• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2019.tde-26032019-152415
Documento
Autor
Nome completo
Helena Maria Sampaio Bicalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1990
Orientador
Banca examinadora
Nogueira, Luiz Carlos (Presidente)
Guirado, Marlene
Leite, Therezinha Moreira
Moraes, Lafayette de
Schvartz, Melany
Título em português
O fantasma na direção da análise
Palavras-chave em português
Jacques Lacan
Psicanálise
Psicologia clínica
Sigmund Freud
Resumo em português
O tema desenvolvido nesta tese dá seguimento àquele já tratado na dissertação de mestrado. Naquela ocasião, ao discutir o narcisismo em Freud e Lacan, mostrei como a partir de Lacan, mas desde Freud, não se pode falar de imaginário a não ser numa relação ao simbólico. Isto porque não há autonomia ao nível imaginário mas ao nível simbólico. Para tratar e situar o fantasma na direção da análise é preciso fazê-lo à luz da topologiana lacaniana, isto é, do real, do simbólico e do imaginário. Lacan vai retomar a superação da primeira teoria das pulsões (sexuais e de autoconservação) em Freud e sua elaboração da segunda teoria das pulsões (vida e morte) para, através da pulsão de morte, que opera como fundamento da repetição, mostrar a dimensão real do gozo. A partir desta articulação é que será possível tratar a dimensão do sintoma e sua relação ao fantasma na direção da análise. Se de um lado o fantasma é o suporte do desejo, por outro lado ele é ponto de gozo; assim é um articulador de desejo e gozo na direção da análise. É através da posição do sujeito no fantasma que teremos uma leitura da estratégia de desejo e da modalidade de gozo. Se o sintoma é interpretado, o fantasma é construído em análise
Título em inglês
The phantasme in the direction of psychoanalysis
Palavras-chave em inglês
Clinical psychology
Jacques Lacan
Psychoanalysis
Sigmund Freud
Resumo em inglês
The subject developed in this thesis follows the one already treated in master´s degree. In that occasion, discussing narcissism in Freud and Lacan, I showed how from Lacan, but since Freud, it is not possible to talk about imaginary without relation to symbolic. To deal and to place the phantasm in the direction of the psychoanalytic it is necessary to do it through of the psychoanalysis it is necessary to do it through lacanien topology real, symbolic and imaginary. Lacan retakes the overcoming of Freud´s first instinct theory (sexual and self conservation) and his elaboration of second´s instinct theory (life and death) for, through instinct of death, that operates as basis for repetition to show the real dimension for joy (jouissance). From this articulation it will be possible to treat the dimension of symptom and its relation to phantasm in the direction of psychoanalysis. On the one side the phantasm is the support for the desire, on the other it is point of joy (jouissance); so it is an articulation between desire and joy (jouissance) in the direction of psychoanalysis. It is through the position of the subject in the phantasm that we can have one lecture of the desire´s strategy and the joy´s modality. If the symptom is interpreted, the phantasm is builded in psychoanalysis. The traverssing of the phantasm implicates in the building of the fundamental phantasm, point axiomatic in the subject´s structure
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
bicalho_do.pdf (28.41 Mbytes)
Data de Publicação
2019-03-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.