• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2014.tde-08122014-145049
Documento
Autor
Nome completo
Ana Claudia Florindo Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Amaral, Monica Guimaraes Teixeira do (Presidente)
Belintane, Claudemir
Reis, Rute Rodrigues dos
Título em português
O rap e o letramento: a construção da identidade e a constituição das subjetividades dos jovens na periferia de São Paulo
Palavras-chave em português
Adolescência e periferia
Análise do discurso
Cultura jovem urbana
Escrita
Leitura
Movimento hip-hop
Oralidade
Processo sócio-histórico
Rap e letramento
Resumo em português
A presente dissertação de mestrado tem como objetivo pesquisar em que medida o rap, música característica do movimento hip-hop, é capaz de possibilitar o processo de letramento de jovens provenientes das classes menos favorecidas, que habitam na periferia de São Paulo, enriquecendo suas experiências linguísticas e subjetivas. A dissertação é o resultado de uma pesquisa-ação realizada na ONG Casa do Zezinho, localizada na região do Capão Redondo, extremo sul da cidade de São Paulo, com jovens entre 13 e 15 anos, regularmente matriculados em escolas públicas do entorno. O trabalho empírico desenvolvido, por meio de oficinas, privilegiou a interdiscursividade do rap para discutir as desigualdades sociais e raciais, às quais está submetida uma importante parcela da população, a fim de analisar a construção da identidade dos jovens urbanos, aproximando a cultura de sua comunidade das intervenções propostas como situações de ensino. Buscou-se, ainda, oferecer por meio do rap e toda sua oralidade formular, situações significativas de letramento para que o funcionamento social da linguagem e os conteúdos relacionados à língua pudessem ser compreendidos em suas dimensões discursivas. Tomando como base as letras de rap e a escuta da imagem sonora da palavra, entendemos que a linguagem adotada pelo rap também possibilitou a reinterpretação das experiências vividas na comunidade, ao dar novos significados ao imaginário do adolescente, conferindo à palavra a força da experiência vivida, individual e coletivamente.
Título em inglês
Rap and literacy: the construction of identity and constitution of subjectivity in youth from the periphery neighborhoods of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Adolescents and periphery
Discourse analysis
Hip-hop movement
Orality
Rap and literacy
Reading
Social-historical process
Urban youth culture
Writing
Resumo em inglês
This dissertation aims to investigate the extent to which rap, the characteristic music of the hip-hop movement, is able to facilitate the process of literacy in young people who inhabit the low-income periphery neighborhoods of São Paulo, enriching their linguistic and subjective experiences. The dissertation is a result of research conducted at Casa Zezinho, an NGO located in the Capon Redondo region, in the extreme southern area of the city, with young people between the ages of 13 and 15, enrolled in public schools in its surrounding areas. Through workshops, the empirical work focused on the interdiscursivity of rap to discuss social and racial inequality, to which a significant portion of this population is subjected, in order to analyze the nature in which urban youth construct their identities, using the culture of their communities in the aforementioned workshops as teaching tools. We also attempted to offer, through rap and its utterly oral nature, significant focus on literacy so that the social function of language and the content relating to language could be understood in their discursive dimensions. Using rap lyrics as our basis and listening to the sound image of the words, we understood that the language adopted by rap also allows for a redefinition of the experiences of the community by giving adolescents the chance to imagine the world in a new way, giving the word the force of individually and collectively lived experiences.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.