• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2018.tde-12012018-160249
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Maria Gomes Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Costa, Marcelo Fernandes da (Presidente)
Damico, Francisco Max
Gualtieri, Mirella
Souza, Givago da Silva
Ventura, Dora Selma Fix
Título em português
Avaliação das vias do sistema visual por eletrorretinograma e testes psicofísicos na Distrofia Muscular de Duchenne e na Diabetes Mellitus tipo 1
Palavras-chave em português
Diabetes Mellitus
Distrofia muscular de Duchenne
Eletrorretinografia
Psicofísica
Retina
Resumo em português
A retina é formada por camadas de células que a estrutura, os contatos sinápticos e as características fisiológicas são específicas para cada tipo de célula. O processamento da informação visual, após a ativação dos fotorreceptores pela luz, ocorre em mecanismos pós-receptorais que formam diferentes circuitos de processamento, entre eles as vias ON, OFF, de luminância e de oponência cromática. As doenças que afetam a retina podem estar relacionadas com alterações específicas de um determinado circuito, como acontece com a distrofia muscular de Duchenne (DMD) que na alteração do gene dmd da retina afeta a comunicação entre os fotorreceptores e as células bipolares, e na diabetes Mellitus (DM) o dano celular ocorre principalmente na camada mais interna da retina. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da DMD e da diabetes Mellitus Tipo 1 (DM1) em diferentes mecanismos visuais. A amostra deste trabalho contou com três grupos: controle com 18 participantes (13,5, ±7,6), DMD com 9 participantes (16, ±5,9) e DM1 com 12 partcipantes (13,8, ±2,5). Os testes eletrorretinográficos foram aplicados nas condições mesópica, fotópica com estímulos que enfatizam respostas ON ou OFF, e flicker heterocromático (verde-vermelho) em 12Hz (para enfatizar a atividade da via de oponência cromática) e 36Hz (para enfatizar a atividade da via de luminância), e testes psicofísicos com estímulos que enfatizam os mecanismos ON e OFF com contraste de luminância e a via de oponência cromática por um estímulo com contraste cromático (isoluminante) verde-vermelho. O grupo DMD apresentou alteração no tempo de resposta e redução na amplitude da onda-a e onda-b nas condições mesópicas ON e OFF, redução da amplitude da onda-b na condição fotópica ON e alteração da via cromática. Enquanto o grupo DM1 apresentou aumento na amplitude e tempo da ond-a e onda-b das via ON e OFF na condição mesópica, mudança na fase da resposta na via cromática e na via de luminância. Os resultados estão de acordo com diversos estudos anteriores que mostram que as duas doenças causam alterações funcionais na retina, mas cada doença com características específicas. O presente estudo demonstrou que as duas doenças afetam as vias visuais ON e OFF independente do prejuízo neural ocorrer principalmente nas camadas mais externas ou nas camadas mais internas da retina. A possibilidade de identificar prejuízos funcionais em pacientes sem alteração clínica é uma valiosa ferramenta para o acompanhamento de doenças e para avaliar a eficácia de tratamentos. O presente estudo poderá contribuir para o estabelecimento de novos protocolos mais sensíveis e capazes de identificar alterações assimétricas no caso da DMD ou alterações que precedem o diagnóstico clínico no caso da DM1
Título em inglês
Visual system pathways evaluation by electroretinogram and psychophysical test in Duchenne Muscular Dystrophy and Type 1 Diabetes Mellitus
Palavras-chave em inglês
Diabetes Mellitus
Duchenne muscular Dystrphy
Electroretinography
Psychophysics
Retina
Resumo em inglês
The retina is formed by layers of cells that the structure, synaptic contact and physiology characters are specific for each type of this cells. The processing of visual information, after the photoreceptor activation by light is separate by post-receptor mechanisms that constitute the ON, OFF, luminance and chromatic pathways. The retina diseases have specific alteration in this tissue, thus it happens with the Duchenne muscular dystrophy (DMD), that have communication problems among photoreceptors and bipolar cells because of damage in dmd gene, and the Diabetes Mellitus (DM) that has cells damage mainly in the inner layer of retina. The purpose of this study was to evaluate the effects of DMD and Type 1 diabetes Mellitus (DM1) on different visual mechanisms. The sample had three grups: control with 18 subjects (13.5, ±7.6), DMD with 9 subjects (16, ±5.9) and DM1 with 12 subjects (13,8, ±2,5). The ERG recordings were applied in of the mesopic and photopic conditions with stimuli that laid emphasis on ON and OFF responses and heterochromatic (red-green) flicker modulation in 12Hz (laid emphasis on chromatic pathway) and 36Hz (laid emphasis on luminance pathway), and psychophysical tests laid emphasis on ON and OFF mechanisms with luminance contrast and the chromatic opponent pathway by stimulus with red-green chromatic contrast (isoluminance). As a result the DMD group presented alteration in the response time and reduction in the amplitude of the a- and b-wave in ON and OFF mesopic conditions, reduction of the amplitude of the a- and b-wave in ON photopic condition and alteration of the chromatic pathway. While the DM1 group showed an increase in the amplitude and time of the a- and b-wave in ON and OFF pathways of the mesopic condition, change in phase of the chromatic pathway and luminance pathway. These results were in agreement with previous studies that showed the two diseases present functional changes in the retina, but each disease with specific characteristics. The present study showed that two diseases affect the ON and OFF pathways regardless of the neural damage occur mainly in outer layer or inner layer of the retina. The possibility identify functional damage in patients without clinic injuries is the valuable tool for the following the dieses and evaluated treatment efficiency. The present study may contribute to establishment of the new sensitive and able protocols to identify asymmetric changes in DMD or changes that precede the clinical diagnosis in DM1
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
martins_do.pdf (5.62 Mbytes)
Data de Publicação
2018-01-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.