• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2015.tde-12112015-124529
Documento
Autor
Nome completo
Catarina Bourlinova Jesus Cunha Folha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Teixeira, Luis Augusto (Presidente)
Mochizuki, Luis
Pardini, Andréa Cristina de Lima
Título em português
Efeito de diferentes tipos de tarefa suprapostural em respostas posturais reativas a uma perturbação mecânica
Palavras-chave em português
Atenção
Controle postural
Equilíbrio
Tarefa dual
Resumo em português
Pouco se conhece ainda sobre as demandas atencionais necessárias para o equilíbrio em condições desafiantes, como em situação de postura perturbada. Respostas posturais podem ser influenciadas por tarefas supraposturais. Tarefas de estabilidade manual parecem induzir respostas posturais mais eficientes. Já as tarefas supraposturais cognitivas apresentam resultados incongruentes nos efeitos em tarefa postural perturbada. Este estudo procurou determinar os efeitos de realizar diferentes tipos de tarefa suprapostural nas respostas posturais reativas a uma perturbação mecânica. Vinte e cinco adultos jovens foram sujeitos a uma perturbação mecânica, com liberação de carga, imprevisível. Concomitantemente com essa tarefa postural, realizaram uma tarefa de estabilidade manual, que requeria segurar uma bandeja com cilindro, em uma de duas variantes: com superfície plana para baixo, ou com superfície redonda para baixo. Os participantes realizaram ainda uma tarefa cognitiva, de contagem decrescente de três em três. Essa tarefa foi desempenhada em conjunto com a tarefa dual descrita anteriormente e ainda de forma isolada. A realização da multitarefa prejudicou o desempenho na tarefa cognitiva e também na tarefa postural. Foi observado maior número de erros e maior tempo médio para responder à tarefa cognitiva. Na tarefa postural foram encontradas diferenças nas estratégias motoras quando foi solicitada a tarefa cognitiva: maiores amplitudes de flexão articular no quadril e ombro, maior deslocamento linear do tronco, maior velocidade do tronco e da bandeja bem como menor magnitude do gastrocnêmio. Nesta condição os participantes também demoraram mais para reverter a oscilação anterior e assim retornar a uma posição mais estável. Assim a integração entre as tarefas não foi bem sucedida, por interferência nos processos e/ou recursos atencionais necessários para realizar as tarefas. É possível que tenha ocorrido afastamento de recursos atencionais do processamento de inputs sensoriais associados ao controle postural. Tal afetaria o central set, produzindo uma influência imprecisa nas respostas posturais à perturbação. A tarefa manual produziu efeito positivo na tarefa postural. Observou-se que a condição de maior restrição da tarefa manual induziu uma resposta postural mais eficiente, com menor amplitude articular do ombro, quadril e tornozelo. Verificou-se ainda que as medidas referentes à mobilização do tronco: amplitude linear, velocidade e verticalidade, bem como a velocidade da bandeja, também foram menores. Este estudo indica que o central set é elaborado a partir de restrições funcionais impostas por tarefas supra-posturais e consegue exercer algum controle na tarefa postural, mesmo com um processamento paralelo para realizar uma tarefa cognitiva. A competição entre os processos e\ou recursos para realizar as tarefas propostas no presente estudo afeta o equilíbrio, de forma negativa quando uma tarefa cognitiva está presente, e de forma positiva quando existe uma restrição funcional manual
Título em inglês
Effect of different suprapostural tasks on reactive postural answers to a mechanical perturbation
Palavras-chave em inglês
Attention
Balance
Dual task
Postural control
Resumo em inglês
Attentional demands on posture challenging conditions still present many questions. Postural answers can be influenced by suprapostural tasks. Motor tasks and, specifically, manual stability tasks induce more efficient postural answers. Cognitive suprapostural tasks present incongruent effects on perturbed posture. This study aimed to determine the effects of performing different suprapostural task types on reactive postural answers. Twenty five received a mechanical perturbation through unpedictable load liberation. Concurrently to this postural task, they performed a manual stability task, to hold a cylinder on a tray, with two variations: with the flat surface down or with the round surface down. Participants also performed a cognitive task, the n-back 3 task. This task was performed as a single task and concomitantly with the dual task. Performing multitask impaired cognitive and postural task performance. More errors and greater mean time to answer to the cognitive task were observed. At the postural task we found differences on motor strategies on the cognitive task condition: greater joint flexion at hip and shoulder, greater trunk linear displacement, greater trunk and tray velocity, as well as a reduction on gastrocnemius magnitude. At this condition we also found that the participants took longer to revert the anterior oscilation to return to a more stable position. Therefore the integration between tasks was successful, given the interference between the attentional processes and/or necessary resources to accomplish the tasks. It is possible that may have been withdrawal of attentional resources form the sensorial inputs processing associated with the postural control. That would affect central set, producing an inaccurate influence on postural answers to perturbation. Manual task produced positive effect on postural task. On the higher restriction condition it was found a more efficient postural answer, with less joint range on shoulder, hip and ankle. Additionally, the trunk variables: linear displacement, velocity and verticality, as well as tray velocity, also were inferior. This study indicates that central set is elaborated based on functional restrictions imposed by suprapostural tasks and it can influence postural task, even with a parallel processing in order to execute a concomitant cognitive task. Competition between processes and/or resources to accomplish the proposed tasks affects balance, with negative results when a cognitive task is present, and with positive results when there is a manual restriction
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
bourlinova_corrigida.pdf (822.77 Kbytes)
Data de Liberação
2017-11-15
Data de Publicação
2015-11-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.