• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2011.tde-14062011-161730
Documento
Autor
Nome completo
Denise Sanchez Careta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Motta, Ivonise Fernandes da (Presidente)
Amiralian, Maria Lucia Toledo Moraes
Gavião, Ana Clara Duarte
Martinez, Claudio Bastidas
Vaisberg, Tania Maria Jose Aiello
Título em português
Quando o ambiente é o abrigo: cuidando das cuidadoras de crianças em acolhimento institucional
Palavras-chave em português
Abrigos
Crianças abrigadas
Cuidadores
Donald Woods Winnicott (1896-1971)
Enquadres diferenciados
Procedimento de Desenhos-Estórias com tema
Psicoterapia de grupo
Resumo em português
Esse estudo apresenta o desenvolvimento de práticas psicológicas no contexto institucional. Trata-se de intervenção psicoterápica em grupo com as cuidadoras de crianças em acolhimento institucional de abrigos, por dois anos, desenvolvida no contexto da instituição. Ao realizarmos nosso estudo anterior de Mestrado, identificamos acentuado sofrimento psíquico manifestado pela equipe de cuidadoras, no qual percebemos importantes identificações da equipe com as angústias emergentes nas crianças abrigadas. Iniciamos, em março de 2006, encontros psicoterápicos grupais e semanais com as cuidadoras desse abrigo até o mês de março de 2008. Aplicamos com o grupo, no início e na finalização dos encontros, o Procedimento Desenhos-Estórias com Tema, para compreendermos a dinâmica psíquica das participantes atrelada ao relacionamento com crianças em acolhimento, e também para nos auxiliar a avaliar a intervenção realizada. Adotamos a perspectiva winnicottiana para a noção de saúde. Esta experiência nos revelou que a partir do momento em que as cuidadoras alcançaram melhor contato emocional com a interioridade puderam conter grande parte do sofrimento psíquico, apresentando-se de forma mais viva para o contato com a realidade externa e ampliando os contatos afetivos. A equipe de cuidadoras apresentou melhor contato com os próprios afetos e demonstrou avanços na capacidade de discriminação das crianças em acolhimento, o que facilitou os relacionamentos no contexto institucional. Percebemos mudanças na realidade subjetiva da equipe, embora permanecesse a mesma realidade social do contexto, o que nos possibilitou também considerar a eficácia da intervenção psicológica com o grupo de cuidadoras. Portanto, propomos esta intervenção como enquadre clínico diferenciado para atendimento de cuidadoras em abrigos
Título em inglês
When the environment is the shelter: looking after the caregivers of children institutionally sheltered
Palavras-chave em inglês
Caregivers
Differentiated settings
Donald Woods Winnicott (1896-1971)
Drawing and story procedure with theme
Group psychotherapy
Sheltered children
Shelters
Resumo em inglês
This study presents the development of the psychological practice within the institutional context. It is the psychotherapeutic group intervention with the children's caregivers in institutional shelters, for two years, developed within the context of the shelters. In our previous study for the Master's Degree, we identify intense psychic suffering manifested by the team of caregivers, in which we perceive important identifications between the team and the state of anguish the sheltered children are found. In March, 2006, we begin weekly psychotherapeutic gatherings with the caregivers of this shelter, until up the year 2008. Within the group, and at the beginning and the end of each gathering, we apply the Drawing- And-Story Procedure with Theme, to understand the psychic dynamics of the participants in relation with the sheltered children, and also, to help us evaluate the applied intervention. We adopt the Winnicottian Perspective for the notion of health. The experiment reveals, from the very moment the caregivers reach a better emotional contact, with the interiority, that they are able to hold back a great part of the psychic suffering, taking a more lively approach in contacting the exterior reality, expanding the affective contacts. The team of caregivers presents a better contact with their own affections; also, presents improvement in the capacity to discriminate the children under the shelter, which facilitates the relationship in the institutional context. We perceive a change in the subjective reality of the team of caregivers, even though the social reality of the context remains unchanged, and this allows us to consider the efficiency of the psychological intervention with the team of caregivers. Thus, we propose this intervention as differentiated clinical setting to aid caregivers in shelters
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
careta_do.pdf (7.61 Mbytes)
Data de Publicação
2011-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.