• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2014.tde-09122014-112912
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Campagnucci Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Setton, Maria da Graca Jacintho (Presidente)
Graciano, Mariângela
Teixeira, Inês Assunção de Castro
Título em português
Silêncio dos professores? Uma interpretação sociológica sobre a "ausência" da voz docente no jornalismo educacional
Palavras-chave em português
Educação
Mídia
Ofício docente
Socialização
Resumo em português
Muitos são os agentes presentes hoje na cobertura da imprensa sobre educação: organizações não governamentais, políticos, pesquisadores, empresários. No entanto, constata-se a ausência da opinião dos professores da educação básica, apesar de estes se encontrarem em posição privilegiada para avaliar a execução das políticas educacionais. Esta pesquisa identifica e analisa o silêncio dos professores como uma construção social. Parte da hipótese de que se articulam nesse processo de silenciamento fatores de ordem objetiva e de ordem subjetiva. Como expressão de ordem objetiva, destacam-se o contexto de desvalorização social e econômica do papel do professor, as representações que circulam no imaginário social a respeito da docência e a existência de mecanismos legais, administrativos e burocráticos que tolhem sua liberdade de expressão. Como elementos de ordem subjetiva, salienta-se a dinâmica da identidade profissional docente, construída e assimilada a partir de um panorama de desvalorização e suas percepções sobre seu papel no debate educacional. Buscou-se compreender de que maneira esses fatores se articulam, a partir do aporte das teorias da socialização contemporâneas. Para desenvolver esse argumento, foram coletados dados secundários sobre o professorado e a docência no Brasil em fontes acadêmicas e midiáticas, e realizadas dez entrevistas em profundidade com professores da rede estadual de ensino de São Paulo.
Título em inglês
Silence of teachers? A sociological interpretation on the absent voice of teachers in Education Journalism
Palavras-chave em inglês
Education
Media
Socialization
Teachers
Resumo em inglês
There are many agents whose opinions are present in the current media coverage on education: nongovernmental organizations; politicians; researchers; entrepreneurs. However, one can verify the absent voice of teachers, despite their quite privileged position to evaluate public education policies. This research identifies and analyzes the silence of teachers as a social construction. We start from the hypothesis that both objective and subjective factors interact in this process. Among the objective aspects, we highlight the context of economic and social depreciation of teachers role; the representations which circulate in social imaginary concerning teaching; and the existence of legal, administrative, and bureaucratic mechanisms that restricts their freedom of expression. As for subjective aspects, we emphasize the dynamics of teachers professional identity which is constructed and assimilated from a devaluation context as well as teachers perceptions about their role in the educational debate. In order to understand in which ways the aforementioned factors interact, we relied on the contemporary theories of socialization. To further develop this argument, we collected secondary data about teachers and the act of teaching in Brazil from academic and media sources, and we conducted in-depth interviews with ten teachers within the São Paulo state school system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FERNANDA_CAMPAGNUCCI.pdf (962.75 Kbytes)
Data de Publicação
2014-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.