• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Simone dos Santos Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Braga, Elizabeth dos Santos (Presidente)
Moraes, Teresa Cristina Rebolho Rego de
Prado, Guilherme do Val Toledo
Título em português
Por que os professores permanecem na profissão? Trajetórias de professores do ensino fundamental da rede municipal de São Paulo
Palavras-chave em português
Evasão docente
Formação de professores
Permanência na docência
Perspectiva histórico-cultural
Trajetória de vida
Resumo em português
Pesquisas têm apontado um grande número de professores que exoneram de seus cargos e desistem da profissão; outras refletem ainda sobre o baixo número de ingressantes na carreira docente. Em meio a tanta evasão docente, em especial nas escolas públicas brasileiras, indagamos neste trabalho: por que o professor se perpetua na profissão? A presente pesquisa visa compreender os elementos constitutivos no ingresso e na permanência na carreira, ainda que com todas as adversidades da crise educacional enfrentada. Nesse sentido, considerando os pressupostos da perspectiva histórico-cultural, intencionamos desvelar e analisar indícios da constituição do sujeito ao longo de sua trajetória de vida buscando conhecer seu percurso escolar e as relações estabelecidas em diversos ambientes, com os outros e consigo mesmo. A pesquisa foi desenvolvida com dois sujeitos da rede educacional do Município de São Paulo, por meio de entrevistas semiestruturadas, com contribuições da História Oral. Com foco no ingresso e na permanência no magistério, nossas análises apontam que esses docentes permaneceram na profissão: i. devido à paixão pela disciplina ensinada; ii. para que os estudantes se reconhecessem enquanto ser histórico, geográfico e social; iii. por seu engajamento político, sendo que a profissão possibilita o processo de transformação que desejam para a nação; iv. pelas (re)significações das relações estabelecidas na escola; v. pela estabilidade do cargo público, entre outros elementos. Percebe-se ainda que, além dos elementos que facilitaram a permanência, destacou-se o modo como se mantiveram, no drama, entre os sonhos e as pedras, entre o pretendido e o realizado, entre o pessoal e o social, entre o ideal e o concreto.
Título em inglês
Why do teachers stay in the profession? Trajectories of elementary school teachers in the municipal network of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Historicalcultural perspective
Lifes trajectory
Permanence in teaching
Teacher dropout
Teacher training
Resumo em inglês
Researchers have pointed out a large number of teachers who exonerate their positions and give up their profession; others reflect on the low numbers of new entries in the teaching career. Among such teaching evasion in Brazilian public schools, we ask, in this work, why does the teacher perpetuate in the profession? The current research aims at understanding the constituent elements of admission and career continuation, albeit with all the adversities faced by the "educational crisis". In this sense, considering the assumptions in the historical-cultural perspective, we aim to unveil and to analyze evidences of the subject's constitution throughout their lifes trajectory, seeking to know their education history and the relations established in different environments, with others and with themselves. The research was carried out on two teachers of the educational system of the city of São Paulo, through semi-structured interviews, with Oral History contributions. Focusing on the entry and permanence in the teaching career our analyses indicate that these teachers remain in the profession: i. For the passion for the discipline taught; ii. So that students would perceive themselves as historical, geographic and social beings; iii. For their political engagement, in which the profession is consistent with the process of transformation they desire for the nation; iv. (Re)significations of the relationships established in school; v. For the career stability in the public sector, among other elements. It was also noticed that, in addition to the elements that facilitated the permanence, it was highlighted the way in which they remained drama between the dreams and the stones, between the intended and the realized, between the personal and the social, between the ideal and the concrete.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.