• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2006.tde-04122007-164859
Documento
Autor
Nome completo
Debora Cristina Jeffrey
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Sousa, Sandra Maria Zakia Lian (Presidente)
Arelaro, Lisete Regina Gomes
Barretto, Elba Siqueira de Sa
Freitas, Luiz Carlos de
Maximo, Antonio Carlos
Título em português
Representações de docentes sobre o regime de progressão continuada: dilemas e possibilidades.
Palavras-chave em português
Ciclos Escolares
Política Educacional
Progressão Continuada
Representação
Secretaria de Educação
Trabalho Docente
Resumo em português
A presente pesquisa aborda as representações de docentes sobre o regime de progressão continuada destacando os dilemas e possibilidades atribuídos à medida por dez professores e um coordenador pedagógico de uma escola pública localizada na periferia do município de Campinas, SP. No período de implantação do regime de progressão continuada, de 1998 a 2004, a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo divulgou orientações oficiais e informativos com o intuito de esclarecer as dúvidas e indicar as ações dos profissionais da educação, nesta forma de organização escolar. Após esses sete anos de implantação e diante da constatação, feita por diversos estudos acadêmicos, da resistência docente à proposta, esta pesquisa procurou identificar e analisar o tipo de representação realizada pelos professores tanto da medida como das concepções e fundamentos que norteiam a medida no espaço escolar. A fim de abordar estes aspectos, optou-se pelo desenvolvimento de uma pesquisa qualitativa, que procura relacionar, concomitantemente, elementos macro e micro-estruturais. Os estudos de Agnes Heller, Antonio Gramsci, Karel Kosik, Licínio Lima e Mônica Gather Thurler foram utilizados como referências para o processo de investigação, análise e sistematização dos dados obtidos. Assim, na primeira parte do estudo, são apresentados os antecedentes históricos e o contexto educacional, no Brasil e Estado de São Paulo, em que a proposta do regime de progressão continuada foi implementada. No caso específico da rede estadual de São Paulo, embora haja um predomínio de matrículas e escolas organizadas no regime de progressão continuada, verificou-se que os aspectos teórico-conceituais, envolvendo as concepções e fundamentos da medida, não foram definidos pela Secretaria da Educação de São Paulo, pois entendeu que tal atribuição deveria ser realizada por cada escola e sua equipe de trabalho. Diante desta constatação, a segunda parte da pesquisa destaca as representações dos docentes. Evidencia-se, a partir dos depoimentos, que esses sujeitos não conseguiram constituir concepções e fundamentos que pudessem orientar as ações desenvolvidas no espaço escolar, o que resultou num trabalho predominantemente individualizado, em virtude do desconhecimento da proposta e da falta de condições de trabalho adequadas. Contudo, apesar da resistência dos entrevistados à medida, constatou-se que estes profissionais apresentam uma preocupação pedagógica com as formas de ensinar e com o domínio dos conteúdos apresentados pelos alunos, nesta forma de organização, muito embora eles continuem esperando que a Secretaria de Educação lhes ofereça os subsídios necessários para trabalharem com as demandas educacionais, que acreditam serem conseqüência da implementação do regime de progressão continuada.
Título em inglês
Teaching representations on the regimen of continued progression: dilemmas and possibilities.
Palavras-chave em inglês
Continued Progression
Educational Department
Educational Policy
Representation
School Cycles
Teaching Work
Resumo em inglês
The present research dealt with representations of teachers about the system of continued progression, emphasizing the dilemmas and possibilities attributed to this measure by tem teachers and one pedagogical coordinator from a public school localized in the suburbs of Campinas, SP. Seven years after the implement of this system and the evidence observed from several studies about the teaching resistance to the proposal, this research tries to analyse and identify the type of representation made by those teachers, not only of the measure itself but also of the conceptions and bases which guide the measure in the scholar area, before the divulgation of official orientations and pamphlets in order to solve doubts and indicate the actions of the educational professionals, in this way of school organization, by the Educational Departament of São Paulo between 1998 and 2004. To discuss these aspects, the development of a qualitative research that tries to bring into relation with macro and micro-structural elements at the same time was chosen. The studies of Agnes Heller, Antonio Gramsci, Karel Kosik, Licínio Lima and Mônica Gather Thurler were used as references to the process of investigation, analysis and systematization of the obtained data. Thus, in the first part of this study, the historical antecedents and the educational context in Brazil and the State of São Paulo, where the proposal of the system of continued progression is implemented, are presented. In the specific case of the state teaching of São Paulo, although there is the predominancy of registrations and schools organized according to the system of continued progression, it was observed that the theoretical aspects, which the conceptions and bases of the measure are involved, were not defined by the Educational Departament of São Paulo, because this Department comprehended that such attribution should be accomplished by each school and its working team. Before this evidence, the second part of this research points out the representations of teachers. From the depositions, it becomes evident that these subjects could not build conceptions and bases which could direct the developed actions in the scholar area, what contributes to a type of work essentially individualized due to the ignorance of the proposal and to the lack of proper working conditions. However, in spite of the resistance to the measure showed by the interviewed people, it can be verified that these professionals present pedagogical preoccupation with ways of teaching and with the dominion over the contents presented by the students in this way of organization, although they continue waiting for the Educational Department to give them the necessary assistance to work with the educational lawsuits, which are believed to be the consequence of the implement of the continued progression system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseDeboraJefrey.pdf (1.34 Mbytes)
Data de Publicação
2007-12-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.