• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2018.tde-16052018-190724
Documento
Autor
Nome completo
Carlo Martins Gaddi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Costa, Marcelo Fernandes da (Presidente)
Gualtieri, Mirella
Jesus, Adriano Miranda Vasconcellos de
Santana, Cláudia Feitosa
Título em português
O uso do método psicofísico para julgamento de respostas emocionais em obras de arte abstrata
Palavras-chave em português
Caso V de Thurstone
Escala intervalar
Escalonamento psicofísico
Estética experimental
Julgamento estético
Resumo em português
A fruição estética envolve um processo ativo de percepção visual e interpretação de informação capaz de evocar sensações, emoções, e sentimentos. A estética experimental busca entender como artistas utilizam elementos visuais em suas obras e como esses elementos são processados à nível consciente no indivíduo. Diversos experimentos psicológicos e pesquisas recentes em neuroestética permitiram acesso quantitativo sobre julgamento estético. O presente trabalho realizou dois experimentos psicofísicos que permitiram medir julgamento emocional em obras de arte abstrata. Experimento 1. Objetivo: realizar uma tarefa de ordenamento de obras de arte para adjetivos de emoção. 55 participantes (55% sexo feminino, idade média: 31; SD: 11). Foram calculadas as correlações entre as emoções, podendo compará-las com o modelo circular afetivo, e os resultados se mostraram satisfatórios. Experimento 2. Objetivo: desenvolver uma escala psicofísica utilizando o caso V da lei do julgamento comparativo a fim de estabelecer as distâncias subjetivas dos julgamentos emocionais para obras de arte abstrata. 39 participantes (52% sexo feminino, idade média: 28; SD: 10). A formulação psicofísica feita idealmente para julgamento discriminatório de estímulos físicos simples pôde ser aplicada em julgamento discriminatório subjetivo e de bastante complexidade. O uso do escalonamento psicofísico permitiu um eficiente acesso quantitativo das distâncias dos julgamentos das emoções em cada obra de arte. 10 Espera-se que o trabalho proposto permita, através de uma reconciliação interdisciplinar entre neurociência e psicologia, novas abordagens e métodos livres de vieses subjetivos para o estudo de julgamento estético
Título em inglês
The use of the psychophysical method for judging emotional responses in works of abstract art
Palavras-chave em inglês
Aesthetic judgment
Case V of Thurstone
Experimental aesthetics
Inverval scales
Psychophysical scaling
Resumo em inglês
Aesthetic appreciation involves a process of visual perception and interpretation capable of evoking sensations, emotions and feelings. Experimental aesthetics seeks to understand how artists use elements in their works and how these elements are processed in the individual in a conscientious level. Several psychological experiments and recent researches in neuroesthetics allowed quantitative access on aesthetic judgment. The present work carried out two psychophysical experiments that allow measuring emotional judgment in works of abstract art. Experiment 1. Objective: to carry out a task of ordering works of art for adjectives of emotion. 55 participants (55% female, mean age: 31; SD: 11). They were calculated as correlations between emotions, being able to compare them with the affective circular model, and the results were satisfactory. Experiment 2. Objective: to develop a psychophysical scale using case V the law of comparative judgment in order to establish as subjective distances from emotional judgments to abstract works of art. 39 participants (52% female, mean age: 28; SD: 10). A psychophysical formulation ideally made for discriminatory judgment of simple physical stimuli was applied in subjective and complex discriminatory judgment. The use of psychophysical scaling allowed an efficient access to the distances of the judgments of the emotions in each work of art. It is expected that the proposed work will allow, through an interdisciplinary reconciliation between neuroscience and psychology, new approaches and methods free of bias for the study of aesthetic judgment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
gaddi_corrigida.pdf (4.27 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.