• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2016.tde-06102016-144606
Documento
Autor
Nome completo
Ana Luiza Bernardo Guimarães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Cacete, Nuria Hanglei (Presidente)
Frade, Isabela Nascimento
Iavelberg, Rosa
Machado, Nilson Jose
Mattar, Sumaya
Título em português
Atravessamentos: a construção da identidade profissional em um curso de formação de professores de Artes Visuais
Palavras-chave em português
Experiência
Formação de professores em artes visuais
Identidade docente
Resumo em português
A investigação, de abordagem qualitativa, consiste em um estudo de caso, cujo escopo fundamenta-se na análise de como as experiências vivenciadas pelos estudantes em um Curso de Formação Inicial de Professores Licenciatura em Artes Visuais (LAV), em uma Instituição de Ensino Superior Privada no interior do Estado de São Paulo são constitutivas da identificação profissional docente. Parte-se da hipótese de que no desenvolvimento da identidade docente também compreendida como o processo de identificação com a profissão escolhida: professor de Artes Visuais as experiências vivenciadas pelos licenciandos durante o itinerário formativo inicial (a graduação) terminam por criar brechas de ruptura com as crenças e as representações cristalizadas da docência (com as quais os estudantes adentram a Licenciatura), possibilitando a assunção de outros modos de ser e de estar na profissão. Para tanto, fez-se necessária uma compreensão mais ampla dos sentidos que os discentes manifestam sobre seu percurso formativo, com base em três eixos fundamentais (a) as representações da docência, (b) os saberes docentes, e (c) da experiência como reflexão e transformação de si e da profissão de professor resgatando-se como referencial teórico sobre a identidade profissional, os estudos de Nóvoa (1995) e Garcia (1999; 2009). Para a coleta de dados, foram adotados os seguintes procedimentos: análise de documentos, questionário e entrevista semiestruturada. E os procedimentos de análise foram alicerçados pelos pressupostos da Análise de Conteúdo (BARDIN, 1977). Os caminhos escolhidos possibilitaram caracterizar e analisar o conjunto das representações, intenções, ações e práticas que os estudantes desenvolveram ao longo do seu processo de formação profissional, bem como a relação entre os saberes da experiência, do conhecimento pedagógico e do conhecimento específico em Artes Visuais como dimensões fundamentais à construção da identidade profissional do professor e de uma formação inicial de professores que se paute pela atribuição de sentidos ao longo do seu itinerário formativo. Entretanto, a análise dos dados também evidenciou que a formação desses professores vem sendo conduzida por uma epistemologia dos saberes das disciplinas (NÓVOA, 1999), em que os saberes específicos das Artes Visuais enquanto um saber fazer são priorizados em detrimento aos saberes pedagógicos e aos saberes da experiência; além de colocarem a formação docente em um patamar menor, as análises demonstraram a dificuldade desta formação inicial em promover a articulação efetiva entre teoria e prática. Por fim, o estudo confere visibilidade à urgência dos cursos de formação inicial de professores em Artes Visuais atentarem para as experiências formativas e simbólicas e para as representações sociais que constituem a identidade profissional dos licenciandos, criando mecanismos de articulação entre teoria, prática e experiência e de outros modos de ser/estar na profissão e na própria vida.
Título em inglês
The construction of professional identity on a visual arts teacher training course
Palavras-chave em inglês
Experience
Reflective teacher
Teacher identity
Visual arts teachers formation
Resumo em inglês
The research, of qualitative approach, consists of a case study, whose scope is based on the analysis of how the experiences of the students in an Initial Teacher Training Course Degree in Visual Arts in a private Higher Education Institution in São Paulo State are constitutive of the teaching professional identity. It starts with the hypothesis that the development of teacher identity also understood as the process of approximation and identification with the chosen profession: Visual Arts teacher the experiences of the licensees during the initial formation process (graduation) end up creating gaps in the beliefs and crystallized representations of teaching (with which students step into the Degree), enabling other ways of being and living in the profession. For this purpose, it was necessary a broader understanding of the way the students express their training, based on three fundamental pillars: (a) the representations of teaching, (b) the teaching knowledge and (c) the experience as reflection and transformation of themselves and of teaching, rescuing, as a theoretical framework on the professional identity, the works by Nóvoa (1995) and Garcia (1999; 2009). The data collection procedures, the questionnaire, and the semi-structured interview were adopted for the analysis of documents. The testing procedures, in turn, were grounded by the assumptions of Content Analysis (BARDIN, 1977). The chosen paths allow to characterize and analyze the set of representations, intentions, actions and practices that students develop throughout their training process as well as the relationship between the knowledge of experience, pedagogical knowledge and specific knowledge in Visual Arts as fundamental dimensions to the construction of the teachers professional identity and the initial training of teachers to be guided by assigning meanings throughout their formative itinerary. However, the data analysis also showed that the formation of these teachers has been conducted by an epistemology of knowledge of the subjects (NÓVOA, 1999), in which specific knowledge of Visual Arts as a know-how are prioritized over the pedagogical knowledge and the knowledge from experience; besides getting teachers training at a lower level, the analysis showed the difficulty of this initial training to promote effective coordination between theory and practice. Finally, the study gives visibility to the urgency of the initial training courses for Visual Arts teachers to observe the formative and symbolic experiences and the social representations that constitute the professional identity of undergraduates, creating mechanisms of articulation between theory, practice and experience and other ways of being / living in the profession and in life itself.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-11-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.