• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2009.tde-10092009-135157
Documento
Autor
Nome completo
Adolfo Samuel de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Belmira Amelia de Barros Oliveira (Presidente)
Marin, Alda Junqueira
Setton, Maria da Graca Jacintho
Título em português
Quando o professor se torna aluno: tensões, desafios e potencialidades da formação em serviço
Palavras-chave em português
Cultura escolar
formação em serviço
habitus escolar
ofício discente
ofício docente
Resumo em português
O trabalho teve por objetivo investigar processos formativos inerentes à condição de aluno do professor, em um programa de educação em serviço, da perspectiva do processo de socialização/educação familiar e escolar. Busca analisar as relações entre os ofícios discente e docente quando exercidos de forma simultânea, examinando em que medida viver tal situação favorece processos de formação docente mais significativos, e verificar as implicações dessa formação no trabalho do professor, na escola. A pesquisa é de natureza qualitativa. O trabalho etnográfico envolveu observações em contextos de ensino on-line e off-line durante 18 meses. O referencial empírico foi o PEC Formação Universitária Municípios/São Paulo (2003-2004), caracterizado como um curso presencial com forte apoio de mídias interativas, que teve por finalidade oferecer a licenciatura plena aos docentes que tinham apenas a formação para o magistério em nível médio. Os dados da investigação constituíram-se de documentos oficiais, notas de campo, entrevistas, além de um conjunto de memórias produzidas pelos professores. O referencial teórico fundamenta-se na teoria do habitus de Bourdieu, problematizada por alguns de seus críticos contemporâneos. Os resultados obtidos apontam que os professores, em determinadas ocasiões, recorrerem às artimanhas de alunos para enfrentar as exigências do curso, afastando-se do que formalmente deles se espera quando investidos no ofício discente. Tais comportamentos estão relacionados a diversos fatores que no contexto investigado se mostraram mais associados a determinadas modalidades de ensino, ao habitus escolar e às condições de existência do professor, tal como a escassez de tempo decorrente da dupla ou até tripla jornada de trabalho. Por outro lado, vivenciar tais situações incitou os professores a refletirem sobre o exercício dos ofícios discente e docente, facultando-lhes compreender vários aspectos tanto das condutas quanto dos processos de aprendizagem de seus alunos. Além disso, permitiu-lhes o entendimento de algumas de suas práticas docentes, sobretudo no que diz respeito às atitudes em relação ao aluno e à proposição de certas atividades escolares. Muitas dessas reflexões surgiram a partir de um processo formativo não previsto pelo programa, possibilitado pelo que foi chamado neste trabalho de simetria invertida às avessas. Tendo em vista as relações com o tutor e a experiência de certas atividades, notadamente as avaliações, os alunos-professores observavam, e aprendiam, o que não deveriam fazer em sala de aula, em virtude do baixo ou inadequado potencial formativo de tais situações de aprendizagem, contrariando assim o princípio da simetria invertida, um dos eixos do modelo focalizado. As análises revelaram que o contexto em estudo fez aflorar aspectos latentes da cultura escolar, explicitados especialmente nas tensões entre o ofício de aluno e o de professor, recolocando em pauta o exame sobre as potencialidades e expectativas da formação em serviço.
Título em inglês
When the teacher becomes a student: tensions, challenges and potentialities for in-service education
Palavras-chave em inglês
in-serve education
school culture
school habitus
student craft
teacher craft
Resumo em inglês
Considering the perspective of the processes of school and family socialization/education, this work investigates the formative processes inherent to the student situation in which teachers find themselves during an in-service teacher education program. It aims to analyze the relationships between the teacher and the student crafts when carried out simultaneously, examining to what extent such situation promotes more meaningful processes of teacher education, and also to investigate the implications of this formation to the teacher work at school. The research is of a qualitative nature; the ethnographic fieldwork involved systematic observations in contexts of online and offline teaching during 18 months. The empirical framework was given by the PEC Municípios [PEC University Formation Municipalities/São Paulo] (2003-2004), characterized as a presence course with strong support of interactive media, which had as its purpose to offer full licentiateship to teachers who till then had only secondary level teacher training. The data for the investigation consisted of official documents, field notes, interviews and also a set of memoirs created by the teachers during the course. The theoretical framework is based on Bourdieus theory of habitus, problematized by some of his contemporary critics. The results obtained point to the fact that teachers, in some situations, resort to student stratagems to face the demands of the course, deviating from the behavior expected of them when invested of the office of students. Such behavior is related to several factors that, in the context studied here, turned out to be more associated to some modalities of teaching, to the school habitus, and to the conditions of existence of the teacher. On the other hand, going through these situations allowed teachers to reflect upon the exercise of teacher and student crafts, helping them to understand various aspects of pupil conduct and of their learning processes. Additionally, it made them comprehend some of their own teaching practices, particularly in what concerns their attitudes towards the students, and the proposition of some types of school activities. Many of these reflections emerged from a formative process unforeseen by the program, made possible by what was called in this research backward inverted symmetry. Considering the relations with their tutor and the experience of some activities, notably the examinations, the studentteachers observed and learned what they should not do in the classroom due to the low or inadequate formative potential of such learning situations, thereby subverting the principle of inverted symmetry, one of the mainstays of the PEC. The analyses carried out revealed that the context under study brought forward latent aspects of the school culture, made explicit specially by the tensions between the role of student and that of teacher, rekindling the issue of the potentialities and expectations about in-service teacher education.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-11-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.