• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2007.tde-19062008-094323
Documento
Autor
Nome completo
Renata Galves Merino Kallas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Souza, Maria Abigail de (Presidente)
Amaral, Anna Elisa de Villemor
Reis, Alberto Olavo Advincula
Título em português
Do psicodiagnóstico à intervenção em adictos: contribuições do Rorschach e do atendimento clínico
Palavras-chave em português
droga (dependência)
psicodinâmica
psicoterapia psicanalítica
teste de Rorschach
Resumo em português
Estudos realizados anteriormente com pacientes adictos demonstram que embora não exista uma estrutura psíquica estável e profunda, específica aos comportamentos de dependência, alguns aspectos são recorrentes nesses pacientes. Dentre eles, podem-se destacar a incapacidade desses indivíduos pensarem, refletirem, adiarem e a substituição dessas habilidades pela ação; a profunda sensação de vazio existencial, com a qual não podem se deparar, devido à fraqueza egóica que não lhes permite tolerar as frustrações; uma permanente demanda por preenchimento; constante busca de um objeto mágico, exterior, capaz de aliviar a angústia existencial; precária capacidade de integrarem as imagens parentais que poderiam servir de modelos identificatórios, prejudicando identificações ulteriores e, conseqüentemente, o estabelecimento de relações duradouras; além de uma grande dificuldade no processo de identificação sexual. Estas dificuldades estendem-se, inevitavelmente, ao âmbito do tratamento, em que é verificada alta taxa de evasão. O presente estudo visa, por meio de cinco estudos de casos de pacientes drogadictos, investigar as características próprias da dinâmica afetiva desses indivíduos, expressas no Método de Rorschach e no processo de atendimento psicológico. Foram atendidos quatro jovens do sexo masculino e uma jovem do sexo feminino, adictos a drogas ilícitas, com idades variando entre 17 e 23 anos, em sessões individuais de psicoterapia de orientação psicanalítica, na Clínica Psicológica do Instituto de Psicologia da USP. O Método de Rorschach foi classificado e avaliado de acordo com a nomenclatura e os estudos franceses, articulados a uma leitura psicanalítica do material, com referencial kleiniano e winnicottiano. As sessões foram todas registradas e supervisionadas, seguindo esta mesma linha teórica. Nos casos estudados, há indícios que denotam dificuldades no âmbito afetivo, que nem sempre encontram expressão de maneira semelhante para cada indivíduo. A dinâmica revelada por meio do Método de Rorschach e dos atendimentos clínicos evidencia problemas na construção da identidade, que resulta em permanente sentimento de vazio, de incerteza e de inconsistência interior. O intenso trabalho pulsional, de origem agressiva, na maior parte dos casos, não consegue ser simbolizado e encontra descarga imediata. O estabelecimento de relacionamentos com as figuras parentais e, em decorrência, com as outras pessoas, apresenta-se prejudicado. As origens dessa problemática parecem estar ligadas ao desenvolvimento precoce desses indivíduos, em que não foi possível a vivência da relação mãe-filho de maneira satisfatória. As falhas não são totais, o que pode ser verificado pelo potencial intelectual desses pacientes, bem como pela preservação dos vínculos com a realidade. No entanto, a maternagem não foi suficientemente boa de maneira a permitir o sentimento de continuidade de ser, base para a força do ego. Assim, a intervenção com esse tipo de paciente pode encontrar melhores perspectivas na medida em que, em termos winnicottianos, o trabalho possa fornecer um novo ambiente, favorável e confiável, onde possam experimentar uma continuidade de ser, favorecendo a integração do self, permitindo a retomada do desenvolvimento emocional.
Título em inglês
From the psychodiagnosis to the intervention in addicted patients: Rorschach and clinical practice contributions
Palavras-chave em inglês
drug dependency
psychoanalytic pychotherapy
psychodynamics
Rorschach test
Resumo em inglês
Previously studies with addicted patients have indicated that, although there is no stable and profound psychic structure, specific to dependency behaviors, some aspects are recurrent, with respect to these patients. Among them, we could emphasize these individuals incapability to think, reflect, postpone, as well as the substitution of these abilities by action; the profound sensation of existential emptiness, with which they cannot be confronted, due to the ego weakness, which does not allow them to tolerate frustrations; a permanent demand for fulfillment; constant search for a magic object, external, capable to relieve existential anguishes; precarious capacity to integrate parental images that could serve as identification models, jeopardizing ulterior identifications and, consequently, the establishment of everlasting relationships; beyond a great difficulty in the process of sexual identification. These difficulties, inevitably, extend themselves to the treatment field, in which a significant rate of evasion is observed. This study intends to investigate the corresponding characteristics of the affective dynamic of five drug addicted patients, as expressed in the Rorschach Test, as well as in the psychological practice. Four drug addicted men and one young woman were treated, with ages varying from 17 to 23, in individual psychoanalytical orientation psychotherapy sessions, at the Psychological Clinic of the Psychology Institute - São Paulo University. The Rorschach Test was classified and evaluated, in accordance with the French nomenclature and studies, articulated to a psychoanalytical material evaluation, with Klein and Winnicott references. All sessions were registered and supervised, in accordance with this same theoretical line. In the evaluated cases, there are indications that denote difficulties in the affective environment, which not always find similar expression as regards to each individual. The dynamic, revealed through the Rorschach Test and through the clinical sessions, indicates problems in the identity construction, which result in permanent feeling of emptiness, of uncertainty and interior inconsistency. The intensive drive work, of aggressive origin, in the great majority of cases, does not manage to be symbolized and finds immediate discharge. The establishments of relationships with parental figures and, as a result, with other people, are jeopardized. The origins of this problematic appear to be linked to the precocious development of these individuals, in which the mother-child relationship had not been made possible, in a satisfactory way. The failures are not absolute, as shown by the intellectual potential of these patients, as well as by the maintenance of their links with the reality. However, maternal links were not sufficiently good, in a way to allow the feeling of continuity of being, a base to the ego strength. Therefore, intervention with this kind of patient may find better perspectives when, in winnicottian terms, the work is able to provide a new environment, favorable and trustworthy, where they could experiment a continuity of being, which enables the self integration and permits the emotional development to go on.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Kallas_me.pdf (17.97 Mbytes)
Data de Publicação
2008-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.