• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2019.tde-31012019-103128
Documento
Autor
Nome completo
Valéria Duarte Garcia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Ventura, Dora Selma Fix (Presidente)
Barela, José Angelo
Costa, Marcelo Fernandes da
Gualtieri, Mirella
Rodrigues, Sérgio Tosi
Título em português
O efeito do exercício físico sobre a visão de indivíduos com diabetes mellitus tipo 1: avaliação psicofísica e eletrofisiológica
Palavras-chave em português
Diabetes tipo 1
Eletrofisiologia
Exercício físico
Sensibilidade ao contraste
Visão de cores
Resumo em português
O presente estudo investigou a função visual de pacientes com diabetes tipo 1 atletas e sedentários através de testes psicofísicos e eletrofisiológicos computadorizados de última geração. O objetivo foi investigar possíveis efeitos do exercício físico nas funções visuais. Materiais e Métodos: 33 pacientes com diabetes tipo 1, divididos em dois grupos experimentais: diabético atleta (n = 15; idade = 33,33 ± 6,78; tempo de doença =16,19 ± 6,63) e diabéticos sedentário (n = 18 idade = 28,94 ± 6,04; tempo de doença = 15,92 ± 8,46) e 40 sujeitos controles: controle atleta (n = 20; idade = 32,0 ± 5,61) e controle sedentário ( n = 20; idade = 27,05 5,60 ) foram submetidos a exames de: visão de cores e sensibilidade ao contraste Cambridge Colour Test - CCT; eletroretinograma por padrão reverso PERG e análises laboratoriais para quantificar óxido nítrico e endotelina por quimioluminescência e ELISA. As comparações entre os grupos foram feitas através de teste não paramétrico (Teste Kruskal-Wallis). Resultados: O grupo Diabético apresentou perdas significativas na amplitude do PERG, na discriminação de cores no eixo protan, área da elipse e nas frequências espaciais avaliadas da função da sensibilidade ao contraste, além de disfunção dos fatores endoteliais comparado ao grupo Controle. O grupo diabético atleta apresentou concentração maior de óxido nítrico comparado ao grupo Diabético sedentário. Não foram encontradas correlações entre os fatores endoteliais e as funções visuais. Conclusão: foram encontradas perdas funcionais na avaliação psicofísica e eletrofisiológica de pacientes com diabetes tipo 1. Os achados deste estudo confirmam a hipótese de que as perdas visuais sejam de origem neural pós - receptoral. Aumento na concentração de óxido nítrico encontrado em pacientes diabéticos atletas, confirmam os achados da literatura de que o exercício físico é capaz de aumentar a biodisponibilidade deste fator endotelial. Entretanto esse aumento de biodisponibilidade não se refletiu em recuperação das perdas nas funções visuais, uma vez que não houve correlação entre as alterações dos fatores endoteliais e os resultados da avaliação visual. A conclusão, em resumo, é de que o exercício físico não promoveu proteção dos danos visuais verificados em pacientes diabéticos
Título em inglês
The effect of physical exercise on the vision of type 1 diabetes patients: psychophysical and electrophysiological evaluation
Palavras-chave em inglês
Color vision
Contrast sensitivity
Diabetes
Electrophisiology
Phisic exercise
Resumo em inglês
The study compared visual functions of sedentary and athlete patients with type 1 diabetes, and respective controls, using computerized psychophysical and electrophysiological tests. Materials and Methods: 33 Patients with type 1 diabetes, divided into two experimental groups: athlete diabetics (n = 15; age = 33.33 ± 6.78; rate of disease = 16.19 ± 6.63) and sedentary diabetics ( n = 18 age = 28.94 ± 6.04; rate of disease = 15.92 ± 8.46) and 40 control subjects: athlete control (n = 20; age = 32.0 ± 5.61) and sedentary control (n = 20; age = 27.05 5.60) were subjected to tests of: color vision and contrast sensitivity - Cambridge Colour Test - CCT; pattern electroretinogram (PERG) and laboratorial analysis of nitric oxide and endothelin using chemiluminescence and ELISA. The comparisons between groups were made through the nonparametric (Kruskal-Wallis test). Results: compared the control group, the diabetic group showed significant losses (1) in color discrimination in the protan axis and in ellipse area (2) in several spatial frequencies of the luminance spatial contrast sensitivity function; (3) a reduction in PERG amplitude and (4) dysfunction of endothelial factors. The athlete diabetic group showed increased concentration of nitric oxide compared to the sedentary diabetic group. No correlations were found between the endothelial factors and visual functions. Conclusion: losses in psychophysical and electrophysiological functions were found in patients with type 1 diabetes. The findings support the hypothesis that visual losses are due to the post-receptoral pathways. Increased nitric oxide concentration found in athlete diabetic patients, confirm the findings of the literature that physical exercise can increase the bioavailability this endothelial factor. However this increase in bioavailability was not reflected in the recovery of losses in visual functions, since there was no correlation between changes in endothelial factors and results of visual assessment. In conclusion, the exercise did not promote protection against visual losses due to diabetes
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Duarte_do2016.pdf (2.81 Mbytes)
Data de Publicação
2019-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.