• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Maíra Bonafé Sei
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Motta, Ivonise Fernandes da (Presidente)
Caldana, Regina Helena Lima
Gomes, Isabel Cristina
Título em português
Desenvolvimento emocional e os maus-tratos infantis: uma perspectiva winnicottiana
Palavras-chave em português
abuso da criança
desenvolvimento emocional
ludoterapia
psicoterapia psicanalítica
Winnicott Donald Woods 1896-1971
Resumo em português
Uma criança, para um desenvolvimento emocional saudável, necessita de um ambiente acolhedor, que possa atender a suas necessidades básicas, sem provocar invasões nesse processo, ambiente este denominado por Winnicott de suficientemente bom. Pode-se refletir que uma criança que sofreu maus-tratos experienciou momentos de invasão no seu processo de integração que poderiam prejudicar seu desenvolvimento posterior e que seria de grande importância uma psicoterapia como possibilidade de elaboração de suas vivências e sustentação de seu crescimento. Partindo deste pressuposto, o presente trabalho objetivou realizar um diálogo entre teoria e prática, prática esta advinda de um processo psicoterapêutico de uma criança que sofreu abuso físico por parte de sua mãe, retirada de seu lar e abrigada em uma instituição, baseando-se em uma perspectiva winnicottiana do desenvolvimento emocional. As sessões eram realizadas na própria instituição onde a criança se encontrava abrigada, tendo sido realizadas 106 sessões de ludoterapia de orientação psicanalítica, com freqüência semanal de três vezes por semana, no período de Novembro de 2001 a Fevereiro de 2003. Pôde-se perceber que, através da ludoterapia, a criança pôde desenvolver-se emocionalmente, elaborando vivências traumáticas e experienciando um ambiente não intrusivo e acolhedor, podendo trabalhar aspectos relativos a sua identidade, casa e família. O atendimento continua até o presente momento, através da inserção de uma nova psicoterapeuta.
Título em inglês
Emotional development and child maltreatment: a Winnicott’s perspective
Palavras-chave em inglês
child abuse
emotional development
play therapy
psychoanalytic psychotherapy
Winnicott Donald Woods 1896-1971
Resumo em inglês
A child, for a healthy emotional development, needs a welcoming environment, named by Winnicott as a good enough environment, which can take care of the child’s basic necessities without invading him in his process. It can be though that a maltreated child has experienced moments of invasion in his integration process that could prejudice his ulterior development and a psychotherapy would have a great importance as a possibility of traumatic experience’s elaboration and of a holding for his growth. Taking this view in to consideration, the present work has aimed a dialogue between theory and practical work based in a Winnicott’s perspective of the emotional development. The practical work comes from a psychotherapeutic process of a child who has suffered physical abuse perpetrated by his mother and was living in an institution for maltreated children. The total of 106 sessions occurred in the institution where the child used to live, in a frequency of three sessions per week, from November of 2001 to February of 2003. It was possible to notice that, through the play therapy, the child could develop himself emotionally, elaborate traumatic experiences and experiment a supporting and non-intrusive environment. It was possible to work psychological aspects related to his identity, home and family. The play therapy continues until the present moment through the insertion of a new therapist.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Corpodissertacao.pdf (379.15 Kbytes)
Inicio.pdf (88.35 Kbytes)
Data de Publicação
2005-09-02
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SEI, Maíra Bonafé. Abrindo espaço para o ser: Winnicott e a ludoterapia no contexto da violência familiar. Psyche [online], 2008, vol. 12, n. 22, p. 199-214. [acesso 2013-02-15]. Disponível em : <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-11382008000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>
  • SEI, Maíra Bonafé, e MOTTA, Ivonise Fernandes. Ludoterapia de orientação psicanalítica no contexto dos maus-tratos infantis: um estudo de caso. In C. Ramos; G. Gliosce; S. Souza. Práticas psicológicas em instituições : Uma reflexão sobre os serviços-escola. Organizador. São Paulo : Vetor, 2006. p. 292-302.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.