• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Batista de Almeida Farias
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Gobbi, Marcia Aparecida (Presidente)
Nascimento, Maria Letícia Barros Pedroso
Serrano, Carlos Moreira Henriques
Título em português
"Loira você fica muito mais bonita": relações entre crianças de uma EMEI da cidade de São Paulo e as representações étnico-raciais em seus desenhos
Palavras-chave em português
Cabelos
Debate étnico-racial
Desenhos
Infância
Sociologia
Resumo em português
Este trabalho tem por objetivo compreender as relações entre as crianças e o que desenham no que se refere a questões étnico-raciais, tomando estas como ponto de partida para observar de que maneira o racismo pode ser construído e constituído desde a infância; O trabalho de campo, realizado em uma Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) na periferia da cidade de São Paulo, infere que elementos culturais presentes nos desenhos de meninas e meninos (tais como os traçados dos cabelos prioritariamente lisos e a ausência das representações das cores das peles nos desenhos), bem como questões abordadas sobre como é ter cabelo crespo e pele escura, podem significar uma condição não tão desejada, sobretudo para as meninas de 4 e 5 anos; Ainda que a professora da turma pesquisada seja negra e esteja comprometida com o debate étnico-racial, oferecendo diversas referências sobre personagens e personalidades negras, as vivências positivas referentes as questões da negritude são raras na realidade dos alunos, o que faz com que racismo institucional presente na escola apareça como pano de fundo e reforce o sentimento de muitas meninas desejarem ardentemente uma estética branca e etnicamente distinta das suas características naturais: serem loiras e terem cabelo liso
Título em inglês
Blonde gets you more pretty. relationships bettwen EMEI children in Sâo Paulo City and the racial ethnic representations in their drawings
Palavras-chave em inglês
Childhood
Drawings
Ethnic-racial debate
Hair
Sociology
Resumo em inglês
This research aims to understand the relationship between children and the drawings they make concerning to ethnic and racial issues, taking these as a starting point to observe how racism can be built and made up since childhood; The field work, performed in a Citys Kindergarten School (EMEI) on the suburb of São Paulo, infers that cultural elements present in the drawings of girls and boys (such as traces of primarily straight hair and the absence of representations for colors of the skins in the drawings), and addressed questions on how to have curly hair and dark skin, might make reference to an undesired condition, especially for girls of 4 and 5 years-old. Although the teacher of the researched class is African American and is committed to the ethnic-racial debate, offering many references to Black characters and personalities, positive experiences regarding those issues are rare in the reality of these students, which incurs in institutional racism at this school appears as a backdrop and reinforcement for the feeling that many girls already have: they wish ardently a white aesthetics to be ethnically distinct from what is their natural characteristics: they want to be blond and have straight light hair
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-08-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.