• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2019.tde-17012019-122027
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Alkmin Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bertolla, Márcia Helena da Silva Melo (Presidente)
Clemente, Claudia Kami Bastos Oshiro
Rocha, Marina Monzani da
Savoia, Mariangela Gentil
Soares, Maria Rita Zoéga
Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz
Título em português
Desenvolvimento e avaliação dos efeitos de uma intervenção psicoterápica destinada a adolescentes com anorexia nervosa e a seus pais: coletânea de casos
Palavras-chave em português
Adolescência
Anorexia nervosa
Estilos parentais
Psicoterapia analítico-comportamental
Psicoterapia familiar
Resumo em português
Introdução: A Anorexia Nervosa é um transtorno alimentar grave que costuma se manifestar na adolescência. Historicamente, intervenções psicoterapeuticas destinados a essa população têm incluído a família como protagonista no tratamento. No entanto, o foco é psicoeducativo e no manejo comportamental dos pais com objetivo de normalização do peso do adolescente, sem abarcar características das famílias consideradas um fator de risco para a seleção e manutenção dos comportamentos verificados na Anorexia Nervosa, tais como os estilos e práticas parentais inadequados. Essas intervenções têm apresentado resultados modestos e, por isso, estudos recentes têm apontado para a necessidade de intervenções psicológicas que abarquem tanto o restabelecimento de peso dos filhos quanto o desenvolvimento de habilidades socioemocionais e educativas dos pais que respondam adequadamente às necessidades emocionais de seus filhos. O objetivo geral do presente estudo foi desenvolver e avaliar os efeitos de uma intervenção psicoterápica, de orientação Analítico-Comportamental, destinada a adolescentes com Anorexia Nervosa e a seus pais. Método: o delineamento do estudo foi de coletânea de casos. Participaram da pesquisa cinco tríades, compostas do adolescente com Anorexia Nervosa e de seus pais. Foram realizados, ao longo de seis meses, de 20 a 25 encontros com cada família, incluindo avaliação inicial, final e de seguimento. Na avaliação inicial os pais preencheram os seguintes instrumentos: Inventário de Autoavaliação para Adultos (ASR), Inventário de Percepção de Suporte Familiar (IPSF) e Questionário Sociodemográfico. Os filhos foram submetidos ao exame antropométrico, realizado por uma nutricionista especialista em transtornos alimentares, e preencheram os seguintes instrumentos: Questionário sobre Alimentação (EDE-q), Escala de Responsividade e Exigência (ERE), Inventário de Autoavaliação para Adolescentes (YSR) e o IPSF. A intervenção psicoterápica envolveu: (a) psicoeducação sobre Anorexia Nervosa para adolescente e pais; (b) manejo comportamental dos pais para recuperação do peso de seus filhos e (c) treinamento de habilidades socioemocionais e educativas. Todas as fases do tratamento tiveram como guia o livro Anorexia Nervosa na adolescência: como a família pode ajudar?, elaborado pelo autor desta tese. A avaliação final envolveu os mesmos instrumentos da etapa inicial, acrescidos do Inventário de Satisfação com a Intervenção, também elaborado pelo autor, destinado aos pais. A avaliação de seguimento, agendada três meses após a avaliação final, envolveu nova aplicação dos mesmos instrumentos e entrevista devolutiva aos pais e ao adolescente. Paralelamente à etapa de tratamento foram realizados acompanhamentos nutricional e psiquiátrico. Os dados provenientes da aplicação dos instrumentos de avaliação psicológica foram analisados por meio de suas padronizações específicas. Foram conduzidas análises descritivas de frequência simples dos comportamentos dos pais, mães e adolescentes, adotando-se os participantes como seus próprios controles. Resultados: quatro famílias finalizaram o tratamento. A aderência foi de 100%, sem faltas ou interrupções embora o nível de engajamento tenha variado entre as famílias e dentro da própria família. Ao final do tratamento e em seguimento todas as adolescentes estavam com o peso adequado e com menstruação regular. O tratamento produziu melhora expressiva dos indicadores de gravidade do transtorno alimentar de todas as adolescentes participantes. Houve melhoras no funcionamento adaptativo e nos problemas de comportamento referidos pelas adolescentes. Indicadores de funcionamento adaptativo e de problemas de comportamento referidos pelos pais, estilos parentais e suporte familiar percebido mudaram de maneira menos consistente, com tendência de piora após a intervenção e melhora em seguimento. Conclusão: a modalidade de psicoterapia testada se mostrou viável e produziu efeitos positivos. Novos estudos são necessários para solidificar as evidências produzidas nesta pesquisa, sobretudo quanto aos achados sobre suporte familiar e estilos parentais
Título em inglês
Development and evaluation of the effects of a psychotherapeutic intervention for adolescents with Anorexia Nervosa and their parents: a collection of cases
Palavras-chave em inglês
Adolescence
Analytic-behavioral psychotherapy
Anorexia nervosa
Family psychotherapy
Parenting styles
Resumo em inglês
Introduction: Anorexia Nervosa is a severe eating disorder that usually manifests during adolescence. Historically, research protocols directed to this population include the family as the protagonist of the treatment. These protocols, however, focus on the psycho-educational and behavioral management on the part of parents to normalize adolescents bodyweight, without addressing the characteristics of families that are considered risk factors for the selection and maintenance of Anorexia Nervosa behaviors, such as inappropriate parenting practices and styles. These interventions achieve modest results. For this reason, recent studies highlight the need for psychological interventions to focus on the reestablishment of patients bodyweight and the development of socio-emotional and parenting skills for them to respond properly to their childrens emotional needs. This studys general objective was to develop and assess the effects of a psychotherapeutic intervention with an Analytical-Behavioral approach, directed to adolescents with Anorexia Nervosa and their parents. Method: the studys design was a collection of cases. Five families, each composed of an adolescent with Anorexia Nervosa and her parents, participated in the study. Twenty to twenty-five meetings were conducted over a period of six months with each family, including initial and final assessment and follow-up. The parents completed the following instruments: Adult Self-Report (ASR), Inventário de Percepção de Suporte (IPSF) and a Sociodemographic Questionnaire. The adolescents were given an anthropometric assessment conducted by a nutritionist who was an expert on eating disorders, and completed the following instruments: Eating Disorder Examination Questionnaire (EDE-q); Escala de Responsividade e Exigência (ERE); Youth Self-Report (YSR), and the IPSF. The intervention included: (a) psycho-education addressing Anorexia Nervosa directed to adolescents and parents; (b) behavioral management directed to parents to support their childrens bodyweight recovery; and (c) training focused on parents socio-emotional and child-raising skills. All the treatment phases were based on the book Anorexia Nervosa na adolescência: como a família pode ajudar?, written by the author. The final assessment included the same instruments used in the initial phase, along with a questionnaire to assess the satisfaction of parents with the intervention, also developed by the author. The follow-up interview was scheduled with parents and adolescents three months after the final assessment and the same instruments were applied. Nutritional and psychiatric monitoring was performed concomitantly with psychotherapy. Data concerning the psychological assessment were analyzed using the instruments specific standards. Descriptive analysis included the simple frequency of the behaviors of fathers, mothers and adolescents, while the participants were their own controls. Results: Four families completed treatment. There was 100% adherence to the intervention, with no absences or interruptions, though the level of engagement between and within families varied. All the adolescents reached an appropriate bodyweight and had their periods regulated at the end of the treatment and in follow-up. The treatment produced expressive improvement of indicators concerning the severity of the eating disorder among all the adolescents. Adaptive functioning and behavior problems reported by the adolescents improved. Indicators of adaptive functioning and behavior problems reported by the parents, parenting styles and perceived family support presented a less consistent change, tending to worsen after the intervention and improve during follow-up. Conclusion: the psychotherapy modality tested was viable and produced positive effects. Further studies are needed to consolidate evidence found in this study, especially in regard to the findings concerning family support and parenting styles
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.