• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2006.tde-05122007-090652
Documento
Autor
Nome completo
Dora Henrique da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Soares, Maria Victoria de Mesquita Benevides (Presidente)
Braga, Roberto Saturnino
Bruno, Lucia Emilia Nuevo Barreto
Paulani, Leda Maria
Silva, Marco Aurélio Nogueira de Oliveira e
Título em português
O pensar e o repensar sobre o desenvolvimento.
Palavras-chave em português
Desenvolvimento
Pensar
Repensar
Resumo em português
O presente trabalho - O Pensar e o Repensar sobre o Desenvolvimento - parte da premissa de que estamos submersos num modelo societário que é predatório e que, se por um lado, cria enorme quantidade de bens, por outro, o faz as expensas do agravamento das desigualdades sociais. Este trabalho se alicerça na "crença" de que esse quadro de desigualdades não poderá ser superado com a lógica que comanda o capitalismo. Vivemos num mundo controlado, ainda de forma firme, pelo capital, numa era de promessas que não podem ser cumpridas e que, em conseqüência, vem criando esperanças cada vez mais frustradas. Torna-se, então, imperativo abandonar a lógica do capital e adotar uma outra lógica - a do trabalho, para a partir dela, pensar numa outra Totalidade. Esta totalidade deverá ser construída definindo-se diferente relação de produção e, conseqüentemente, criando novas relações humanas, articuladas com outras premissas; relações que definam "riqueza", "necessidades", "valor" e "utilidade" de forma diferentes das consagradas pelo capital. Há, então, que se buscar um outro paradigma no qual o surgimento de uma nova ética permitirá uma outra regulação nas relações entre os homens, e entre estes e a natureza. Para a construção dessa outra Totalidade é absolutamente indispensável o fortalecimento da democracia - tomada como estratégia e não como tática. É no processo democrático, construído no dia a dia, sabendo-o, portanto, como processo interminável, que se poderá construir uma Totalidade de superação do capitalismo. Com novos valores e outro enfoque sobre o trabalho, há que se definir novas concepções para educação. Uma educação que pense o homem como criador, como produtor de sua própria vida criativa. Isso posto, não haveria mais lugar para uma educação utilitária, com discurso de qualificação - cuja função explícita é, inclusive, desprovida de veracidade. Não mais uma educação que pense o homem como produtor e como consumidor. Produtor sim, mas não de "riqueza"; de sua própria vida criativa.
Título em inglês
The Thinking and Rethinking on the Development.
Palavras-chave em inglês
Development
Rethinking
Thinking
Resumo em inglês
The present study - The Thinking and Rethinking on the Development - presumes that we are surrendered to a society model that is predatory. Although this society model creates an enormous amount of goods, it does that at the expense of intensifying social inequality. This study is based on the 'belief' that this inequality cannot be surpassed if the current logic that rules capitalism prevails. We live in a world yet decisively controlled by capitalism, by capital; in an era of promises that cannot be fulfilled, bringing about, as a consequence, increasingly frustrated hope. In this milieu, it is imperative to refuse capital logic and adopt a new one: the labor logic, from which it is possible to foresee another Totality. This totality must be built as a different relation of production, creating, therefore, new human relations, related with distinct premises; relations that will define "wealth", "need", "value" and "utility" in different ways than those ascribed by capital. It is urged, then, to look for another paradigm, in which the advent of new Ethics will allow a regulation of new type in the relation amongst human beings, and between them and the nature.The emergence of this distinct Totality requires the strengthening of democracy - taken as strategy and not as tactics. It will be in this democratic process, created on daily basis - therefore considered as an ongoing process - that a Totality for the capital suppression may be built. Along with new values and another viewpoint on labor, new education concepts must be defined; those that consider the human being as the creator, the producer of his/her creative life. Taking this notion in consideration, there would be no more room for a utilitarian education perspective, with its qualification speech - whose explicit objective is misleading. There will be no room for an education that looks at the human being as producer and consumer of goods and services. Indeed a producer of his own creative life, and not of "wealth".
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseDoraHenrique.pdf (656.02 Kbytes)
Data de Publicação
2007-12-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.