• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2006.tde-05062007-113724
Documento
Autor
Nome completo
Alberto Samuel Milkewitz Trzonowicz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Fischmann, Roseli (Presidente)
Alves, Zelia Maria Mendes Biasoli
Cytrynowicz, Roney
Título em português
Ledor vador: construindo identidades judaicas de geração em geração (estudo exploratório de casos de famílias e escolas judaicas em S. Paulo)
Palavras-chave em português
Acolhimento
Continuidade
Diversidade
Educação judaica
Entrelaçamento
Escolha
Identidade coletiva
Identidade judaica
Judaísmo
Silêncio
Resumo em português
A questão a que esta pesquisa se propõe a responder é: como age a educação para a continuidade judaica? A explicitação do problema envolve perguntas entrelaçadas, como: o que se une pela educação, na família e na escola, e faz se manter parte do mesmo coletivo a tantos judeus de orientações religiosas e culturais tão diferentes? Como se dá esse processo do ponto de vista geracional? O que compartilham, como elementos comuns, escolas que são diferentes em sua religiosidade e em sua proposta educativa, sendo todas igualmente judaicas? Assim, o objetivo é encontrar pistas que levem à compreensão da presença da educação, como praticada por famílias e por escolas, na continuidade do Judaísmo, tomando estudos de casos em São Paulo, na época contemporânea. A hipótese é que a educação age para a continuidade judaica entrelaçando identidades individuais e coletivas, sendo que ambas se compõem, do ponto de vista sócio-cultural, nas famílias e nas escolas, por gerações. Do ponto de vista conceitual, apóia-se principalmente em estudos sobre identidades coletivas, desenvolvidos por Manuel Castells, e estudos sobre a diversidade de identidades judaicas coletivas, realizados por Herbert Kelman. Tendo em vista o escopo de dissertação de mestrado e o caráter inovador da proposta, tem caráter de estudo exploratório, buscando encontrar novas questões ou hipóteses que permitam aprofundamento posterior. Vale-se da metodologia de estudo de casos, procurando analisar como se entrelaçam, em sua riqueza e complexidade, famílias judaicas que vivem em São Paulo, com escolas judaicas paulistas que têm sido objeto de reiterada e consistente escolha dessas famílias, por gerações. As escolas estudadas são: Renascença, Bialik, Peretz e Yavne. Assim, o ponto de partida para composição dos casos são essas quatro escolas judaicas de São Paulo, escolhidas como base empírica mediante critérios previamente definidos, e, a partir de cada escola, três gerações de uma mesma família que ali estudaram, identificadas pela direção de cada escola, procurando compreender a temática da continuidade, pela escolha repetida, em diferentes gerações, de uma mesma família, por determinada escola. Este trabalho situa-se assim, do ponto de vista teórico, na confluência das temáticas da identidade, da educação e do judaísmo, delimitado o campo empírico em escolas de São Paulo, ao longo do século XX e início do século XXI. O trabalho não se volta para a busca de soluções ou alternativas para as escolas judaicas, nem a quantificação, a generalização e a classificação, tampouco visa desenvolver um estudo histórico, mas simplesmente procura obter uma melhor compreensão da continuidade judaica, tal como se manifesta em determinadas escolas e determinadas famílias, por gerações, voltando-se, portanto, para as identidades judaicas, em sua dinâmica e relações.
Título em espanhol
Ledor vador: Construyendo identidades judías de generación en generación (estudio explorativo de casos de famílias y escuelas judías en S. Paulo)
Palavras-chave em espanhol
Acogimiento
Continuidad
Diversidad
Educación judía
Elección
Entrelazamiento
Identidad colectiva
Identidad judía
Judaísmo
Silencio
Resumo em espanhol
La pregunta a la cual esta investigación se propone responder es: ¿cmo actua la educación para la continuidad judía? La explicitación del problema envuelve preguntas entrelazadas, como: ¿que es lo que se une por la educación, en la família y en la escuela, y que hace mantenerse como parte del mismo colectivo a tantos judios de orientaciones religiosas y culturales tan diferentes? ¿cómo se da ese proceso desde el punto de vista generacional? Que compartem, como elementos comunes, escuelas que son diferentes en su religiosidad y en su propuesta educativa, siendo todas igualmente judias? Así, el objetivo es encontrar pistas que lleven a la comprensión de la presencia de la educación, como es praticada por las famílias y por las escuelas, en la continuidad del Judaíímo, tomando para ello estudios de casos en San Pablo, en la época contemporánea. La hipótesis es que la educación actua para la continuidad judía entrelazando identidades individuales y colectivas, siendo que ambas se componen, desde el punto de vista socio-cultural, en las famílias y en las escuelas, por generaciones. Desde el punto de vista conceptual, se apoya principalmente en estudios sobre identidades colectivas, desarrollados por Manuel Castells, y estudios sobre la diversidad de identidades judías colectivas, realizados por Herbert Kelman. Teniendo en vista el propósito de la disertación de maestrado y del carácter innovador, la propuesta tiene cuño de estudio explorativo, buscando encontrar nuevas cuestiones o hipótesis que permitan una profundización posterior. Es utilizada la metodología de estudio de casos, buscando analizar como se entrelazan, en su riqueza y complejidad, famílias judías que viven en San Pablo, con escuelas judías paulistas que han sido objeto de reiterada y consistente elección por esas famílias, durante generaciones. Las escuelas estudiadas son: Renascimiento, Bialik, Peretz e Yavne. Asi, el punto de partida para la composición de los casos son esas cuatro escuelas judías de San Pablo, elegidas como base empírica mediante critérios previamente definidos, y a partir de cada escuela, tres generaciones de una misma família que alli estudiaron, identificadas por la dirección de cada escuela, buscando comprender la tematica de la continuidad, por la elección repetida, en diferentes generaciones, de una misma família, por determinada escuela. Este trabajo se sitúa asi, desde el punto de vista teórico, en la confluencia de las tematicas de la identidad, de la educación y del judaísmo, delimitando el campo empírico en escuelas de San Pablo, a lo largo del siglo XX e início del siglo XXI. El trabajo no se dirige a la busqueda de soluciones o alternativas para las escuelas judías, ni a la cuantificación, la generalización y la clasificación, tampoco trata de desarrollar un estudio histórico, sino simplemente intenta obtener una mejor comprensión de la continuidad judía, tal como se manifiesta en determinadas escuelas y determinadas famílias, por generaciones, dirigiendose, por tanto, a las identidades judías, en su dinámica y sus relaciones.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-07-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.