• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Marcos Rona
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Dunker, Christian Ingo Lenz (Presidente)
Safatle, Vladimir Pinheiro
Silva Junior, Nelson da
Souza, Edelcio Gonçalves de
Vorcaro, Angela Maria Resende
Título em português
A topologia na psicanálise de Jacques Lacan: o significante, o conjunto e o número
Palavras-chave em português
Badiou Alain (1937-)
Lacan Jacques (1901-1981)
Psicanálise
Psicanálise e lógica
Significante
Topologia
Resumo em português
Este trabalho discute o emprego da topologia como ramo da matemática nos desenvolvimentos teóricos de Jacques Lacan. O ponto de partida é a crítica apresentada por Sokal quanto à falta de fundamento deste recurso em seu uso pela psicanálise, em contraposição às afirmações lacanianas quanto a ser a topologia a própria estrutura. O objetivo central é defender a idéia de que o recurso metodológico à topologia, às matemáticas e à lógica é compatível com o conceito de significante, oriundo do estruturalismo saussuriano e este pode ser fundamentado na noção lógica de conjunto tal como a matemática, após Cantor o concebeu. Discute-se três argumentos contrários a uma possível formalização nas ciências do homem: o da qualidade, o do sentido e o da singularidade. Realiza-se em seguida: (1) uma análise das relações entre o conceito de significante e o de conjunto a partir dos axiomas da teoria de Zermelo-Fraenkel, (2) a apresentação de uma possível lógica para o significante tomado em suas relações de significação tal como a psicanálise lacaniana as concebe, e (3) a proposição do emprego do conceito matemático de modelo, como o que reúne o conceito de conjunto à lógica. Os três resultados obtidos baseiam-se nos desenvolvimentos do filósofo francês Alain Badiou em seu esforço de discutir filosofia através do mesmo recurso à matemática. Conclui-se que nos limites da fundamentação da lógica e da matemática encontra-se os problemas que também norteiam as investigações psicanalíticas a respeito da subjetividade e de suas possíveis transformações
Título em inglês
Topology in Jacques Lacans psychoanalysis: the signifier, the set and the number
Palavras-chave em inglês
Badiou Alain (1937- )
Lacan Jacques (1901-1982)
Psychoanalysis
Psychoanalysis and logic
Signifier
Topology
Resumo em inglês
The present study discusses the use of topology as a branch in mathematics in Jacques Lacans theoretical developments. The starting point is the criticism presented by Sokal concerning a supposed lack of fundament of such an appeal in its use within psychoanalysis, contrary to lacanians assertions of topology as its proper structure. Our central objective is to defend the idea that the methodological appeal to topology, to mathematics and to logic is indeed compatible with the concept of significant, as brought by saussurian structuralism, and that the former concept can be grounded on the logical concept of set, as mathematics after Cantor conceived it. Three arguments that oppose to a possible formalization within human sciences are discussed: one concerning quality, one regarding meaning and one that affirms singularity. The following are developed in the sequence: (1) an analysis of the relations between the concept of significant and that of set, according to the axioms of Zermelo- Fraenkel theory, (2) a presentation of a possible logic for the significant taken in its signifying relations, as lacanian psychoanalysis conceives it, and (3) a proposition of adoption of the mathematical concept of model, as one that unites the concept of set and logic. These three results are based on Alain Badious developments and effort to discuss philosophy through this same appeal to mathematics. One concludes that in the very limits of mathematical and logic fundaments one finds the same problems that guide psychoanalytical research regarding subjectivity and its possible transformation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
rona1_do.pdf (1.50 Mbytes)
rona2_do.pdf (26.23 Kbytes)
Data de Publicação
2010-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.