• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2014.tde-25032015-123840
Documento
Autor
Nome completo
Maria Elisabeth Egydio de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Priszkulnik, Leia (Presidente)
Bastos, Alice Beatriz Barretto Izique
Dunker, Christian Ingo Lenz
Título em português
A criança com câncer e o professor: contribuições psicanalíticas
Palavras-chave em português
Câncer infantil
Jacques Lacan
Psicanálise
Relação professor-aluno
Sigmund Freud
Resumo em português
Este trabalho aborda a problemática do câncer infantil sob a perspectiva do professor de ensino fundamental que experiencia o adoecimento de um de seus alunos. O câncer infantil não é mais considerado uma doença fatal, a cura é uma possibilidade bem frequente e a ênfase, atualmente, tem se voltado sobretudo para a qualidade de vida dos sobreviventes do tratamento. A escola ocupa um lugar privilegiado, na medida em que é determinante para a aprendizagem mas, principalmente, para a manutenção dos laços sociais da criança. A despeito do que recomendam as sociedades de Oncologia Pediátrica, a criança com câncer continua a ser afastada da escola no período do tratamento e o professor é apontado na literatura especializada como um dos principais agentes da reinserção escolar dessas crianças O modelo de investigação utilizado é o da pesquisa em psicanálise e o trabalho está dividido em três momentos: revisão bibliográfica sobre o tema, fundamentação teórica e a pesquisa de campo através de entrevistas. A condução das entrevistas e a análise dos resultados foram orientadas pela psicanálise através do referencial teórico de Freud e de Lacan. Foram entrevistados sete professores da rede pública e particular de ensino de escolas da grande São Paulo. O conceito de imaginário trazido por Lacan nos permitiu investigar tanto o impacto que pode produzir no professor o anúncio de adoecimento de um de seus alunos, como o efeito que pode produzir na criança o modo como o professor é afetado. Para contribuir com um espaço de reflexão, discutimos a perspectiva inclusiva de educação como um instrumento auxiliar na reinserção da criança, entendendo que a escola constitui, desde a época moderna, um dos pilares da infância
Título em inglês
The child with cancer and the teacher: psychoanalytic contributions
Palavras-chave em inglês
Childhood cancer
Jacques Lacan
Psychoanalysis
Sigmund Freud
Teacher-student relationship
Resumo em inglês
This thesis addresses the issue of childhood cancer as perceived by the elementary school teacher who discovers and experiences the progression of the disease in one of his students. Childhood cancer is not considered a fatal disease any longer and a cure is now a more frequent outcome. Thus, the emphasis nowadays has turned towards improving the quality of life post-treatment. In this context, the school is in a privileged position, as it is not only determinant to the childs learning process, but also to the maintenance of a network of social interactions and skills. Irrespective of the recommendations of pediatric oncology organizations, the child patient with cancer is often kept away from school during treatment. According to the specialized literature in this topic, the teacher is one of the main agents responsible for the reinsertion of the child back to school. The investigatory model used here is based on psychoanalysis research. The work is divided in three parts: a literature review on the topic, the establishment of a theoretical foundation and field work conducted through interviews. The interview procedure and the analysis of the results were performed according to established practices in psychoanalysis and guided through the theory of Freud and Lacan. Eight teachers from the Great São Paulo public and private school systems were interviewed. The concept of the imaginary, introduced by Lacan, has allowed us to investigate both the outcome on the teacher upon receiving news of his pupils illness as well as the effect that his reactions have on the child himself. To contribute with a reflection, we further discuss the perspective of an inclusive education as an auxiliary tool in the reinsertion process, understanding that the school constitutes, since the beginning of modern times, one of the pillars of childhood
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
carvalho_do.pdf (1.02 Mbytes)
Data de Publicação
2015-04-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.