• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2014.tde-17032015-121437
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Caires Bestilleiro Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Costa, Marcelo Fernandes da (Presidente)
Messa, Alcione Aparecida
Nakanami, Célia Regina
Nóbrega, Liria Akie Okai de Albuquerque
Pompéu, José Eduardo
Título em português
Relação entre o Questionário de Função Visual Infantil e as medidas psicofísicas de acuidade visual e visão de cores em crianças com deficiência visual
Palavras-chave em português
Acuidade visual
Deficiência visual
Qualidade de vida
Visão de cores
Resumo em português
O Questionário de Função Visual Infantil (QFVI) é um instrumento para medir o impacto da deficiência visual na criança e em seus familiares. Pode ser utilizado como ferramenta para pesquisas, verificação da eficácia de tratamentos e de diferentes terapêuticas aplicadas, além de auxiliar métodos que intervenham com melhor eficiência, como habilitação e reabilitação visual. O objetivo deste trabalho é estudar a relação entre os domínios Saúde Geral, Saúde Geral da Visão, Competência, Personalidade, Impacto familiar e Tratamento, que compõem o QFVI, e as medidas psicofísicas de acuidade visual (AV) e discriminação de cromaticidade (VC). Este estudo prospectivo, transversal foi realizado no Laboratório de Psicofisiologia Sensorial da Universidade de São Paulo em parceria com o Ambulatório de Estimulação Visual Precoce Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual da Universidade Federal de São Paulo. As crianças convidadas a participarem deste estudo foram alocadas em 2 grupos: Grupo estudo (GE) composto por 32 crianças, com o diagnóstico de deficiência visual, com idade média de 30 meses (dp= 22,3); Grupo controle (GC) composto por 21 crianças, com visão normal e idade média de 34 meses (dp= 26,8). Esses grupos foram submetidos a aplicação do QFVI, e em seguida as avaliações de medida de AV através do teste de Cartões de Acuidade de Teller (CAT), e VC pelo programa Cambridge Colour Test para crianças (CCT Kids). O resultado da aplicação do QFVI, para os grupos de crianças menores de 3 anos, comparados entre os GE e GC, mostrou diferenças significantes entre os seguintes domínios: Saúde Geral da visão (F=24,07 e p<0,001); Competência (F=73,00 e p<0,001); Personalidade (F=10,21 e p=0,010); Impacto Familiar (F=35,30 e p<0,001); Total da qualidade de vida (F=64,06 e p<0,001). No teste de AV pelo CAT, nos grupos de crianças menores de 3 anos, comparados entre os GE e GC, foram observadas diferenças entre: AV de olho direito (OD) (F=12,86 e p<0,001); AV de olho esquerdo (OE) (F=11,09 e p<0,001); AV de ambos os olhos (AO) (F=16,27 e p<0,001). Estas diferenças mostram uma pior pontuação para o GE. Na VC medidos pelo CCT kids, os dados coletados nos grupos de crianças menores de 3 anos, comparados entre os GE e GC, não foram observadas diferenças estatisticamente significativas para os grupos Protan, Tritan, e Deutan para AO. Na aplicação do QFVI, os dados coletados nos grupos de crianças maiores de 3 anos, comparados entre os GE e GC, foram observadas diferenças entre os seguintes domínios: Saúde Geral da visão (F=10,00 e p<0,001); Competência (F=7,03 e p=0,030); Personalidade (F=6,48 e p=0,010); Total da qualidade de vida (F=11,39 e p=0,010). Estas diferenças mostram uma pior pontuação para o GE. No teste de AV pelo CAT, os dados coletados nos grupos de crianças maiores de 3 anos, comparados entre os GE e GC, foram observadas diferenças entre: AV de OD (F=19,25 e p<0,001); AV de OE (F=25,99 e p<0,001); AV de AO (F=15,45 e p<0,001). Estas diferenças mostram uma pior pontuação para o GE. No teste de VC pelo CCT kids, os dados coletados nos grupos de crianças maiores de 3 anos, comparados entre os GE e GC, não foram observadas diferenças estatisticamente significativas para os grupos Protan, Tritan, e ou Deutan. Para o GE, de crianças menores de 3 anos, a correlação negativa entre as funções visuais e o QFVI, está presente entre as seguintes variáveis: Saúde geral da visão e competência. Já para as crianças maiores de 3 anos: Saúde geral da visão, competência, impacto familiar e total da qualidade de vida. Nós concluímos que existem diferenças estatisticamente significativas quando comparados os GE e GC para as funções de acuidade visual e discriminação de cromaticidade, evidenciando a correlação no uso do QFVI e as funções de AV e VC
Título em inglês
Relationship between the Children's Visual Function Questionnaire and psychophysical measures of visual accuity and chromaticity discrimination in visually impaired children
Palavras-chave em inglês
Color vision
Quality of life
Visual acuity
Visual Impairment
Resumo em inglês
The Children's Visual Function Questionnaire (CVFQ) is an instrument to measure the impact of visual impairment in children and their families. It can be used as a research tool to verify the effectiveness of treatment, therapy and different methods for the visual stimulation and rehabilitation. The aim of this study is to describe the relationship between General Health, General Vision Health, Personality, Family Impact and Treatment subscales of the CVFQ, and psychophysical measures of visual acuity (VA) and chromaticity discrimination (CV). This prospective, cross-sectional study was conducted at the Sensory Psychophysiology Laboratory - University of São Paulo in partnership with the Ambulatory of Visual Stimulation in Sector of Low Vision and Visual Rehabilitation - Federal University of São Paulo. The children who participated in this study were divided into two groups: study group (SG) composed of 32 children with a diagnosis of visual impairment, mean age of 30 months (sd = 22.3); Control group (CG) consisted of 21 children with normal vision and mean age of 34 months (sd = 26.8). Both groups underwent the application of CVFQ, were tested for VA using the Teller Acuity Cards (TAC) test, and CV by the Cambridge Colour Test program for children (Kids CCT). The result of applying the CVFQ to groups of children under three years, when comparing SG and CG, showed significant differences in the following subscales: General Vision Health (F = 24.07, p <0.001); Competence (F = 73.00, p <0.001); Personality (F = 10.21, p = 0.010); Family Impact (F = 35.30, p <0.001); Total quality of life (F = 64.06, p <0.001). In the VA test by the TAC in groups of children under three years, comparing SG with CG, differences were observed in VA right eye (RE) (F = 12.86, p <0.001); VA left eye (LE) (F = 11.09, p <0.001); VA both eyes (BE) (F = 16.27, p <0.001). These differences show a worse score for the SG. In the CV measured by Kids CCT, the data collected in groups of children under three years, comparing SG and CG, no statistically significant differences for protan, tritan and deutan groups were observed for BE. In applying the CVFQ, the data collected from groups of children over three years, comparing SG and CG, differences were observed in the following subscales: General Vision Health (F = 10.00, p <0.001); Competence (F = 7.03, p = 0.030); Personality (F = 6.48, p = 0.010); Total quality of life (F = 11.39, p = 0.010). These differences show a worse score for the SG. In the VA test by the TAC, the data collected in groups of children over three years, comparing SG and CG, differences were observed in: VA RE (F = 19.25, p <0.001); VA LE (F = 25.99, p <0.001); VA BE (F = 15.45, p <0.001). These differences show worse score for the SG. In the CV by Kids CCT, the data collected in groups of children over three years, comparing SG and CG, no statistically significant differences for protan, tritan and deutan groups were observed. For the SG, children under three years, a negative correlation between the visual functions and the CVFQ was present for the following variables: General Vision Health and Competence, while for children over three years, correlations were found for General Vision Health, Competence, Family Impact and General Quality of Life. We conclude that there are statistically significant differences when comparing the SG with the CG for the visual function of VA and CV, and we also demonstrated the sensitivity in the use of CVFQ in reflect VA and CV impairments
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
lopes_original.pdf (2.87 Mbytes)
Data de Publicação
2015-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.