• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2007.tde-08112007-153859
Documento
Autor
Nome completo
Mical de Melo Marcelino Magalhães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Riolfi, Claudia Rosa (Presidente)
Grigoletto, Marisa
Voltolini, Rinaldo
Título em português
Subjetividade em advir: a construção da metáfora em textos de alunos da escola básica.
Palavras-chave em português
Embriões de Metáfora
Ensino da Escrita
Metáfora
Subjetividade
Resumo em português
A presente pesquisa partiu de minha experiência como professora de Língua Portuguesa, sobretudo no que diz respeito ao ensino da escrita nas turmas de Ensino Fundamental. A partir da compreensão de que a metáfora é um índice de manifestação da subjetividade e da constatação de que este é um recurso lingüístico raramente utilizado pelos alunos, passei a interrogar-me sobre a possibilidade de que outros elementos lingüístico-discursivos (a que chamei de "embriões de metáfora") permitissem supor uma subjetividade latente, com o prognóstico de poder vir a manifestar se pela construção de metáforas criativas. Na existência dessa possibilidade, investiguei se essa "relação privilegiada com a linguagem" poderia significar uma etapa em direção ao bem escrever. Perseguindo estas questões, este trabalho teve como proposta estabelecer correlações entre a produção escrita de alguém e a possibilidade de manifestar-se como sujeito (na concepção de Jacques Lacan), assim como descrever, através da análise de textos escritos pelos alunos, os elementos que possam ser chamados "embriões de metáfora". Parti, então, da hipótese que eles podem vir a tornarem-se metáforas se receberem um cuidadoso investimento daquele que ensina escrever e, nesse sentido, o trabalho propôs-se ainda a auxiliar o professor de língua materna a estabelecer critérios que permitam localizá-los nas produções dos alunos. Dessa forma, além de olhar para os textos como via (ou não) de manifestação subjetiva, proponho uma reflexão acerca das condições de produção de texto no âmbito escolar, sobretudo no que diz respeito ao endereçamento que os mesmos recebem. Para realizar estas análises, parti de um corpus inicial de seiscentos e quarenta e oito redações, das quais quatro figuram nesta dissertação. A seleção destas peças deu-se pelo fato de que cada uma delas é emblemática ao representar quatro "graus" de relação do indivíduo que escreve com a linguagem. A análise destes textos, articulada com alguns conceitos da teoria lacaniana, permitiu-me, à título de conclusão deste trabalho, postular que as relações estabelecidas entre aquele que ensina a escrever e aquele que escreve precisam estar calcadas na permeabilidade daquele que ensina às singularidades de quem escreve, de modo que as aulas de Língua Portuguesa constituam espaços para que os sujeitos possam ousar manifestar sua diferença e responsabilizar-se por ela.
Título em inglês
On going subjetivation: metaphor's construction on basic school student's text.
Palavras-chave em inglês
Metaphor
Metaphor Embryos
Subjectivity
Writing Teaching
Resumo em inglês
This research has started from my experience as Portuguese Language teacher, especially concerning the teaching of writing in elementary school. With the understanding that metaphor is a sign of manifestation of subjectivity, and noticing that this is a linguistic resource seldom used by the students, I began to ask myself about the possibility that other linguistic/discoursive elements would make me suppose a latent subjectivity (called by me "metaphor embryo"), which would be able to manifest itself in the construction of creative metaphors. As this possibility really exists, I investigated whether this "privileged relationship to language" could mean a stage towards good writing. In pursuing these questions, this work had as its main goal to establish correlations between one's written production and his/her possibility of manifestation as a subject (in Jacques Lacan's conception), as well as to describe, through the analysis of texts written by the students, the elements which could be named "metaphor embryos". Starting from the hypothesis that these embryos can become metaphors if receive a careful treatment from the person who teaches writing, this work has also the goal of helping the mother language teacher in establishing criteria to find them in the students' compositions. In so doing, besides looking to the text as a way of subjective manifestation, I proppose a reflection on the text producing conditions in school environment. In order to make these analyses, I started from a corpus of six hundred forty-eight compositions, of which four figure in this dissertation. The choosing of these texts was due to the fact that each one of them is emblematic in representing four "degrees" of the relationship between the person who writes and the language. Articulating the analysis of these texts with some concepts of Lacan's theory, I postulate, as a conclusion, that the relationships established between the one who teaches to write and the one who writes need to be focused on the teacher's "permeability" to the student's singularities, in such a way that the Portuguese Language classes become spaces for the subjects to dare to manifest their difference and be responsible for it.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Capaeresumo.pdf (36.32 Kbytes)
Dissertacao.pdf (1.02 Mbytes)
Data de Publicação
2007-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.