• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Solange de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Joao Augusto Frayze (Presidente)
Fabbrini, Ricardo Nascimento
Goncalves Filho, Jose Moura
Leite, Edson Roberto
Moura, Alex de Campos
Título em português
Arte por um fio: mitopoética nas obras têxteis de Bispo do Rosário e de Judith Scott: um estudo no campo da recepção crítica
Palavras-chave em português
Arte contemporânea.
Arthur Bispo do Rosario
Estética
Fenomenologia
Judith Ann Scott
LArt Brut
Louise Bourgeois
Outsider Art
Recepção crítica
Resumo em português
Esta pesquisa averigua a forma como tem sido estabelecido o estatuto de recepção de algumas obras de arte no registro bruto/culto. Os artistas que abordamos são frequentemente classificados segundo tais categorias, ainda que tradicionalmente opostas: Arthur Bispo do Rosario (1909-1989), artista cujas obras foram alinhadas à Arte Contemporânea, e Judith Scott (1943-2005), artista com apenas algumas obras inseridas no campo da Arte Moderna e Contemporânea. O intento é examinar se os critérios e modos de leitura, praticados por críticos e curadores em mostras e exposições nacionais e internacionais, contemporaneamente, têm observado o vivido como significante preponderante do acervo desses artistas ou se, por outro lado, a prática é a de aproximação e incorporação no sistema de arte por aspectos meramente formais. Através do recolhimento da literatura referida a esses eventos, pretendemos explicitar os critérios de leitura e de fruição das obras desses artistas que compartilham o gosto por materiais têxteis, cujo processo de tecimento/destecimento é ingrediente-base de suas poéticas, mas que participam do sistema de arte em diferentes estatutos de integração. Finalmente, a pesquisa visa investigar até que ponto o sentido da escolha de têxteis no desenvolvimento de suas mitopoéticas foi considerado no campo da recepção crítica. A meio termo, destacamos um olhar de dentro do sistema de arte, contabilizando alguns dos pronunciamentos da artista francesa contemporânea Louise Bourgeois (1911-2010), considerando-os especialmente em dois aspectos que nos interessam neste estudo: sua relação com os têxteis, dos pontos de vista formal ou conceitual, e também sua singular perspectiva sobre o processo criativo e o engajamento do criador. A artista não tece julgamentos ou considerações de modo a estabelecer uma delimitação ou alguma fronteira entre os campos (in-) e (out-)sider, o que torna sua perspectiva particularmente atrativa. Colaborar para a reflexão sobre a interpretação de obras estrangeiras à esfera da arte institucionalizada é importante instrumento de compreensão dos processos de construção do saber artístico e de consolidação da fortuna crítica, além de proporcionar uma discussão sobre a possibilidade de pensar lArt Brut a partir de um ponto de vista do próprio sistema de arte
Título em inglês
Artwork by a thread mythopoetic in textile art works of Bispo do Rosario and Judith Scott: a study in the field of aesthetic-critical reception
Palavras-chave em inglês
Aaesthetic-critical reception
Aesthetic
Contemporary Art. Arthur Bispo do Rosario
Fenomenology
Judith Ann Scott
LArt Brut
Louise Bourgeois
Outsider artists
Resumo em inglês
This research aims to enquire how the statute of some art works has been established in the outsider/cultivated art reception register. In this approach the artists are often classified accordingly to those categories, even though they are traditionally opposites: Arthur Bispo do Rosario (1909-1989), an artist whose works are linked to the contemporaneous art, and Judith Scott (1943-2005), an artist who has only some of her work included in the modern and Contemporary Arts system. The intent is to examine what is the criteria and reading tools currently used by curators and art critics in both national and international exhibits, to evaluate if they have considered that bulk of work as something of significant value or if the approach is one of incorporating it into the system in merely formal terms. Through the investigation of the available literature related to those events, we intend to think the criteria used in the evaluation and fruition of those artists work. They have in common the preference for textile materials; the weaving/unweaving process is the basis of their poetic. However, they hold different status of integration in the arts system. Finally, this research aims to investigate how much the choice of textile materials in the development of mythopoetic has been considered and accepted by the critics. In the middle ground, we point to a view that is inside the arts system, listing some of the pronoucements of the contemporary french artist Louise Bourgeois (1911-2010), regarding specially two aspects of interest in the present study: her relation with textiles, be it from the formal or conceptual point of view, and also her singular perspective about the creative process and the creators commitment to it. The artist does not judge or deliberate in order to establish or set out a boundary between the fields of (in-) and (out-)sider art, which makes her perspective even more interesting. Reflecting on the interpretation of foreign works connected to the institutionalized art is an important and valuable contribution to the construction of artistic knowledge and to the consolidation of critical fortune. It also provides a discussion on how to consider the possibility of viewing the Outsider Art from the art systems perspective
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.