• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2018.tde-05112018-160155
Documento
Autor
Nome completo
Roberta Crivorncica
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Boto, Carlota Josefina Malta Cardozo dos Reis (Presidente)
Almeida, Vanessa Sievers de
Custódio, Crislei de Oliveira
Dominguez, Hamilton Piva
Pagotto-Euzebio, Marcos Sidnei
Título em português
As narrativas da Vida do Espírito e educação em Hannah Arendt
Palavras-chave em português
Narrativa; Educação; Filosofia; Ética; Amor; Hannah Arendt
Resumo em português
O escopo desta pesquisa de doutorado é examinar as narrativas que Hannah Arendt elabora em A vida do espírito (1992). A partir dessas narrativas, busca-se pensar e dar significado a cada atividade das faculdades do espírito e de compreender a relação de cada uma delas com o âmbito da política, do viver junto uns aos outros. Para tal análise, tem-se por fio condutor os eventos que a autora vivencia durante o totalitarismo, um acontecimento central no mundo e que desencadeia em Arendt o desejo de compreender e de se reconciliar com este mundo. Tal aspiração leva Arendt a se direcionar para as atividades do espírito, isto é, para as faculdades do pensar, do querer e do julgar; e também, da compreensão dessas faculdades em relação ao domínio público, o espaço da política e da pluralidade humana. Para compreender as três faculdades do espírito, a autora destaca da história da filosofia três filósofos não profissionais que se relacionaram com o mundo em que viveram, manifestando um cuidado com o mundo e com a pluralidade humana. Quer dizer, são três modelos que servem como exemplo do entrelaçamento para aquilo que Arendt investiga: a relação entre as faculdades do espírito e o âmbito da política. Por fim, esta pesquisa apresenta uma possibilidade de pensar a educação das faculdades do espírito para um cuidado do mundo. Isso quer dizer: uma educação que acolhe os recém-chegados no mundo e se responsabiliza por eles. Uma educação como tentativa de despertar o desejo de tais alunos de se relacionar neste mundo e de pertencer a ele. Visto que este é o local em que, futuramente, este novo chegante por nascimento será inserido e no qual a tríade das faculdades do espírito - pensar-querer-julgar - será fundamental para que seja possível a manutenção e preservação do mundo para as futuras gerações.
Título em inglês
The narratives of the Life of the Mind and Education in Hannah Arendt
Palavras-chave em inglês
Narrative; Education; Philosophy; Ethic; Love; Hannah Arendt
Resumo em inglês
The aim of this doctoral research is to examine the narratives that Hannah Arendt sets out on The Life of the Mind (1992). From these narratives, we try to think and give meaning to each with perspective of politically living together with others. For this analysis, we have to thread the events that the author experiences during totalitarianism, a central event in the world and sets off on Arendt's desire to understand and be in harmony with this world. Such an aspiration lead Arendt to direct herself to the activities of the mind, in the same way, to the faculties of thinking, of will, and of judging; and also the understanding of these faculties in relation to the public domain, the space of politics and human plurality. For a deeper understanding and a greater perception of the three mind faculties, the author highlights from the history of philosophy, three philosophers non-professionals For whom the world, they lived in, was related to. Equally important, is the theory of expressing care for the world and for human plurality. Consequently, there are three models served as an example of intertwining for what Arendt investigates: the relationship between the faculties of the mind and the scope of politics Accordingly, this research presents a possibility of thinking the education of mind faculties for a care of the world. This means: an education that welcomes newcomers to the world and takes responsibility for them. Education as an attempt to awaken the desire of such students to relate to and belong to this world. Since this is the place where, in the future, this new arrival by birth will be inserted and in which the triad of the faculties of the mind: think, will and judge; - will be essential if the world is to be maintained and preserved for future generations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.