• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Ellen Taline de Ramos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Massola, Gustavo Martineli (Presidente)
Buettner, Glória Elisa Bearzotti Pires von
Lourenço, Arlindo da Silva
Penna, Marieta Gouvea de Oliveira
Silva, Luis Guilherme Galeão da
Stella, Claudia
Título em português
Entre salas, celas e vozes: relatos sobre formação escolar em prisões femininas
Palavras-chave em português
Educação escolar
Formação
Humanização
Mulheres presas
Semiformação
Resumo em português
Este trabalho tem como objetivo compreender como se dá a escolarização nas prisões femininas do estado de São Paulo, bem como as percepções das alunas, das professoras e dos professores envolvidos neste processo. Ao longo do trabalho, são apresentadas discussões a respeito das estatísticas ligadas ao sistema penal, a história e organização das prisões tal como as conhecemos hoje, as especificidades de gênero e suas interfaces com o sistema prisional, a escola na prisão, seu surgimento e desenvolvimento, e como os teóricos da escola de Frankfurt contribuem para a compreensão da temática deste estudo. A coleta de dados desta tese foi realizada por meio de visitas a unidades femininas do estado e de entrevistas semiestruturadas com alunas, professoras e professores. Além disso, realizaram-se observações em sala de aula a fim de compreender a organização e o andamento das aulas. Após a transcrição literal das entrevistas, realizou-se a análise de conteúdo, que gerou quatro categorias. Os principais resultados encontrados foram de que, no encontro marginal entre professoras e professores precarizados e mulheres presas, há uma potência de humanizarem-se e também uma hipervalorização alienante (aluna ideal e melhores professores); além disso, uma das principais motivações para a volta à escola foi para que as mulheres presas sirvam de exemplo para seus descendentes, reproduzindo a perspectiva dos papéis social (im)postos às mulheres na sociedade. Viu-se também a escola como possibilidade, ainda que remota, de ascensão social. Neste ponto, discursos bastante idealizados surgiram. A última categoria analisada traz as precariedades das salas de aula nas prisões e a falta de suporte técnico e pedagógico para os docentes. Por fim, foi possível verificar as contradições do espaço que se pretende educativo dentro de uma instituição punitiva, sendo que esta última acaba por delinear todas as regras da escola, interferindo direta e indiretamente em seu cotidiano. Além disso, os encontros entre professoras/professores e alunas, ao mesmo tempo em que se mostra potente, se apresenta carregado de valores ideológicos e de alienação, o que contribui para a não ocorrência da formação cultural, propagando a semicultura. Desta forma, compreende-se que este trabalho de cunho histórico, político, social e de gênero atingiu o que se propôs, quanto a analisar seus objetivos e, sobretudo, olhar e dar voz ao socialmente invisível e inaudível. No entanto, diante do que se mostra como possibilidades futuras, é essencial que este não seja o fim desta discussão - o ponto final deste trabalho constitui-se apenas como uma lacuna provocante e instigante, para novos parágrafos, lutas e resistências
Título em inglês
Between classrooms, lockups and voices: schooling reports in women prisons
Palavras-chave em inglês
Arrested women
Formation
Humanization
Scholar education
Semi-formation
Resumo em inglês
This study aims to understand how the schooling process works at the women prison of São Paulo State, as well as the perceptions of the students and the professors involved of all these procedures stages. All over the text, we present discussions about the statistics related to the penal system, the history and the organizational methods of the prisons as we know today, also the gender specifications and its interfaces with the prison system, the prison's school as it was originated and developed, and how the Frankfurt theorists contribute to the subject-matter of the study. The data collection of the present thesis was made through the women units visitation and the semi-structured interviews to the students and professors (women and men), in addition, there were classrooms observational sections to comprehend the organizational methods and the classes progress. After the literal transcription of the interviews, the content analysis was made considering four categories. The main discovered results were that by the marginal meeting among the precarious professors and the arrested women, there is a powerful humanization process of themselves and an alienating overvaluation (the ideal student and the best professor), moreover, one of the arrested women major motivations to the school return was to be their descendants examples reproducing the social perspective roles (in)posed to the women in society. There is also the school as one possibility, albeit remote, of social ascension, at this point, rather idealized discourses emerged. The last category analyzed brings us the prison classrooms precariousness and the lack of technical and pedagogical support for the teachers. By the end, it was possible to verify the local contradictions of the place which is intended to be educative within a punitive institution, also considering that the last one will design every scholar rule, interfering directly and indirectly in their daily life. Furthermore, the meetings among professors and students at the same time that is powerful are loaded with ideological values and alienation, which contributes to the nonoccurrence of the cultural formation, diffusing the semiculture. According to it all, it is understood that the present research reached the historical, political, social and gender imprint of its purpose, including itself analysis of the claims and above all, to look and to give it a voice to the socially invisible and inaudible ones. However, up to the future possibilities, it is essential to not put an end of the discussions, the endpoint of this study it is only a provocative and incendiary gap, to new paragraphs, struggles and resistance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ramos_do.pdf (14.63 Mbytes)
Data de Publicação
2019-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.