• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2018.tde-21092018-162257
Documento
Autor
Nome completo
Rinaldo Miorim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Sandra Maria Patricio (Presidente)
Badia, Denis Domeneghetti
Bartalini, Vladimir
Hennrich, Dirk Michael
Rozestraten, Artur Simões
Título em português
A alma desassossegada da cidade de São Paulo e o desamparo de seus habitantes: um estudo psicossocial sobre os sentidos do espaço urbano visto por meio do imaginário e da literatura
Palavras-chave em português
Desamparo
Imaginário
Literatura
Psicologia social
Vida urbana
Resumo em português
A presente tese realizou uma investigação sobre os sentidos e imagens acerca do mal-estar e da experiência psíquica na cidade de São Paulo visto por meio da literatura urbana contemporânea, mais especificamente, tomando como material de análise a ficção Tango, com violino de Eduardo Alves da Costa. Partindo do pressuposto que relaciona os sofrimentos, desassossegos e desconfortos gerais sentidos na cidade com uma perda de sentido junto ao ambiente e sua paisagem, na sua interferência nos vínculos sociais e em suas relações intersubjetivas, utilizamos em nossa análise uma perspectiva imaginativo-interpretativa fundamentada em referenciais teóricos como Gilbert Durand, James Hillman, Gaston Bachelard e Augustin Berque, entre outros, abordando como a imaginação organiza o campo psicossocial e sua relação com os sentidos do espaço. Foi observado o papel da narrativa literária como um instrumento transformador do sofrimento em um incômodo capaz de estimular uma ampliação da percepção frente à cidade e seus problemas, mas também concluímos que o desconforto investigado poderia traduzir uma espécie de mal-estar da cidade. Sobre o desassossego e desamparo que relaciona os habitantes à cidade, notamos uma fenomenologia cuja variância, traz estados de aceleração e euforia em contraste com aspectos depressivos e melancólicos. Características que apontam para um modo civilizatório que em seu voo ideacional conflita com a necessidade de um lastro de valor, medida e sentido, tendo no retorno à sua imagem mítica uma aproximação para a compreensão da relação entre a experiência subjetiva e o sofrimento que atravessam o espaço urbano, o que aponta para a necessidade de habitar os atravessamentos entre as perspectivas que relacionam o novo com o antigo, o corpo, a cidade e a paisagem
Título em inglês
The restless soul of the city of São Paulo and the helplessness of its inhabitants: a psychosocial study on the meanings of urban space seen through the imaginary and literature
Palavras-chave em inglês
Helplessness
Imaginary
Literature
Social psychology
Urban life
Resumo em inglês
The present thesis has carried out some research into the senses and images about malaise and psychic experience in the city of São Paulo seen through contemporary urban literature, more specifically taking the fiction Tango, with violin by Eduardo Alves da Costa as an analysis material. Starting from the assumption that relates the sufferings, restlessness and general discomforts felt in the city with a loss of sense nearby the environment and its landscape, in its interference in social ties and their intersubjective relations, we use in our analysis an imaginative-interpretive perspective from theoretical references such as Gilbert Durand, James Hillman, Gaston Bachelard and Augustin Berque, among others, approaching how the imagination organises de psychosocial field and its relationship with the meanings of space The role of the literary narrative was seen as a transformative instrument of suffering into a nuisance capable of stimulating an amplification of perception of the city and its problems, but we also concluded that the discomfort researched could translate a kind of malaise of the city. About the restlessness and helplessness that relates the inhabitants to the city, we note a phenomenology whose variance brings states of acceleration and euphoria in contrast to depressive and melancholic aspects. Features pointing to a civilizing mode that in its ideational flight conflict with the need for a ballast of value, measure and sense, having in the return to its mythic image an approximation for the understanding of the relationship between subjective experience and suffering that cross the urban space, which points to the need to inhabit the crossings between the perspectives that relate the new to the old, the body, the city and the landscape
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
miorim_do.pdf (1.75 Mbytes)
Data de Publicação
2018-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.