• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Flander de Almeida Calixto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Mrech, Leny Magalhaes (Presidente)
Gadotti, Moacir
Novais, Gercina Santana
Riolfi, Claudia Rosa
Romão, José Eustáquio
Título em português
A palavra em Paulo Freire e a palavra em Jacques Lacan.
Palavras-chave em português
Educação
Jacques Lacan
Linguagem
Palavra
Paulo Freire
Psicanálise
Resumo em português
O presente trabalho pretende estabelecer comparações entre a palavra em Paulo Freire e a palavra em Jacques Lacan, baseando-se nos conceitos de palavra plena e palavra vazia, em Lacan, e de palavra oca e palavra verdadeira, em Freire. Um dos objetivos deste trabalho foi tentar delinear possíveis aproximações entre as duas obras, pela comparação de pontos que surgiram na discussão das idéias de cada autor. Os procedimentos metodológicos e técnicooperacionais utilizados para a construção teórica e o estudo documental da pesquisa se pautaram em procedimentos voltados para a pesquisa bibliográfica, na qual, se tentou estabelecer um diálogo entre textos publicados desses autores. Foram utilizadas também outras fontes de pesquisa, tais como vídeos, entrevistas e documentários, constituindo-se nas fontes primárias e secundárias de investigação. O trabalho de pesquisa possibilitou-nos vivenciar que a pesquisa em Psicanálise apresenta um caráter qualitativo primordial que enfatiza a dimensão da subjetividade. Destacamos que as aproximações tentadas surgiram a partir de leituras do pesquisador, um processo investigativo cujo eixo residiu na concepção psicanalítica lacaniana, em que o método é construído pelo pesquisador a cada passo e não se busca a totalidade de compreensão do fenômeno, pois se acredita que há sempre um resto que fica e que jamais poderá ser apreendido pela pesquisa e pelo pesquisador. Ao aproximar a palavra em Freire e a palavra em Lacan constata-se que são conceitualmente distintas ao considerar-se o eixo epistemológico que as originou. Todavia, a utilização do pensamento freudo-lacaniano possibilitou encontrar os conceitos que permitiram perceber, na maneira freiriana de vincular a palavra ao sujeito (a começar do próprio Freire), o inconsciente de modo sutil atuando desde o discurso ao ato de palavra: um invento de práxis.
Título em inglês
The word in Paulo Freire and the word in Jacques Lacan.
Palavras-chave em inglês
Jacques Lacan
Language
Paulo Freire
Psychoanalysis Education
Resumo em inglês
The aim of this paper is to establish comparisons between the word in Paulo Freire and the word in Jacques Lacan, based on the concepts of the full word and the empty word in Lacan, and the hollow word and true word in Freire. One of the approaches used to fulfill this aim was to try to outline possible similarities in the works of these two writers by comparing the points that arose while debating each author's ideas. The methodological and techno-operational procedures used for the theoretical construction of this paper and for its documental study were regulated by procedures related to its bibliographical research, which tried to establish a dialogue between texts published by these two authors. Other research sources have been used as well, such as videos, interviews and research documentaries. Research in the field of Psychoanalysis presented a clear view of the subjective element always involved in the word. My work emphasizes the fact that tentative comparisons arose from my apropos reading; an investigative process whose axis resides in the lacanian psychoanalytic conception in which total methodology is built step by step by the researcher step by step and does not seek the total comprehension of the phenomenon, because it is believed that there is always a little remainder of meaning that can never be apprehended by the researcher no mater what research methods are used. When comparing the "word" in Freire and the "word" in Lacan, we see that it is conceptually different because it arises from a different epistemological origin. However, Freudian-Lacanian thought patterns considering similar concepts can be found liking the word to its subject as Freire, him self also did, an invention that arose from praxis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ComecoTese.pdf (89.91 Kbytes)
Tese.pdf (4.61 Mbytes)
Data de Publicação
2007-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.