• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2008.tde-02022009-101601
Documento
Autor
Nome completo
Mesac Roberto Silveira Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Rubio, Katia (Presidente)
Felice, Massimo di
Galindo, Dolores Cristina Gomes
Porto, Maria do Rosario Silveira
Santos, Marcos Ferreira dos
Título em português
A travessia que mancha o corpo: imagens da imigração e a educação transitória.
Palavras-chave em português
educação
imagem
imigração
travessia
Resumo em português
Este texto é resultado da pesquisa de campo realizada com imigrantes bolivianos em São Paulo. Relata também a experiência como imigrante do próprio autor, assim como analisa os registros imagéticos da imigração africana na Europa. Tem por objetivo reunir argumentos para defender a tese de que a educação é movimento, travessia. Semelhante transitoriedade fundamental da educação quando é tolhida, no sedentarismo torna árida, senão impossível a experiência pedagógica, pois a nega em sua dimensão dinâmica e movente. Nesse sentido, pretendo demonstrar, através de uma descrição densa, que a substância e o caráter da atividade pedagógica assenta-se mais na vacuidade, no eterno, na atopia e na utopia, como assinala Gaston Bachelard.
Título em inglês
The crossing and de boddy stigmatized: immigration images and the transitive education.
Palavras-chave em inglês
crossing
education
image
immigration
Resumo em inglês
This text analyses some conceptions that constitute a basis for defending the education as movement. Presents a field research about a manifestation of Bolivians, Brazilians, Africans immigrants in Europe and Brazil. Which basis transitorily education when renegade, we argue that the education can not be viewed as education, since it takes an urban and bodily perspective to establish a peculiar kind of atopic and utopian space. We use as references the ideas of the philosopher Gaston Bachelard.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.