• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2018.tde-08052018-130101
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Dias Sacco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Lajonquière, Leandro de (Presidente)
Batista, Douglas Emiliano
Catani, Denice Barbara
Diniz, Margareth
Revah, Daniel
Título em português
Para uma etiologia da renúncia ao professar: alguns apanhados da corte ao neoliberalismo no Brasil
Palavras-chave em português
Adoecimento docente,Teoria psicanalítica
Desejo
História da educação
Renúncia
Resumo em português
Quase ninguém ousa discordar que a vida profissional do professor de educação básica no Brasil seja tarefa desprestigiada, mal remunerada e que não haja condições físicas mínimas necessárias e, por outro lado, que não seja requisitado grande investimento pessoal, pelo fato do ato professoral depender primordialmente de uma espécie de "dom". Todavia, a escola e a figura do professor não passam de meras criações humanas, assim como as imagens das condições de mal-estar em que o professor trabalha também as são; embora termo-nos acostumado a esquecer que assim sejam. As imagens habitam o seio de um discurso consolidado como verdade sobre a profissão do mestre, mas que, nem por isso, funciona a despeito da estipulação de posições discursivas ou de definições de conceitos. Isto é, não é isento de um programa de qualificação e desqualificação do outro. Em outras palavras, enquanto alguns professores adoecem dando aulas, outros se curam; enquanto alguns se afastam da precariedade das condições escolares, outros se enunciam pela e na transposição delas. O que realoca a pesquisa sobre renúncia professoral para além do discurso hegemônico de toda sorte de precariedades e desprestígios da escola ou mesmo da existência material de um mal-estar propriamente docente, que vija exclusivamente durante o professorar e que, portanto, seja passível de cura. Deste modo, questionar as causas das diferentes formas de renúncia dos professores de educação básica, de início, implica no rompimento do atendimento à demanda de uma lógica cartesiana, que justamente por se dirigir pelo apontamento de uma instância conclusiva da renúncia, se desvia de uma investigação etiológica. Com essa pretensão, o(a) convido à leitura do presente trabalho que propõe novas formas de escuta de certa interpretação da Psicanálise sobre alguns registros históricos consolidados da educação básica brasileira ao longo de sua história. Trata-se da procura de subsídios marginais, porém reveladores, para saber mais sobre quais condições contribuem e contribuíram para que a maioria dos sujeitos que ainda hoje procuram a formação de professores para o ensino fundamental não assumam um lugar para exercer sua profissão.
Título em inglês
For a etiology of renunciation when professing: some traces since the corte imperial to neoliberalism in Brazil
Palavras-chave em inglês
Desire
History of education
Psychoanalytic history
Resignation
Teacher disease
Resumo em inglês
Almost no one dares to disagree that the professional life of the teacher of basic education in Brazil is a discredited task, poorly remunerated and that there are no minimum physical conditions necessary and, on the other hand, that no big personal investment is required, because the teacher act depends primarily of a kind of "gift". However, the school and the figure of the teacher are nothing more than mere human creations, just as the images of the conditions of malaise in which the teacher works are also the same; though we have become accustomed to forget that they are so. The images inhabit the heart of a discourse consolidated as truth about the master's profession, but which, nevertheless, works in spite of the stipulation of discursive positions or definitions of concepts. That is, it is not exempt from one program of qualification and disqualification from the other. In other words, while some teachers get sick teaching, others heal; while some stray from the precariousness of school conditions, others are enunciated by and in their transposition. This reallocates the research on teacher renunciation beyond the hegemonic discourse of all sorts of precarious of the school or even of the material existence of a malady properly teaching, that only exists during the teacher and that, therefore, it is possible of cure. In this way, to question the causes of the different forms of renunciation of the basic education teachers, in the beginning, implies the disruption of the attendance to the demand of a Cartesian logic, that to be directed by the pointing of a conclusive instance of the resignation, deviates from a investigation. In this sense, I invite you to read the present work, which proposes new ways of listening to a certain interpretation of Psychoanalysis about some of the consolidated historical records of Brazilian basic education throughout its history. It is the search for marginal, but revealing, subsidies to learn more about what conditions contribute and have contributed to the fact that the majority of those who are still seeking teacher training for elementary education do not have a place to practice their profession.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.