• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2018.tde-05112018-171258
Documento
Autor
Nome completo
Jéssica Munhoz Araujo Braz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bauer, Adriana (Presidente)
Lastória, Andrea Coelho
Mainardes, Jefferson
Título em português
Práticas de diferenciação pedagógica na rede municipal de São Paulo
Palavras-chave em português
diferenciação pedagógica; pedagogia diferenciada; ciclo de alfabetização; diferenciação do ensino; práticas diferenciadas de ensino
Resumo em português
Esta pesquisa tem como objetivo analisar práticas de diferenciação pedagógica em escolas da rede municipal de educação de São Paulo. O conceito de diferenciação pedagógica emerge com a problemática do fracasso escolar, decorrente da universalização do ensino público. Neste trabalho, a partir da delimitação e discussão do conceito de diferenciação pedagógica, busca-se identificar a presença de ações diferenciadas de ensino em instituições da rede municipal de São Paulo, procurando-se responder às seguintes questões: qual é a característica das ações desenvolvidas e qual é o entendimento que os docentes têm acerca do conceito de diferenciação pedagógica? De que forma este entendimento se reflete nas práticas em sala de aula? Para responder a estas questões, procedeu-se à revisão de literatura sobre a temática da diferenciação pedagógica, bem como coletaram-se informações sobre a realidade empírica por meio da aplicação de 102 questionários, 4 entrevistas e observações in loco em 12 salas de aula de uma escola da Zona Leste de São Paulo. O estudo focalizou o trabalho dos professores do ciclo de alfabetização composto pelos 1ºs, 2ºs e 3ºs anos do Ensino Fundamental no componente de Língua Portuguesa. Os resultados obtidos mostraram que os docentes afirmam realizar práticas de diferenciação pedagógica com seus alunos; porém, os dados empíricos mostraram que as práticas, relatadas e observadas, não se coadunam com os princípios preconizados por autores que discutem a temática, como Perrenoud, Roldão, Tomlinsom, Pacheco entre outros. Além disso, observou-se que, ainda que documentos curriculares oficiais, produzidos nos âmbitos federal, estadual e municipal, remetam a princípios de diferenciação pedagógica, não são encontradas referências diretas a esse conceito.
Título em inglês
Differentiated pedagogical practices in municipal schools in São Paulo
Palavras-chave em inglês
pedagogical differentiation; differentiated pedagogy; literacy cycle; differentiation of teaching; differentiated teaching practices
Resumo em inglês
This research aims to analyze practices of pedagogical differentiation in schools of the municipal education network of São Paulo. The concept of pedagogical differentiation emerges with the problem of school failure, resulting from the universalization of public education. In this work, from the delimitation and discussion of the concept of pedagogical differentiation, we seek to identify the presence of differentiated teaching actions in institutions of the municipal network of São Paulo, seeking to answer the following questions: what is the characteristic of the actions developed and what is the understanding that teachers have about the concept of pedagogical differentiation? How is this understanding reflected in classroom practices? In order to answer these questions, a literature review on the subject of pedagogical differentiation was carried out, as well as information on the empirical reality through the application of 102 questionnaires, 4 interviews and on-site observations in 12 classrooms of one school in the East Zone of São Paulo. The study focused on the work of the teachers of the literacy cycle - composed of the 1st, 2nd and 3rd years of elementary education - in the Portuguese Language component. The results showed that the teachers affirm the practice of pedagogical differentiation with their students; however, the empirical data showed that the practices, reported and observed, are not in line with the principles advocated by authors who discuss the subject, such as Perrenoud, Roldão, Tomlinsom, Pacheco and others. In addition, it was observed that, although official curricular documents produced at the federal, state and municipal levels refer to principles of pedagogical differentiation, no direct references to this concept are found.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.