• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Cláudia Roberta Borsato
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Penteado, Heloisa Dupas de Oliveira (Presidente)
Andrade, Antonio dos Santos
Campos, Elisa Maria Parahyba
Garrido, Elsa
Porto, Tania Maria Esperon
Título em português
Relação escola e família: uma abordagem psicodramática.
Palavras-chave em português
Comunicação escolar
Formação continuada de professores
Metodologia psicodramática de pesquisa
Relação escola e família
Resumo em português
A presente pesquisa tem como objetivo a promoção da compreensão recíproca dos papéis de professores e pais na articulação das relações escola-família, para a qualificação da prática docente em benefício da educação dos alunos. A literatura especializada sobre o tema, bem como as experiências educacionais dessa pesquisadora evidenciam que, na atualidade, escola e família são parceiros não assumidos na vivência do processo ensino-aprendizagem. Professores e pais necessitam participar em conjunto e de maneira colaborativa do processo ensino-aprendizagem, meta a ser alcançada pela educação escolar. É preciso que haja troca de informações sobre o aprendiz e constante diálogo sobre o processo ensino/aprendizagem escolar para a construção de uma nova relação baseada na mobilização de pais e professores pela causa comum: o sucesso dos alunos. O que se encontram ainda hoje, com grande freqüência, são relações burocráticas entre escola e família, em que pais são chamados para reuniões escolares apenas para serem informados dos resultados de avaliação de aprendizado de seus filhos, ocasião em que professores informam e pais desempenham o papel de ouvintes, especialmente quando se trata de população carente e de baixa escolaridade, como é o caso da escola focalizada nesta pesquisa. Além disso, nessas ocasiões, pais e professores responsabilizam-se reciprocamente pelo insucesso escolar da criança. A hipótese de pesquisa é a de que a construção do trabalho conjunto entre professores e pais, a consolidação da parceria escola e família podem gerar superação de atitudes defensivas e acusativas de ambas as partes, dando início a um processo participativo e colaborativo entre as duas instituições, em que a comunicação escola-família resulte em pais bem informados sobre os significados dos procedimentos escolares e em professores dotados de dados sobre seus alunos que lhes possibilitem a construção de uma prática pedagógica adequada aos alunos reais com que trabalham. Para o alcance de tal objetivo realizamos uma pesquisa-ação, utilizando a metodologia psicodramática, em busca de construção e desenvolvimento da parceria entre as duas instituições educativas, escola e família, promovendo desta forma, um processo de formação continuada de professores. Foram realizadas sessões psicodramáticas que obedeceram ao seguinte critério: no momento inicial, formamos dois grupos, de professores e de pais, separadamente para, em momento posterior, reunirmos professores e pais em sessões com um grupo único. Nestes encontros regulares, foram propostos exercícios de introspecção/reflexão, com o objetivo de levar os participantes à dramatização de suas relações e práticas educativas no espaço psicodramático, a fim de refletir na e sobre elas, levando-os a re-significarem a importância desta relação escola/família de forma a poderem atuar para o favorecimento desta. Dentre os resultados, foi possível verificar que a metodologia psicodramática de pesquisa promoveu o exercício da docência reflexiva, criando um espaço de trocas entre os professores, entre professores e pais, e entre a equipe escolar; favoreceu a compreensão e a valorização, tanto dos professores quanto das famílias, da parceria entre escola e família como benefício ao processo de ensino-aprendizagem; deu origem a iniciativas de criação de um espaço de comunicação de experiências pedagógicas entre professores, e entre professores e pais.
Título em inglês
School-family relationship: a psychodramatic approach.
Palavras-chave em inglês
Psychodramatic methodology
Scholar communication
School-family relationship
Teachers' continuous formation
Resumo em inglês
This research aims the promotion of the reciprocal comprehension of the roles displayed by teachers and parents in the school-family relationship enunciations for the qualification of the practical instruction in benefit to the students education. Specialized literature about the topic, as the educational experiences of this researcher, presents that nowadays school and family are not assumed partners during the teaching development process. Teachers and parents need to participate together and collaboratively in this process, as the main goal in behalf of the scholar education. Exchanging information about the pupils and constant conversation about the teaching development process are needed to provide the construction of a new relationship based on the parents and teachers mobilization by the common cause: the students success. It is still frequently noticed the bureaucratic relationships between school and family. Parents are asked to attend to scholar meetings just to be informed about their children evaluation results, developing an auditor role while the teachers simply inform them. It is specially observed when the focused school brings a lower level education context, as the one this study reports. Besides, in these occasions, parents and teachers are reciprocally responsible by the scholar failure of the child. This research hypothesis is that the construction of a joint work between teachers and parents and the consolidation of the school-family partnership can result in a overcome of defensive and accusative attitudes between them, starting a participative and collaborative process between these two institutions, where the school-family communication can produce well-informed parents about the meaning of the scholar procedures and teachers that hold all the data about their real students, enabling the construction of a suitable pedagogical practice to them. To reach this aim, an action-research was performed, making use of the psychodramatic methodology, inquiring the construction and development of the partnership between these two educative institutions school and family - , and also promoting a teachers' continuous formation process. Two psychodramatic sessions were performed and obeyed the following criteria: at the initial moment we formed two groups: teachers and parents separately. The following sessions were, thus, prepared to be with just one group. In these regular meetings, reflection and introspection exercises were proposed with the objective to carry the participants to the dramatization of their relations and educative practices in the psychodramatic space, leading to the reflection on and about them. Also, they were leaded to reestruturate the meaning and importance of the school-family relationship, so that they could start to act on account of it. Among the results, it was possible to check that the psychodramatic methodology of the research promoted the reflexive instruction practice by the creation of a space of exchanging information between teachers, teachers and parents and the school team. It also encouraged the teachers and families comprehension and valorization, as the partnership between school and family as a benefit for the teaching development process. Finally, it guided the creation of a space reserved for the communication of pedagogical experiences between teachers, teachers and parents.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.