título em inglês
Boiero planet: popular cultures and sensibility education in the bumba-meu-boi's imaginary.
Palavras-chave em inglês
Anthropology of imaginary
Bumba-meu-boi
Education
Educational anthropology
Mitohermenêutica
Mythological hermeneutics
Popular culture
Popular cultures
Sensibility education
Resumo em inglês
This research focuses on the study of the popular manifestation - the Bumbameu- boi Cycle in all of its stages - availing itself of Gaston Bachelards phenomenology of material imagination and Gilber Durands philosophy of image in a panorama of sensibility education. Through a descriptive ethnography shaped with new anthropological paradigms - of imagetic and subjective elements -, with data collected during ten years of participative observation in Maranhão state (field research) and São Paulo state (Cupuaçu Group, Querosene Hill) and having the mythological hermeneutics as a route. The analitic work intensifies myths in the imaginary route and reveals the popular phenomena in a dynamic and timeless nature. The accounts of popular cultures agents highlight the symbolic speeches and, together with the poetic-image description, conduct to the perception of experiencing the rituals and its practices, placing the elements of rite and its relations to the myths in the context of the anthropology of imaginary. The sensibility education, a medial, anthropological and symbolic practice, has influence in the interpersonal and generational relations, when conducting, updating and making myths more dynamic in an autonomous and ancestral way, acting upon previously provided elements of a centennial tradition. When actually inside the cycle, two educational paths are unfolded: through heredity and through initiation, highlighting the organization that those symbolic practices have, in a continuous line that appears in Maranhão and stretches to the city through the autonomous update accomplished by the cycle, strongly resonating and maintaining ancestral characteristics in its reinterpretation by the participants.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.