• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Jinger do Carmo Cunha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Chadi, Gerson (Presidente)
Andrade, Michele Schultz Ramos de
Ferrari, Merari de Fatima Ramires
Título em português
Estudo da imunorreatividade das proteínas ligantes de cálcio na neuroquímica da medula espinal de ratos submetidos à atividade física espotânea na roda de corrida.
Palavras-chave em português
Atividade física
Calbindina
Neuroquímica
Parvalbumina
Plasticidade neuronal
Proteínas S100
Resumo em português
As ações da atividade física na neuroquímica dos neurônios, com enfoque às proteínas ligantes de cálcio (Ca2+), e o estado de ativação de células gliais da medula espinal do rato foram investigadas em preparados imuno-histoquímicos através da análise morfométrica e microdensitométrica com auxílio do computador. Ratos machos adultos foram divididos em dois grupos: treinado, cujos animais foram expostos à roda de corrida onde realizava atividade física espontânea, por um período de 4 e 14 noites; e sedentário, onde os animais foram mantidos em caixas individualizadas, sem a roda de corrida. Após os períodos determinados, os animais sofreram eutanásia e suas medulas espinais foram processadas para imunohistoquímica. Os ligantes de Ca2+ neuronal e glial foram avaliados pela imunorreatividade das proteínas calbindina e parvalbumina e, ainda, pela imunorreatividade da proteína S100 astrocitária. A atividade física voluntária promoveu uma diminuição na imunorreatividade da proteína calbindina em nível torácico no corno posterior (lâminas I e II de Rexed), assim como no núcleo espinal lateral após 14 dias. No nível lombar, também se observou uma diminuição da imunorreatividade no corno posterior (lâminas I e II de Rexed). Contudo os animais submetidos à atividade física voluntária por 4 dias apresentaram um aumento na área imunorreativa da proteína parvalbumina em relação ao seu controle. Efeito semelhante ocorreu no núcleo dorsal nos grupos que treinaram por 4 e 14 dias. Entretanto, no fascículo cuneiforme ocorreu uma diminuição da imunorreatividade à parvalbumina. Já em relação à proteína S100, os animais treinados apresentaram um aumento na imunorreatividade (spMGV) no corno anterior. Assim, conclui-se que a atividade física voluntária modificou a imunorreatividade das proteínas ligantes de Ca2+ na medula espinal, o que pode estar associado aos mecanismos de ativação intracelular realizados pelo cálcio, bem como a liberação de neurotransmissores na fenda sináptica.
Título em inglês
Study of the imunoreativite of ligantes calcium proteins in the neurochemistry of the espinal marrow of submitted rats the spontaneous physical activity in the race wheel
Palavras-chave em inglês
Calbindin
Neurochemistry
Neuronal plasticity
Parvalbumins
Physical activity
S100 Proteins
Resumo em inglês
Actions of the physical activity in the neurochemistry focuzing calcium-bindin proteins and the activation of the glial cells in the spinal cord of the rat were investigated with imunohistochemistry over. Male wistar adult rats were divided in two groups: trained, which animals exercised in the wheel running for 4 and 14 nigths; and sedentary, which animals were maintained in private box without wheel running. After that period rats were sacrificed and their spinal cords were processed to imunohistochemistry. Calcium-bindin proteins neuronal (parvalbumin and calbindin) and glial (S100) were evaluted. The activity promoted a decrese in the imunoreativite of the calbindin protein in the torácic level of the posterior horn (lamina I and II of Rexed), and lateral spine nucle after 14 days. In the lombar level, decrese in the posterior horn was also found. Animals submited to physic activity for 4 days showed an increased in the imunoreatived area of parvalbumin. Similar effect was observed all of groups that were treineds for 4 e 14 days. However, in the cuneiforne fascicule, parvalbumin decreased. The S100 protein showed decresed in the anterior horn. In conclusion volunteer phisical activity changed the pattern of the calcium-bindin protein immunoreactivity in the spinal cord, effect than can be associated to neuroplasticity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Cunhajc_me.pdf (3.60 Mbytes)
Data de Publicação
2009-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.